09
09
2021

Uma Proposta e Nada Mais – Mary Balogh

Uma Proposta e Nada Mais é o primeiro livro da série Clube dos Sobreviventes, da Mary Balogh. Embora possa ser considerado uma sequência para a série Os Bedwyns, já que os personagens são mencionados, não é necessário ler aquela antes. As histórias são independentes entre si, porém é  aconselhado que seja lido na ordem, para evitar spoilers. Além disso, essa série é um pouco mais complexa que a primeira. Nela, Mary Balogh traz à tona discussões sobre saúde mental e o efeito da guerra naqueles que participaram dela. A ideia do Clube dos Sobreviventes é trazer personagens que passaram por situações horríveis e estão lidando com as sequelas de todos os acontecimentos. E Uma Proposta e Nada Mais apresenta a história do primeiro dos Sobreviventes, Hugo Emes.

Título OriginalThe Proposal
AutorMary Balogh
Série: Clube dos Sobreviventes #1
Editora: Arqueiro
Páginas: 272
AdicioneSkoob | Goodreads

Lendo Uma Proposta e Nada Mais

Algo interessante para se entender sobre Hugo Emes é que ele tem um título, mas não nasceu na nobreza. Pelo contrário, seu pai era um comerciante e tudo o que tinha foi conquistado com trabalho. Hugo recebeu o título por seus atos de bravura na guerra, dessa forma sendo Lorde Trentham. Porém, ele é grosseiro e carrancudo e não vê nenhuma qualidade na nobreza. Por isso, ele decide procurar uma esposa que seja também da classe trabalhadora.

Seus planos acabam sendo sabotados quando conhece a Gwendoline, Lady Muir. Gwen está visitando uma conhecida que, como ela, é viúva. Entretanto, a convivência não é fácil e Gwen decide passear pela costa. Mas como tem uma perna mais curta que a outra, resultado de uma queda de cavalo, ela tropeça e torce o tornozelo. É assim que Hugo a encontra e acaba por ajudá-la, já que ela não consegue caminhar direito devido a dor.

A atração entre os dois é óbvia, mas eles relutam, principalmente porque Gwen não é aquilo que Lorde Trentham imaginou para si. Porém, os dois não conseguem evitar o fascínio que sentem um pelo outro.

Sobre a série Clube dos Sobreviventes

Como já expliquei, nessa série vemos as consequências que participar de uma guerra traz para um homem. No caso de Hugo, ele não ficou com nenhuma sequela física, porém sua saúde mental sofreu muito. Como na época não havia um tratamento específico para isso, o que fizeram foi colocá-lo numa camisa de força. Então, ele foi enviado para Penderris Hall, uma casa na Cornualha onde, juntamente com outras pessoas profundamente marcadas pela guerra, pode se curar.

Esse grupo de pessoas é o Clube dos Sobreviventes e o que marca é a amizade profunda e incondicional que existe entre eles. Embora venham de lugares diferentes, o que ali os uniu foi a dor e a necessidade de apoio. Para todos o pior já  passou, porém ainda sentem as consequências dos horrores vividos.

Conhecendo Gwen

Mas é importante saber que Gwen também traz uma história trágica em seu passado, especialmente acerca da morte de seu marido. Ela luta com a dor e com o sentimento de impotência. Todos esses fatores acabam por criar uma personagem complexa e realista. Assim, quando o romance começa entre os dois, nada é tão  simples. E por não serem mais tão jovens, Hugo e Gwen vão avaliar todos os prós e contras de um relacionamento. Inclusive acerca das expectativas de cada um.

Vale a pena?

A série é muito envolvente, pois ao ler o primeiro eu já queria saber mais sobre os demais personagens. Não é o tipo de romance de época simples de ler, ao contrário, a complexidade de Uma Proposta e Nada Mais me fez refletir sobre vários pontos. Com certeza, vou continuar a ler.

Os Bedwyns: Ligeiramente Maliciosos – Ligeiramente Escandalosos – Ligeiramente Seduzidos – Ligeiramente PecaminososLigeiramente Perigosos

Siga-me por aí:

Twitter | Facebook | Instagram

Skoob | Goodreads

Subscribe
Notificar-me quando houver
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

3 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Carol Mancini
9 dias atrás

Olha, também fiquei com vontade de ler. Gosto desses romances de época e gosto quando o foco não é apenas o romance, há mais história e outros temas sendo tratados. Vou buscar, obrigada pela dica!