27
08
2019

Kelly Bowen – Dicas de Romances Para Ler em Inglês

Existem várias autoras que eu acompanho em inglês. Infelizmente, nem todas tem previsão de terem seus livros lançados no Brasil. Mas a esperança é a última que morre, não é mesmo? Afinal, eu já havia falado sobre os livros da Jenny Colgan e nesse ano a Editora Arqueiro publicou dois títulos da autora no Brasil. Por isso, eu decidi ir dando dicas de algumas autoras que ainda só foram publicadas lá fora. E uma delas é a Kelly Bowen. Mais especificamente, nesse post, vou falar sobre a série The Devils of Dover, apesar de já ter lido outras séries dela e ter gostado bastante.

A Duke In The Night

A Duke in the Night é o primeiro livro da série The Devils of Dover. Nele, conhecemos August Faulkner, um duque famoso por seduzir muitas mulheres e por comprar propriedades, desfazê-las em pedaços e vendê-las por muito mais. Seu mais novo alvo é a propriedade onde está Clara Hayward.

Clara é diretora de uma escola de etiqueta e bons modos para moças. Para a Haverhall School for Young Ladies são enviadas as mais importantes moças da alta sociedade. E algumas são até convidadas para fazer alguns cursos extracurriculares, no verão.

O que suas famílias nem imaginam é o que as escolhidas para os cursos de verão aprendem. Clara as escolhe por perceber que tem interesse e talento para alguma atividade não bem vista para uma dama. Naqueles verões, suas alunas podem aprendem a pintar nus ou a serem médicas e advogadas. Mesmo que a sociedade não permita que as moças exerçam tais profissões, Clara acredita que elas devem ter a oportunidade de aprendê-las.

É por isso que ela não pode perder de jeito nenhum a propriedade, não importa o que August fará. Mas o que realmente a perturba são suas lembranças de uma valsa que os dois dançaram, há algum tempo atrás…

Last Night With the Earl

Eli Dawes nunca mais foi o mesmo após Waterloo. Se antes era um jovem que só se interessava por se divertir, agora tudo o que quer é se esconder da sociedade. E é isso que ele tenta, mas descobre que existe alguém em seu caminho. E alguém de quem ele lembra muito bem…

Rose Hayward é irmã de Clara. Ela dá aulas de pintura e ajuda que mulheres encontrem sua beleza interior. Toda essa sua visão tem raízes no escândalo e na vergonha que passou graças a uma publicação maldosa e à traição de seu ex-noivo. Porém, ao reencontrar Eli, ela logo começa a enxergá-lo de maneira diferente.

Um dos pontos que mais me agradou nesse livro foi a discussão sobre o que exatamente é beleza e em como todos podem reconhecer a beleza em si mesmos. Por Eli ter voltado da guerra cheio de cicatrizes, essa é uma das principais tramas do livro e Kelly Bowen soube trabalhar a história muito bem.

A Rogue By Night

Sir Harland Hayward, irmão de Clara e Rose, pode ser um barão, mas não deixou a medicina de lado. Pelo contrário, costuma aparecer à noite para tratar de quem precisa de ajuda… Principalmente aqueles que estão contrabandeando bens e bebidas embaixo do nariz da polícia britânica. É numa dessas noites que ele chega à casa de Katherine, para cuidar do irmão dela, que levou um tiro. O que não imaginava é que Katherine estava cuidando muito bem da situação.

Katherine voltou para casa e descobriu que o irmão voltou a mexer com o contrabando. E se ele não terminar o serviço, seu próprio pai, que está doente, disse que irá fazê-lo. Ora, agora que o irmão deve se recuperar do tiro que levou, ela não vê nenhuma outra solução a não ser ir ela mesma atrás dos bens que estão sendo contrabandeados. Afinal, se não fizer isso, seu pai vai fazer com certeza.

Não que ela não saiba muito bem o que está fazendo. Katherine aprendeu com a mãe a cuidar dos enfermos, mas também aprendeu com o pai a contrabandear. É o negócio da família, por assim dizer. Mesmo que ela odeie. Afinal, coloca seu irmão e seu pai em risco. A sorte deles é que Katherine é muito boa em lidar com a situação. Ela só não consegue confiar no médico barão que dá a entender que não sabe o que está acontecendo… Ainda que ela tenha certeza que ele sabe muito mais do que deixa transparecer.

The Devils of Dover de Kelly Bowen

Essa é uma série que apresenta mais uma forma de como as mulheres acabavam enganando a sociedade para serem o que queriam. Não é difícil imaginar que muitas teriam sido ótimas profissionais, mas que a sociedade da época considerava que mulheres não eram capazes de tanto. Uma mentalidade que em alguns casos vemos ainda hoje.

Porém, nem todas se conformaram. Muitas foram contra o que os outros acreditavam ser o único caminho possível. Com certeza, existiram muitas mulheres que exerceram profissões consideradas indignas, mesmo que tivessem que fazê-lo em segredo.

Por isso eu me apaixonei tanto por essa série da Kelly Bowen e por sua visão do papel da mulher na sociedade daquela época. Mostrando personagens que arriscaram questionar o status quo e trazendo discussões bem atuais, os livros trazem tramas envolventes. Se você lê em inglês, recomendo bastante.

Siga-me por aí:

Twitter | Facebook | Instagram

Skoob | Goodreads

avatar
6 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
6 Comment authors
Mara Cerqueira SantosMaria Ferreira da ConceiçãoMarijleitecrisAlice Lacerda Montiel Recent comment authors

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  Subscribe  
Notificar-me quando houver
Clayci Oliveira

Eu preciso urgentemente melhorar o meu inglês.
Sou uma negação e preciso começar a ler mais do idioma. Mas quero iniciar por histórias que já conheço para não me sentir TÃO perdida hauahuahua. No entanto, gostei dessa dica *_*

Alice Lacerda Montiel

Oiieee

Eu tenho lido alguns livros em inglês este ano e foi uma tremenda satisfação. Pretendo ler ainda mais ano que vem, é fantástico conseguir aprimorar o idiooma enquanto fazemos algo que gostamos. Gostei das dicas, não conhecia esses livros, parecem ser bem bacanas.

Beijos, Alice

cris

Oi Mari!
Que linda a série quero muito ler, tem um ótimo enredo em falar de mulheres que aparenta uma coisa, mas por trás são tão fortes e inteligentes como os homens. Gostei muito dessa sua ideia de mostrar outras autoras que ainda não tem livros lançados aqui ou nem todos são lançados aqui. Obrigado pela dica, parabéns pelas resenhas me deu um parâmetro de todas as histórias. Bjs!

Marijleite

Vou ficar na torcida para quem alguma editora traga esses livros para o Brasil, pois as premissas e os personagens são todos muito interessantes pelo seu post, amei essa ideia de mulheres que não seguiam o que era o padrão da época.

Maria Ferreira da Conceição

Oi, Mari.
Achei ótima essa ideia de nos fazer conhecer autoras que ainda não foram publicadas por aqui.
Vou torcer para que todos sejam publicados, mas o que me chamou mais atenção foi o “A Rogue By Night”.
Abraços.

Mara Cerqueira Santos

Que pena que eu não leio em inglês, pois fiquei encantada pela história.
Preciso melhorar meu inglês, definitivamente!