10
10
2022

Reading Journal de Setembro e A Invasão das Quatro Estrelas

Bem-vindos à outubro. E se chegou um mês novo, também é hora de post novo sobre o reading journal de setembro. Esse vai ser o penúltimo mês nesse journal que comprei da Books Decor e que já está no final. Vou ter que decidir o que fazer, mas já tenho quase certeza de que vou usar um novo journal para a continuação de 2022…  que não será o journal de 2023. Eu prefiro começar um novo ano com um novo journal. Porém, não vou desperdiçar o journal do final de 2022. Minha ideia é finalmente começar um “media journal”, ou colocando em termos claros, um diário de assistidos. E, talvez, um diário de vídeo games jogados. Mas não se preocupem, vou mostrar tudo por aqui.

Capa de Setembro

Voltando ao assunto desse post, no reading journal de setembro eu escolhi fazer uma capa com um fundo de páginas de livros antigos. Não se preocupem, usei um kit de papéis para colagem da Girassólio e não um livro mesmo para isso. Eu gostei do efeito, mas achei que a menina que colei ali não apareceu como eu queria. Mas o contraste entre o papel preto e o nome do mês escrito em branco ficou muito interessante e acabei usando essa mesma combinação nas demais páginas de setembro.

Assim, usei o mesmo papel preto e o mesmo tipo de caligrafia em todos os títulos, que tem como fundo, cada um deles, um pouco do papel de colagem que imita um livro antigo. Também utilizei uma pet tape de flores que achei que combinou bem com o tema.

Para Ler

Na lista de para ler de setembro, apenas dois livros, um que peguei no Netgalley e ainda não escrevi a resenha, e um do Booksirens, esse já lido e com resenha devidamente escrita.

Livros Lidos

Foram lidos onze livros em setembro, apesar de ter doze nas páginas de notas. Isso porque eu quase terminei ele em setembro, mas li o epílogo no dia primeiro de outubro. Porém, como foi muito na passagem de um mês para o outro, resolvi escrever sobre ele no mês de setembro mesmo.

Heartbreaker

O primeiro livro lido do mês foi o segundo da nova série da Sarah MacLean, Hell’s Belles. O primeiro, Bombshell, tem post por aqui e será publicado ano que vem pela Gutenberg no Brasil. Esse segundo é a história da Adelaide e acho que eu gostei um pouco mais que o primeiro. Mas isso talvez tenha a ver com o fato de toda a expectativa que eu tinha pela história da Sesily.

Off The Record

Off The Record foi um ARC que li do Booksirens e foi o primeiro a levar quatro estrelas do mês. A maioria dos livros que li esse mês avaliei com quatro estrelas. Ou seja, um bom romance, mas nada que vai mudar a minha vida como leitora.

Agarrado nos Pênaltis

O próximo foi Agarrado nos Pênaltis, o terceiro da série Craques do Amor, que é nacional. Esse livro era para ter ficado disponível em agosto, mas por algum motivo, só apareceu em setembro. Eu tenho lido vários com esse tema de futebol, como vocês sabem (tem mais um na lista desse mês, inclusive). E tenho gostado muito do trabalho das escritoras brasileiras com esse tema. Sinceramente, eu prefiro ler um romance nacional que não só se passa no Brasil, mas traz vários elementos que para mim são tão familiares.

Um Geek Para Chamar de Meu

Um Geek Para Chamar de Meu, infelizmente, é um romance nacional que se passa nos EUA. E não só isso, mas usa a velha dinâmica líder de torcida e geek virgem… que eu já tinha lido algo muito parecido (e na minha opinião, melhor escrito) quando li Geek, da Camila Cocenza. A verdade é que esse aqui não traz nada de novo, não assume risco nenhum. Pelo contrário, se mantém na fórmula usada por vários filmes adolescentes dos anos 90. Esse levou três estrelas.

The American Roommate Experiment

Continuando, li The American Roommate Experiment, da Elena Armas, a autora de Uma Farsa de Amor na Espanha. Esse foi um pouco decepcionante, não vou negar. Eu demorei para ler porque a história meio que se enrola nela mesma. Acho que poderia ter sido uma história mais curta. Fora que não me envolvi muito com os personagens, então o livro ficou para mim meio sem graça.

Revanche

E então chegamos em Revanche, o outro nacional do mês que envolve futebol. Eu estava meio reticente de pegar esse livro para ler porque ele se passa na universidade. E apesar de eu dar chance para esse tipo de livro, não costumo ler muito. Para ajudar, já tinha lido um no mês. Quando leio livro hot, prefiro ler com pessoas adultas. Mas dei a chance e não me arrependo, foi uma das melhores leituras do mês. Trata de um tema um pouco pesado, mas faz de uma maneira responsável, então dê uma lida no aviso de gatilho para ter certeza que é um livro para você.

Scrooged

Scrooged é uma coletânea de contos natalinos escritos por Vi Keeland e Penelope Ward que estava no meu Kindle há muito tempo e eu finalmente li. Nada demais, levou 3 estrelas porque para mim, contos são curtos mas devem ter começo, meio e fim e não deixar várias pontas soltas.

Meghan Quinn

E aí comecei a ler vários da Meghan Quinn porque queria uns romances mais tranquilos para ler. Li Com Amor, Sinceramente, Sua, A Not So Meet Cute e So Not Meant to Be. Gostei dos três, mas como todos foram atingidos pela maldição das quatro estrelas de setembro, vocês já sabem que nenhum me surpreendeu.

Captivating Mr. Second Chance

Captivating Mr. Second Chance foi um ARC do Booksirens que tinha uma boa proposta e é uma leitura interessante, mas que não me convenceu no quesito romance. Sabe quando você lê um romance e fica se perguntando se o casal principal se ama mesmo? Então.

Essas foram as leituras registradas no reading journal de setembro. Se interessou por alguma dessas leituras?

Siga-me por aí:

Twitter | Facebook | Instagram

Skoob | Goodreads

Subscribe
Notificar-me quando houver
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

1 Comentário
Inline Feedbacks
View all comments
trackback
22 dias atrás

[…] assim. Na verdade, quem acompanha esses posts mensais, já sabia, porque eu tinha comentado no post de setembro. Mantive a ideia e para esses dois últimos meses, vou usar um journal da Loja Flores Petalum. […]