02
04
2021

Meu Mês de Março no Reading Journal

Você piscou e março acabou. E deixa eu te contar que esse mês rendeu muito pras minha leituras. Segundo meu total de páginas, foi o mês que eu mais li até agora, apesar do número de livros lidos ter sido igual ao de janeiro. Também consegui ler mais nacionais, já que em fevereiro não tinha lido nenhum. Mas vamos dar um tour pelo mês de março no reading journal para eu apresentar cada uma das páginas para vocês?

Março no Reading Journal

(mais…)

02
03
2021

Leituras de Fevereiro e Como Ficou Meu Reading Journal

Nossa, gente, março já chegou? Com todo o distanciamento social, acho que a gente meio que se perde no tempo, não? Mas já que chegou um mês novo, chegou também a hora de falar sobre as leituras de fevereiro. Além disso, é claro, vou mostrar o meu progresso no reading journal. Gosto de mostrar o reading journal por aqui porque é algo que estou curtindo criar. Sempre gostei muito de papelaria e de anotar, mas nunca fui alguém com muita habilidade artística. Agora, estou descobrindo que essa habilidade toda na verdade tem mais a ver com prática. Estou aprendendo e estou evoluindo e acho isso demais. Ainda não consigo fazer tudo exatamente como imagino, mas estou fazendo algo que tem ficado legal. No fim, é isso que importa, não é?

Meu Fevereiro em Leituras

(mais…)

25
01
2021

Planner ou Bullet Journal: Qual o Melhor Para Você?

Olá, querido leitor e viciado em organização e papelaria desse blog, tudo bem? Começamos mais um ano e sempre parece ser o melhor momento para se organizar melhor, não é mesmo? É como se um novo ano representasse uma folha em branco para que você possa começar do zero. É nessa época também que a maioria das pessoas começa a se perguntar sobre a melhor maneira de colocar os projetos no papel. Muita gente escolhe o planner para isso, outros se encantam com a ideia de um bullet journal (ou diário em tópicos)… Já falei por aqui que costumo usar planner. Mas percebo que muita gente fica em dúvida entre planner ou bullet journal. Por isso, nesse post vou explicar um pouquinho sobre cada um deles e o que você deve levar em consideração ao escolher entre planner ou bullet journal.

Planner Ou Bullet Journal

(mais…)

11
01
2021

Reading Journal: O Que É e Como Montar o Seu

Existem muitas maneiras de registrar suas leituras ao longo do ano e uma das mais legais é o reading journal. Eu costumo usar bastante aplicativos como o Goodreads ou o Skoob, porque sâo práticos e fáceis de usar. Porém, nem sempre me lembro de manter os perfis atualizados ou o livro que li não se encontra cadastrado. E como vocês sabem, eu sou uma apaixonada pelo mundo da papelaria e planners. Por isso, eu sempre soube da existência do método bullet journal e acompanho vários perfis e canais sobre o assunto.

Entretanto, o método nunca foi o que me atraiu nos vídeos e posts do Instagram, e sim a maneira como as pessoas utilizam seus cadernos para registrar suas rotinas. Gosto muito da parte da decoração e da utilização dos controles de hábitos, mas nem tanto da maneira de organizar as tarefas. Para isso, prefiro o planner. Por isso, quando conheci o reading journal, ou caderno de leituras, resolvi que ia tentar fazer um para 2021. Há algum tempo mostrei como montar um reading planner e um diário de leituras, vale a pena ler aquele post também para se inspirar.

(mais…)

30
10
2017

Planners Para 2018

Quem já usa planners, já está se programando para 2018. Como a maioria dos planners são anuais, com o fim de ano, chega a hora de pensar no próximo. Ou nos próximos, se a sua organização precisa de mais de um. E como esse tipo de instrumento para organização ficou bem mais popular, apareceram várias opções novas. Algumas, inclusive, nacionais e disponíveis em papelarias.

Nesse post, eu reuni alguns modelos que estarão disponíveis para 2018. Quem sabe você não se inspira e encontra o ideal para lhe acompanhar no ano que vem?

(mais…)

06
04
2017

Reading Planner – Como Eu Montei O Meu

Uma das coisas que mais gosto de fazer é ler. Porém, sem uma organização, minhas leituras acabam ficando bem confusas. Eu sou o tipo de leitora que lê mais de um livro ao mesmo tempo. E por mais que eu evite, se não estou envolvida na leitura, acabo abandonando-a. A vida é muito curta para perder tempo lendo livros chatos. A gente já é obrigado pela escola a ler muita coisa que não gosta. Não vou me forçar a fazer a mesma coisa nas minhas leituras de lazer. Por isso, montei um Reading Planner, ou, em português, um planner de leituras. Falei um pouco sobre ele no post sobre como planejar as suas leituras. Como eu havia prometido, vou falar agora especificamente sobre ele.

Montar um reading planner é fácil e vai ajudar bastante na organização das suas leituras.

(mais…)

30
03
2017

Planejando As Suas Leituras – Dicas

Muita gente quer e precisa ler mais, ou ainda ler mais de um livro ao mesmo tempo. Isso não é muito fácil, mas também não é impossível. Se você, seja por ter que estudar, seja por estar com a pilha de não lidos enorme, também quer isso, esse post é para você. Aqui tem algumas dicas para organizar suas leituras. Com um pouco de planejamento, é possível aproveitar melhor seu tempo lendo.

Por causa do blog e do meu vício em leitura, acabei desenvolvendo um sistema. Pode ser que ele ajude você. Pode ser que você tenha que adaptar as minhas dicas ao seu estilo. Mas de qualquer forma, é interessante para que você tenha novas ideias. Vamos incrementar suas leituras?

1. Prioridades

Quais leituras são mais importantes? É preciso que você tenha em mente suas prioridades antes de começar. No caso dos estudos, esses seriam os livros de matérias em que você não se sente tão seguro. Para essas matérias, você tem que dar mais atenção. No caso de leitura por lazer, você pode adotar diversos parâmetros. Por exemplo, os livros que estão há mais tempo para serem lidos. Ou então, aqueles livros de gêneros que exigem um pouco mais da sua atenção. Uma boa ideia é colocar tudo numa lista, inclusive dando ordem de prioridades. Assim, você visualizará melhor suas metas.

2. Metas

Falando mais especificamente em metas, ajuda muito quando você sabe quais seus objetivos. Se quiser ler mais, quantas páginas por dia/livros por semana? Quais tópicos, que matérias você pretende cobrir em qual espaço de tempo? Seja o mais específico possível, mas se mantenha dentro de um padrão. Se você se propor metas inalcançáveis, tudo o que vai conseguir é frustração consigo mesmo. Novamente, colocar tudo no papel ajuda e muito. Você pode também se utilizar do computador ou de aplicativos no celular, mas ainda acho o papel melhor. No computador ou no celular fica fácil demais se distrair. Aliás…

3. Tenha um horário e local específico para se concentrar em suas leituras

Não tem jeito: tem que estar concentrado para ler bem. Com um monte de distrações na hora de ler, é fácil passar páginas e páginas sem ter entendido nada. Por isso, planeje seus horários e tente se livrar das redes sociais e de televisão nesse momento. Algumas pessoas preferem ter algum barulho de fundo, como música, por exemplo. Se este é o seu caso, só cuide para que a música esteja num volume agradável. Não recomendo deixar a tv ou a Netflix ligada: a luz da tela atrapalha bastante a concentração.

O local também é importante. Certifique-se de que seja confortável, para que você não tenha que ficar se mexendo o tempo todo. Deve ser bem iluminado e com uma temperatura agradável. Também não pode ter gente passando o tempo todo: sempre vai ter alguém que vai querer parar para conversar. Se possível, avise às pessoas que estarão por ali que não pode ser incomodado. Quanto mais concentrado você estiver, melhor será seu tempo de leitura.

4. Um Planner de Leituras (Reading Planner) pode ajudar bastante

Se você já utiliza a ferramenta, sabe que um planner auxilia bastante na organização das atividades. Com as leituras, não seria diferente. No meu caso, montei um planner especificamente para as leituras. Isso não quer dizer que você não possa encaixá-lo no planner que você já utiliza, ou criar uma aba no seu planner argolado para isso. Pretendo entrar mais a fundo num post específico sobre meu reading planner, mas de uma maneira geral, utilizo para marcar os livros que estou lendo e todas as suas especificações (como gênero, autor, etc) e quando comecei e terminei cada um.

Eu também montei um Diário de Leituras. Nele, eu faço anotações sobre a leitura atual, como comentários e impressões sobre os trechos que estou lendo. Outra dica legal é utilizar pequenos marcadores, tipo post-it, para marcar os trechos mais importantes. Muita gente designa, por exemplo, uma cor diferente para cada personagem ou assunto da leitura. Tudo para que, após sua leitura, você consiga se lembrar com maior facilidade de tudo o que leu.

Essas são algumas dicas legais para planejar melhor suas leituras. Esse post é o primeiro de uma série sobre o assunto, então siga o blog nas redes sociais para ficar sabendo quando um novo post vai ao ar.

Deixe nos comentários como você organiza suas leituras. Você faz algum tipo de planejamento? O que funciona melhor para você?

Siga-me por aí:

Twitter | Facebook | Instagram

Skoob | Goodreads

25
01
2017

Utilizando Melhor Seu Planner – Planejamento Pessoal

Aí você resolveu começar 2017 com o pé direito e começar a utilizar um planner. Depois de investir em um ou então montar o seu (tem dicas aqui no blog sobre isso), você tá com ele lá, bonitinho. Mas como utilizar o planner? Qual a maneira de tirar o melhor proveito do seu planner? Aqui vão algumas dicas de quem já está há algum tempo nesse mundo. 

(mais…)

08
07
2016

Como Faço Meu Planejamento Semanal

Uma dúvida que muitos têm quanto aos planners é como começar a utilizar. Afinal, depois que você adquiriu o seu planner, como fazer o planejamento semanal? Não existe uma regra, cada um tem que encontrar o seu jeito. Mas uma ideia é descobrir como outras pessoas usam o planner, assim você pode começar a testar. planejamento

Pensando nisso, resolvi mostrar aqui no blog como eu faço o meu planejamento mensal. A verdade é que acabei utilizando várias ideias que vi pela internet. Fui testando e conforme encontrava algo que funcionava, incorporei ao meu método. Espero que possa lhe ajudar a encontrar algo que se adapte bem à sua rotina.

1. Organização do planejamento mensal.

Antes de começar a planejar minha semana, eu sempre checo a minha visão mensal no planner. Por isso, procuro deixar essa seção sempre atualizada. É na visão mensal do planner que eu marco aniversários, feriados e eventos, como casamentos, por exemplo. Assim, quando chega a hora de planejar minha semana, sei quais são os acontecimentos que devo passar para lá. Outra forma de fazer isso é marcar com antecedência na página da semana, usando notas adesivas (os post-its). Quando for planejar a semana, é só tirar e anotar com caneta. Esse método também é muito bom para eventos que podem mudar de data: é só mover a anotação de lugar. planejamento02

2. A decoração da semana.

Depois de ter uma ideia do que vai acontecer de diferente naquela semana, chegou a hora de tirar os adesivos e as washis da caixa. Tenho uma coleção de adesivos para planner, alguns mais funcionais e outros nem tanto, e uso eles toda semana. Na maioria das vezes, escolho um tema ou um esquema de cores para saber quais vou usar. Então, faço uma decoração mais básica, lembrando de deixar espaço para os compromissos que acontecem toda semana e para o que mais pode aparecer.

Normalmente, reservo um espaço para montar uma lista com minhas tarefas do dia. Também acabo colocando aqueles adesivos full box, ou seja, aqueles que preenchem o espaço de uma caixa. Por fim, utilizo adesivos que remetam às atividades corriqueiras, como por exemplo minhas aulas de pilates ou contas a pagar.

Já a barra lateral, uso para duas funções: anotações gerais e hábitos que eu queira seguir. Por exemplo, sempre anoto os dias em que cumpri minha meta de ler pelo menos 50 páginas por dia. Assim, é um incentivo para que eu continue a leitura atual. Além disso, é interessante observar quais dias não li e porque acabei não o fazendo. planejamento01

3. Anotações.

Chegou a hora de pegar a caneta e anotar tudo o que você quer fazer durante a semana. Às vezes, ajuda muito colocar os objetivos mais gerais da semana na barra lateral de anotações. Vou me organizando dia-a-dia, repassando mentalmente todos os compromissos e anotando o que é importante. Se lembro de algo, volto na mesma hora para anotar no local certo.

O importante é deixar todas as informações que você precisa de forma acessível. Quanto mais claras foram suas notas, mais você vai conseguir entender tudo só com uma olhadinha. E o objetivo do planner é facilitar a sua vida nesse sentido.

Tudo pronto, é hora de fechar o planner e começar a semana, certo? Só que não. Lembre-se de abrir o seu planner todos os dias, se possível carregue ele com você. É importantíssimo que você o alimente com as novas informações que vão aparecendo. Isso facilitará e muito sua vida.

Eu repito esses passos toda semana e sempre atualizo o planner antes de dormir. Vejo o que foi cancelado, o que foi adiado e o que surgiu que vai exigir minha atenção. Também anoto os compromissos que vão sendo marcados. Por isso acabo consultando o planner várias vezes ao dia.

E é assim que faço meu planejamento semanal. Como vocês fazem? Deixem aí nos comentários, às vezes pode funcionar para mim ou para mais alguém.

Siga-me por aí:

Twitter | Facebook | Instagram

Skoob | Goodreads

29
06
2016

Será que ter um planner é para mim?

Várias pessoas acreditam que não conseguiriam usar um planner, porque mal conseguem usar uma agenda. Recebo vários comentários nesse sentido nos posts sobre planejamento. Será que o planner funcionaria para você? Resolvi então contar um pouco da minha experiência, porque também pensava assim. sera (mais…)

Página 1 de 212