04
10
2021

Setembro no Reading Journal – O que eu li no mês

Chegamos em outubro! Além do susto por causa de como o tempo está voando, chegou também a hora de mostrar como ficou setembro no reading journal. E setembro eu li muito, então ele ficou bem preenchido. Além disso, algumas novidades nas minhas leituras ajudaram a aumentar o volume de livros. Uma delas foi que li 4 livros em áudio. Eu já queria voltar a ler audiobooks há algum tempo. Existem alguns momentos do meu dia que eu consigo, ao mesmo tempo que faço algum tipo de atividade, ouvir um áudio. E por que não ler nesse momento, não é mesmo? Vou conversar um pouco sobre a experiência nesse post.

As Páginas do Mês

Sobre o mês de setembro no reading journal: meu tema para setembro foi… chá. Até me aventurei, desenhei uma xícara de chá no canto da página, coloquei a palavra “dias” dentro de saquinhos de chá… Tentei manter o tema. Aí fiz colagens com alguns papéis que imitam cartas antigas, adesivos que imitam selos de cera, além de algumas flores.

Só a palavra “Setembro” que não ficou exatamente como eu queria. Eu tentei fazer um lettering, mas não cheguei ao que eu estava imaginando. Enfim, não ficou ruim, apenas não gostei tanto quanto poderia. Tudo bem, acontece.

Quanto ao calendário, sim, continuo marcando quais livros li naquele dia. O resultado final é sempre um calendário bem colorido, que é algo que gosto bastante.

Páginas de Livros do Mês e Para Ler

Tentei manter um pouco do tema, porém utilizando mas a pegada vintage nessas páginas. Utilizei novamente flores e borboletas, além de mais um daqueles adesivos imitando a selagem em cera. Queria que esses adesivos fossem um pouco menores, pois acho que eles iriam combinar melhor com o reading journal. Mas por enquanto, continuo usando eles mesmo.

A lista de Livros do Mês de setembro no reading journal ainda não estava completa quanto tirei essa foto, apesar de que ali já estão os 14 livros que li em setembro. A única diferença é que faltou os livros que comecei em setembro mas que vou terminar em outubro. Se quiser ver como ficou a lista completa, é só acompanhar meu instagram. Estou postando vários reels com as minhas atualizações durante o mês. Aliás, em alguns, cheguei a fazer um voice over explicando um pouco sobre o que estava fazendo.

A página Para Ler, como eu sempre explico, é meramente uma sugestão de livros que eu me interessei e quero ler. Assim, quando termino uma leitura e estou em dúvida sobre o que ler em seguida, posso dar uma olhada nessa página e me inspirar. É ótimo, porque às vezes eu esqueço de alguns livros. São tantos livros que quero ler e que estão esperando pacientemente na minha estante/Kindle…

Os Livros Que Li em Setembro

Só para explicar: foram só romances. A maioria deles, lançamentos da temporada de verão nos EUA, ou seja, a maioria li em inglês. Para diferenciar os audiobooks lidos em setembro no reading journal, utilizei um adesivo.

Vou tentar ser rápida sobre cada um deles, porque senão o post vai ficar enorme. Se houver algum livro que você gostaria de conhecer melhor, por favor, deixe nos comentários. Vou fazer questão de responder.

The Bride Test

The Bride Test é da mesma série de Os Números do Amor/The Kiss Quotient, da Helen Hoang. Também tem um protagonista autista e uma protagonista imigrante do Vietnã. Achei a leitura bastante interessante, mas ainda acho o primeiro livro melhor.

Isn’t it Bromantic?

Eu li o primeiro livro dessa série, Clube do Livro dos Homens, antes de ser lançado aqui no Brasil. Inclusive tinha até postado sobre ele no Instagram, mas fiquei surpresa com o sucesso que ele fez por aqui. Não que não merecesse, mas de repente todo mundo que eu seguia estava falando sobre ele. Enfim, Isn’t It Bromantic? é o quarto livro da série (que eu continuei acompanhando em inglês). Todos os livros dessa série desafiam a ideia de que homens não podem ser românticos ou ler romances. Esse é sobre o russo do grupo, o grandão Vlad que vivia tendo problemas intestinais. E veja só: era realmente um problema, ele não podia comer glúten. Com isso resolvido com os cuidados necessários com a dieta, o romântico Vlad conta a sua história de amor com Elena. Esse é um de amigos a amantes.

People We Meet On Vacation

Esse livro tá dando o que falar, inclusive aqui no Brasil. Da mesma autora de Beach Read, Emily Henry, esse é mais um friends to lovers… que tem muita gente chamando de burros to lovers, e com razão. Alex e Poppy tem tudo para se acertarem mas continuam se perdendo na própria história. Porém, funciona e Emily Henry está se consolidando como uma das minhas autoras preferidas.

It Happened One Summer

Esse romance bem hot da Tessa Bailey começa com cara de filme dos anos 90. Sabe, as patricinhas mimadas chegam num lugar diferente e tem que sobreviver sem os confortos que o dinheiro traz. Porém, a história é boa e respeita a personagem principal, Piper, sem mostra-la como uma cabeça de vendo nem mudá-la como forma de “evolução”. E o Brandon… ok, leiam.

Projeto Duquesa e Um Par Perfeito

Esses são os livros 1 e 1.5 da série Dinastia dos Duques, da Sabrina Jeffries. O primeiro é um bom romance de época, mas não gostei muito da novella que é esse segundo.

O Pretendente

Mais um livro 1.5, esse do Clube dos Sobreviventes. Eu pulei direto de Uma Proposta e Nada Mais para Um Acordo e Nada Mais, então quando descobri esse, corri para ler. Mas achei boa a ideia da Mary Balogh de mostrar o motivo por trás das atitudes da Philippa, que aparece no começo de Um Acordo e Nada Mais.

The Honey-Don’t List

O primeiro audiobook do ano, lido em inglês. Eu amei a experiência, ainda mais porque esse tinha ponto de vista duplo e então tive dois narradores, um homem e uma mulher. Não achei difícil de entender em inglês e consegui utilizar melhor meu tempo. A história é bem gostosinha de ler, as autoras são boas no gênero (sim, elas são Christina Hobbs e Lauren Billings).

Love and Other Words

Também lido em audiobook, também da dupla Christina Lauren. Esse é um pouco mais dramático e ficou rodando na minha cabeça depois da leitura. Não sei se fui muito fã da maneira como a narradora interpretou a Macy, personagem principal. Achei que podia ser algo com a voz da narradora, porém estou lendo outro audiobook narrado por ela, sem problemas.

Well Met e Well Played

Os dois primeiros livros da série Well Met, da Jen DeLuca. O terceiro sai agora em outubro e se chama Well Matched. Também lidos em audiobook (peguei gosto pela coisa, hahahaha). O mais legal desses romances é o cenário: eles se passam na Feira de Renascença de uma cidadezinha chamada Willow Creek (e toda vez que eu ouço, lembro de The Sims 4).

A Lot Like Adiós

Quando eu falo que eu gosto de “friends to lovers” ou seja, de amigos a amantes, estou pensando em livros como A Lot Like Adiós. Ele é o segundo livro da série Primas of Power, que começou com Você Me Ganhou no Olá. Existem muitos pontos que amei nesse livro, com uma protagonista latina, acima dos 30 anos, bissexual e que não quer casar ou ter filhos.

The Love Hypothesis

Livros com mulheres cientistas que devem lutar por seu merecido espaço no mundo acadêmico. Um personagem principal que é todo de mal com a vida em contraste com a personagem principal que é um raio de sol. Os dois fingem um relacionamento. Quase que tem uma cena dessas de “só tem uma cama, e agora?”. Quase. Uma cena hot que olha… até reli depois. Junto com A Lot Like Adiós, minha leitura preferida em setembro.

Battle Royal

Mês passado eu li Rosamund Parker Takes the Cake e não curti muito. Aí minha amiga Lany, que também ama esse cenário de romances que se passam em competições tipo Bake Off, indicou Battle Royal. Esse livro não só se passa numa competição de confeitaria, como também tem uma disputa para ver qual dos personagens principais vai ser responsável por um bolo de casamento real. Um ótimo livro, com muita profundidade emocional. Recomendadíssimo.

Ufa, esses foram os livros do mês de setembro no reading journal. Para atualizações sobre o que estou lendo, é só seguir meu Goodreads. Para ver como eu preparo meu reading journal, siga meu instagram, posto bastante por lá.

O que vocês leram em setembro? Qual sua leitura preferida do mês que passou?

Siga-me por aí:

Twitter | Facebook | Instagram

Skoob | Goodreads

Subscribe
Notificar-me quando houver
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

3 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Carol Mancini
1 mês atrás

Eu adoro esse post, Mari! Me motiva a ler também! Adorei a ideia dos audiobooks em inglês, deve ser muito bom pra criar vocabulário e treinar. Eu detesto ler em inglês, no geral hahahahaha, mas às vezes me forço. Adoro romances, entendo super uma vida apenas de ler romances hahaha <3

trackback
1 mês atrás

[…] em inglês lançados em setembro. Eu li vários, inclusive contei sobre ele junto com as minhas leituras do mês. Mas confesso que The Love Hypothesis era um dos que me mandou mais entusiasmada. Para ajudar, o […]