15
09
2020

E Se Ela Voltar? – Simone Freire

Voltando um pouco às origens aqui do blog, vamos dar uma pausa nos posts sobre games (mais especificamente, The Sims 4) para falar de livro. Se você perdeu, durante os últimos meses eu estava postando sobre minhas leituras no Instagram. Mas senti muita falta de escrever aqui no blog. A verdade é que o Instagram simplesmente não me dá a liberdade que tenho aqui no meu cantinho. E o livro da vez é E Se Ela Voltar?, da Simone Freire. Esse é um dos primeiros livros publicados pela Pitangus Editorial, a mais nova parceira do blog. Ah, e o mais legal: ele está disponível no Kindle Unlimited, mas se você quiser, também tem a edição física.


Autor: Simone Freire
Série: Duologia Irmãos Figueiredo #1
Editora: Pitangus Editorial
Páginas: 302
AdicioneSkoob | Goodreads

Entendendo a história em E Se Ela Voltar?

E Se Ela Voltar? começa com o Paulo numa fossa muito grande. Isso porque a namorada dele, a Rafa, simplesmente sumiu. Nunca mais deu notícia. E eles tiveram uma briga logo antes (e aqui eu fico meio insegura, porque essa briga nunca mais é mencionada, será que eu entendi errado?). Mas enfim, seria por isso que ele não vai atrás dela. Ele acredita que ela deixou ele. E isso já fazem alguns meses.

Logo depois, você lê a parte da Rafa. Que está morando com o marido dela. Mas logo de cara já dá para perceber que tem algo errado. Isso porque ela sofreu um acidente e perdeu a memória. O marido, Tony, a superprotege, usando o argumento de que o médico pediu para que ela não forçasse a memória. Mas para Rafa, é óbvio que tem alguma coisa faltando. Ela sente falta de algo ou alguém e não consegue identificar o apartamento que vive com o marido como “casa”.

A Rafa tem um escritório de arquitetura com a melhor amiga, Diana. Mas o marido não quer que ela volte a trabalhar, afinal ele ganha bem para sustentar os dois. Porém, ela insiste, principalmente porque quer entender uma lembrança que parece ter voltado. Num passeio pela praia, ela confunde uma criança, a chamando de Melissa. Logo percebe sua confusão e seu marido é rápido em inventar uma história, mas ela vê ali uma chance de recuperar seu passado.

Enquanto isso, Paulo vai tentando voltar a sua vida normal, com a ajuda do seu irmão, Jairo, pai da Melissa. Inclusive indo em encontro arranjado com a amiga de Jairo, Patricia.

O mistério central de E Se Ela Voltar?

A história vai rodar em torno do mistério do que exatamente aconteceu com Rafa e porque ela tem um marido, sendo que estava namorando Paulo. E deixa eu contar para você: esse livro envolve o leitor de um jeito absurdo. Eu não conseguia parar de ler, queria muito saber porque Tony parecia tão legal com a Rafa, ao mesmo tempo que a impedia de tentar recuperar a memória. E porque ninguém, nem a melhor amiga, parecia saber muito sobre seu relacionamento com o Paulo.

Fora que as histórias paralelas também deixam a gente super curiosa enquanto lê. O rolo do Jairo com a Patricia, o relacionamento da Diana com o Lucio… tudo faz com que você queira saber mais sobre os personagens e entender mais da trama.

O mais engraçado é que já li vários livros com essa mesma carga dramática mas eles não costumam me agradar tanto. Isso porque confesso: tenho um sério problema com drama em exagero. Novelas mexicanas ou Grey’s Anatomy nunca foram meu tipo preferido de entretenimento. Se a trama dá voltas demais, eu simplesmente desisto. Mas não foi o caso de E Se Ela Voltar?. Aqui eu terminei o livro querendo muito ler o próximo para saber o que vai acontecer com os demais personagens.

Uma dúvida que ficou

A minha única crítica (que não tira o brilho do livro de maneira alguma) é que a história me deixou um pouco confusa na questão do porque Paulo e Rafa demoram tanto para se encontrar. Eu mencionei uma briga que os dois teriam tido logo antes da Rafa sumir, mas como essa briga não é mais mencionada, achei que poderia ter me enganado. Mas se essa briga não existiu e o Paulo está tão na fossa assim… porque ele não procura mais por ela? Ele não tinha nenhuma informação sobre a namorada com a qual estava quase morando junto? Nome completo, onde trabalhava, nada?

Eu não quero por spoiler aqui, mas a autora tenta explicar essa parte. Porém, eu, como leitora que se apaixonou pelos personagens, gostaria que essa parte tivesse ficado mais clara. Porque eu me fiz essas perguntas algumas vezes depois de ler.

Mesmo assim, eu curti demais a história. Foi um daqueles livros que a gente começa e não para mais, que envolve e faz você torcer pelos personagens. Por isso, recomendo a leitura. E se você entender melhor a parte que me deixou confusa, por favor, me explica nos comentários? Vai saber, às vezes eu li rápido demais e perdi alguma coisa…

Siga-me por aí:

Twitter | Facebook | Instagram

Skoob | Goodreads

Subscribe
Notificar-me quando houver
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

4 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
PS Amo Leitura
2 meses atrás

Ainda não conhecia essa obra, mas confesso que me chamou atenção. Adoro histórias que envolvem romance e um pequeno mistério. Uma pena que teve essa ressalva, mas acredito que não impactou tanto no decorrer da leitura, né? Adorei sua resenha e vou deixar a dica anotada.

Simone Freire
2 meses atrás

Oie Mari! Tudo bem? Em primeiro lugar: OBRIGADA pela foto linda e pela resenha! Fico muito feliz mesmo! Sobre o Paulo não ter ido atras da Rafa… ele foi menina… lembra da conversa entre ele o Lucio e a Diana no restaurante? Onde ela fala que Paulo não achou a Rafa porque estava buscando pelo nome de solteira da moça? Por isso ele não achou nenhuma pista e ficou achando que ela o abandonou do nada … eles não brigaram, ela apenas saiu para resolver a vida… e poder ser feliz.. dai aquilo tudo aconteceu <3 Mais uma vez, OBRIGADA… Ler mais

Kenia Candido
2 meses atrás

Oi Mari.

Eu vi a capa do livro durante o lançamento no Instagram, mas não fiquei interessada no momento porque eu estou lendo outros gêneros. No entanto Não vou descartar sua dica porque pela sua opinião é um livro interessante e quando eu voltar a ler romances, quero dar uma oportunidade para ele. Obrigada pela dica.

Bjos

Clayci Oliveira
2 meses atrás

Eu lembrei de você, quando a minha sobrinha pediu The sims de presente ahuahuahuhauhauhauhauhauh Eu tenho até medo de começar a jogar e me viciar ahuhauhau – estou assim com Animal Crossing.
Eu não conhecia o livro e tenho saído bastante da minha zona de conforto, pois isso despertou o meu interesse,