11
01
2017

Desculpe o Transtorno, Precisamos Falar Sobre Rory Gilmore.

Vocês devem lembrar como eu estava contando os segundos para a estréia de Gilmore Girls: Um Ano Para Recordar. A série da Netflix trouxe uma continuação para Gilmore Girls, depois de quase dez anos. Eu fiquei super feliz para ver como estariam as garotas Gilmore. Fiquei ainda mais ansiosa para ver como estava a Rory, já que ela é quase da minha idade. Mais que isso, é uma personagem de quem eu havia dito que ia amar ser amiga. Mas com a alegria de Um Ano Para Recordar, veio também uma revelação: eu não gosto de quem a Rory se tornou.

Pôxa vida, Rory!

É difícil falar sobre isso. Afinal, querendo ou não, a Rory fez parte da minha adolescência. Quando ela estava enfrentando todos os perrengues dessa fase chata, eu também estava. O seu jeito quieto e seu amor por livros fez com que eu me identificasse demais com a personagem. Mas a vida acontece… Aparentemente, até para personagens fictícios. E nesse caso, isso significou uma grande decepção.

Na série da Netflix, Rory está com 32 anos. Está solteira, mas tem um namorado de quem todo mundo se esquece. Aliás, uma piada que logo perdeu a graça na série e só ficou constrangedora mesmo. E volta e meia vai para Londres (já que trabalha como freelancer) e fica na casa de uma “amiga”, como fala para a mãe.

A primeira decepção vem aí: essa amiga ninguém mais é do que o Logan. E não teria me incomodado em nada, afinal os dois tem uma história, mas o Logan está noivo. Ou seja, Rory volta a ser a outra da história, como já tinha sido do Dean. Isso, numa série que tantas vezes é identificada como feminista, é no mínimo contraditório. Por mais que a gente possa tentar por a culpa toda no Logan, a verdade é que a Rory sabe que está enganando outra mulher. E simplesmente não se importa com isso.

Confesso que tenho muita birra de traição. Numa cultura em que ninguém é obrigado a ficar com ninguém, fico me perguntando porque as pessoas ainda traem. E com o Logan e a Rory, não foi diferente. É um relacionamento fadado ao fracasso, pelo simples fato de que nem um nem outro tem coragem de admitir a relação. Podia ser uma história de amor, no fim é uma história de traição.

Outro fato decepcionante é a vida profissional da Rory. Ela não sabe o que quer, o que eu aceitaria com mais facilidade se ela se mostrasse mais interessada em descobrir. Rory mostra como é mimada ao acreditar que as pessoas devem lhe oferecer o emprego dos sonhos. Mas ela é boa demais para se preparar para uma entrevista (não era a Rory que fazia lista para tudo? O que aconteceu com aquela garota?) ou então para cogitar ser uma professora. A conversa dela com o diretor da Chilton mostra isso.

Tem salvação?

Está mais do que na hora de Rory cair na real. Não sei se a grande revelação do final fará isso. Mas chegou num ponto que eu não quero saber. Sempre fui #TeamJess, mas hoje não sou mais #TeamRory. Ele, que aprendeu a lutar pelo que quer, merece mais que a mulher mimada que a Rory se tornou.

Se houver continuação, espero que a personagem cresça. Que volte a parecer um pouco mais com a novata de Chilton que tinha garra. Que não simplesmente acreditava que tinha direito, mas que fazia por merecer. Mas enquanto isso… Desculpe, Rory, mas não quero mais ser sua amiga.

Siga-me por aí:

Twitter | Facebook | Instagram

Skoob | Goodreads

Subscribe
Notificar-me quando houver
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

17 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Sabrina Eloize
4 anos atrás

Confesso que esperava mais do desenvolvimento dela também. Na verdade, só assisti a essa última temporada que a Netflix lançou, não sou da época que a(s) outra(s) fora(m) lançada(s) e não sei se me interesso pela série, mas pelo que todos falavam tanto, esperava mais, sabe? Gostei muito da produção dos diálogos, das cores, da trilha sonora, de como cada episódio foi se formando… Mas senti que ela poderia ser mais. Como não tinha visto antes, pensei que ela “só” fosse assim mesmo, mas agora entendo que não fui só eu que pensei dessa forma sobre ): Gostei muito da… Ler mais

Giro Souza
4 anos atrás

Nossa! Senti essa mesma decepção. Desde as últimas temporadas percebi que ela ja estava diferente, mesmo assim, eu fiquei entusiasmada com a continuação. Assisti a todas as temporadas pra recordar de td. Mas nessa última realmente ela fechou com td, decepção total.

Kleris
4 anos atrás

Precisamos! Passei o último mês em completa negação sobre o que aconteceu nesse revival (embora Emily e seus causos tenham salvado um pouco). Foi uma inquietação tão grande que acho que nem aproveitei direito os episódios – nem sei se voltarei a ver tão cedo. Agora, acho que entendo a intenção deles, só não concordo mesmo. Principalmente por essa maneira de entregar as coisas. Corridas, ok, mas GG já foi melhor que isso. Fiquei alucinada procurando o “tchan” da série – “será que tô vendo errado?”, assim como a Lorelai estava, ao assistir o musical – e Rory foi o… Ler mais

Ana Claudia
4 anos atrás

Mari! Então…
Eu concordo com tudo que você disse, mas achei que isso foi proposital. Como se a Rory precisasse se perder para se achar de novo sabe?! Acho que eles queriam mostrar uma personagem que não cresceu, que parou no tempo e não conseguiu evoluir, e que precisou ver todo mundo no entorno dela crescendo para poder tomar uma atitude e rever a vida… Mais sei lá né?! Esperemos uma nova temporada com uma Rory mais madura… 😛

Cecília Maria
4 anos atrás

Eu gostava muito da Rory e me identificava bastante com ela nas primeiras temporadas, mas lá pra s5 ela começou a ficar insuportável pra mim, uma decepção atras da outra. E eu culpo todo mundo, pela forma como não só Lorelai, Emily e Richard a criaram, mas tambem Stars Hollow inteira, rodeada de gente satisfazendo todos os seus desejos. Vez ou outra ela acertava e quando a gente achava que a personagem ia finalmente amadurecer, ela vacila de novo. Confesso que não me surpreendi com a Rory do revival, mas fiquei triste por não ver um bom character development. Quanto… Ler mais

Lari Reis
4 anos atrás

Eu acho que quase ninguém gostou do que a Rory se tornou. Depois do lançamento, fizeram alguns eventos ao vivo com os atores respondendo à perguntas – revelando quase nada – e debatendo um pouco a série. Em um dado momento, em senti a Alexis Bledel um bocado ressentida com os caminhos que a vida da Rory tomou. Pode ter sido impressão minha, mas sei que não fui a única a pensar a respeito… Num geral, achei que os episódios da Amy foram melhores que os do Dan e que, como a gente já podia prever, a correria e desencontro… Ler mais

Claudia Hi
4 anos atrás

Mari, eu nem sei por onde começar… bom vamos desde o comecinho. Eu não fui como você, que gostava de Gilmore desde o começo. Confesso que as primeiras vezes que assisti no SBT, achei bem sem graça, mas acabava assistindo um ou outro episódio por não ter outra coisa melhor passando. Acabei acompanhando o casal Rory e Dean e achava que eles eram o casal perfeito! Muito tempo passou e quando soube do revival, saí em desespero pra assistir as 7 temporadas. Encerrei o último episódio com a certeza que eu era team Jess. Assisti o revival há pouco tempo… Ler mais

Janaína
Janaína
1 ano atrás

Então, precisamos falar. A verdade é que, apesar do encantamento provocado pelo bom humor e pelo jeito amável, ambas as Gilmore têm uma conduta bem questionável. Não que existam pessoas perfeitas ou nada perto disso, e acho louvável a autora mostrar pessoas reais. Mas, apesar disso, com o passar da série fica claro que elas são pessoas tóxicas. A Lorelai odeia os pais. Direito dela. Não quer que os pais participem da educação da filha dela. Ok. Direito dela. Mas daí, quando ela precisa de dinheiro… mãe, pai, podemos conversar? Oi? Sério? E sei lá, daria pra entender se fosse… Ler mais

Priscilla
Priscilla
1 ano atrás

Concordo totalmente com tudo o que você disse. Rory Gilmore acabou se tornando uma pessoa mimada e egocêntrica, acho que isso se deve ao fato de que todos na vida dela, começando pela Lorelai, sempre colocaram uma “aura angelical” entorno da menina. Espero muito que ela acabe evoluindo. Reparou que é sempre o Jess que acaba direcionando ela para o caminho certo? Ele fez isso quando ela quis sair da faculdade e depois quando ela não sabia mais o que queria fazer da vida. Então, eu acredito que ela precisa muito do Jess, mais do que imagina. Sempre odiei o… Ler mais

Brenda
Brenda
1 ano atrás

Tive a mesma sensação , espero que tenha continuação !!!! É que devolvam um pouco da Rory do início !!! Torço muito por ela e Logan !!!