06
03
2017

Assistindo The Walking Dead

Depois do último post sobre algumas dicas para se salvar de um apocalipse zumbi, resolvi falar um pouco sobre minha experiência assistindo The Walking Dead. Para quem não sabe, a série está em sua sétima temporada e é adaptada de uma HQ de mesmo nome.

Eu demorei um pouco para decidir começar. Minha fascinação por zumbis começou quando assisti Resident Evil. Eu sempre gostei da temática de um apocalipse. Por isso, filmes de zumbi sempre me chamaram a atenção. Com Guerra Mundial Z, eu gostei do filme, mas foi o livro que me fez apaixonar de vez. O motivo principal não foram as criaturas em si, mas porque o livro focava em como a humanidade reagiria a uma catástrofe dessa dimensão.

Em The Walking Dead, o foco é exatamente esse. Os zumbis são apenas catalisadores da luta pela sobrevivência. O que realmente está em jogo ali é a forma como a humanidade vai lidar com tudo isso. Até que ponto uma pessoa vai para garantir a sua própria sobrevivência?

Sobre A Série

Basicamente, a série conta a história de um grupo de sobreviventes de um apocalipse zumbi de proporções globais. As grandes cidades caíram. Não há mais governo. Serviços públicos ou qualquer tipo de organização oficial sumiram. Zumbis (ou os Walkers, como são chamados) andam por todo lado e só querem saber de comer qualquer coisa viva.

O grupo é liderado por Rick Grimes. Ele era xerife de uma cidade pequena que acorda de um coma e se depara com o mundo de cabeça para baixo. Após uma tentativa frustrada de encontrar um centro de refugiados em Atlanta, ele acaba se juntando a um grupo que está acampando nos arredores da cidade. Por pura sorte, esse é exatamente o acampamento onde sua esposa, Lori, e seu filho, Carl, estão vivendo. A partir daí, esse grupo vai tentar sobreviver nesse novo mundo, sempre lidando com a ameaça dos zumbis e também de outros grupos de sobreviventes.

Assistindo The Walking Dead Anos Depois

A minha experiência assistindo essa série está sendo diferente. Como comecei tão tarde, as primeiras temporadas quase não vi passar. É uma vantagem de quem começa depois: os episódios já estão disponíveis. E em The Walking Dead, isso significa muito. A maioria dos episódios termina deixando algo no ar que faz você querer ver o próximo imediatamente. O que é bom, pois determina um ritmo rápido para a série. Sempre há alguma coisa acontecendo. E quando as coisas parecem dar uma acalmada, é quando você fica mais atento. Afinal, é certo que algo está para acontecer. 

Eu já sabia alguns spoilers, claro. E essa é uma desvantagem. Quando uma série faz um sucesso como esse, os fãs ficam em polvorosa. E até mesmo quem ainda não assistia acaba descobrindo alguns pontos principais. Nesse caso, as mortes dos personagens não são poucas e sempre tem um impacto muito grande. Várias mortes que foram grandes surpresas quando aconteceram eu já esperava. Não sabia detalhes, mas sabia que iriam acontecer. Por isso, tentei não me apegar a alguns personagens, para ver se não sofria tanto quando tivesse que vê-los ir embora. Não funcionou.

É estranho dizer, mas apesar de ser uma série sobre zumbis, The Walking Dead é muito humana. Não há como não se apegar aos personagens. Eles podem não ser como você, mas lembram alguém que você conhece. Até mesmo os vilões acabam humanos. Eles podem ter ultrapassado limites que nunca deveriam ter sido ultrapassados, mas você entende como eles chegaram lá.

Por tudo isso, meio que me viciei na série. Ainda não cheguei na sétima temporada, mas logo chego lá. E aí vou mudar minha perspectiva. Afinal, vou conseguir evitar spoilers com mais eficácia. Mas confesso que não queria ter que esperar uma semana por um episódio novo. Ou meses por uma temporada nova. Mas quem sabe não encontro outra série para assistir em maratona?

 

27
01
2017

Acabei de Assistir: DC’s Legends of Tomorrow

Finalmente peguei para assistir a primeira temporada de DC’s Legends of Tomorrow, disponível na Netflix. Das séries da DC, já tentei assistir The Flash e empaquei no meio da primeira temporada de Supergirl. Para ser sincera, tenho mais dificuldade de assistir as séries da DC do que as da Marvel. Mas Legends of Tomorrow eu insisti por dois motivos. Um é que fala sobre viagem no tempo e eu realmente gosto da temática. Outro é Arthur Darvill. Afinal, quem já interpretou um companion em Doctor Who merece minha atenção, né?

(mais…)

25
08
2016

Séries Que Deveriam Ganhar Um Revival

Estamos na era dos revivals. A Netflix tem ajudado bastante, resgatando séries clássicas e lhes dando novas temporadas. Já aconteceu com Full House, que ganhou o nome de Fuller House, vai acontecer com Gilmore Girls… E aí vem a pergunta: que outras séries também mereciam um revival? Aqui estão as minhas escolhidas: revival-post

(mais…)

10
08
2016

Assistindo Gilmore Girls (de novo).

Quem ama a Netflix já está sabendo: Gilmore Girls vai voltar. Mais especificamente, no dia 25/11, a Netflix liberará quatro episódios de 90min cada trazendo as garotas Gilmore. Cada um desses episódios contará a história de uma estação do ano, portanto os quatro contarão um ano na vida delas. O mais legal é que basicamente será mostrada a vida delas agora, anos depois.gilmore-post

E para comemorar, a Netflix disponibilizou todas as temporadas antigas de Gilmore Girls. O que isso significa? Que estou fazendo uma super maratona para reassistir tudo antes do dia 25/11.

Para quem não conhece, Gilmore Girls é uma série que estreou em 2001 e teve sete temporadas. O tema central é a relação entre Lorelai e Rory Gilmore, mãe e filha que são muito próximas. Uma das razões é o fato de que Lorelai teve Rory quando tinha apenas 15 anos. Logo, a diferença de idade entre as duas ajuda. (mais…)

06
08
2016

Motivos Para Assistir Stranger Things

Você provavelmente já ouviu alguém falar sobre essa série. Stranger Things está fazendo um sucesso absurdo. Com uma mistura de nostalgia, fantasia e mistério, a série mostra a força das amizades da infância. A história começa com o desaparecimento de Will em circunstâncias misteriosas. Seus amigos, Mike, Dustin e Lucas, vão fazer de tudo para encontrá-lo. Mais do que isso, estão convencidos de que algo muito estranho é responsável pelo desaparecimento do amigo. Tal desconfiança só aumenta com a chegada da misteriosa Eleven, uma menina quieta que tem poderes extraordinários.strangerthings

A mãe de Will, Joyce (interpretada por Winona Ryder) também está convencida de que seu filho está escondido e em perigo. Uma série de acontecimentos a convence de que pode se comunicar com ele através de luzes de Natal. Embora a ideia possa parecer loucura, para quem está assistindo a série, faz sentido. Ela consegue convencer o antes cético Detetive Hooper, que percebe que algo está estranho na história. Assim, os dois passam a investigar o laboratório perto da cidade.

Para completar a equipe daqueles que desconfiam de algo sobrenatural, temos Nancy, a irmã mais velha de Mike. No colegial e em um relacionamento com Steve, o garoto popular da escola, Nancy sente que há mais nessa história quando sua melhor amiga, Barb, desaparece. Apesar das evidências apontarem para a amiga ter fugido de casa, Nancy não acredita nisso. Então, em uma investigação, acaba vendo algo que a convence de que nem tudo é tão simples. Acaba conseguindo ajuda do irmão mais velho de Will, Jonathan. Juntos, os dois vão se armar com todo tipo de armadilha para caçar monstros.stranger-things

Stranger Things envolve o sobrenatural, uma grande corporação escondendo o resultado de suas pesquisas, custe o que custar. É o tipo de série com o enredo simples, mas que acerta na narrativa e prende o espectador. As crianças são as estrelas da série e não há como não se apaixonar por elas. Por se passar nos anos 80, são episódios cheios de nostalgia, desde a maneira como foi filmada até a trilha sonora. Também é gostoso assistir e se lembrar das amizades da infância. Eleven ou El (na tradução On, apelido para Onze) é a chave do mistério. Seus poderes encantam e amedrontam, mas com poucas palavras, ela chama a atenção. Acaba criando uma crise de ciúmes entre os meninos, mas logo se torna amiga de todos. É o tipo de personagem que você quer carregar para casa e cuidar. Aliás, todos eles acabam passando por essa fase.

Enfim, é uma série que vale a pena assistir. São oito episódios de cerca de uma hora cada um, ou seja, dá para assistir tudo de uma vez só. Mais uma vez, a Netflix acerta em seus originais. Está justificado todo o hype ao redor da série. E teremos a segunda temporada de Stranger Things, ou seja, as perguntas que ainda ficaram serão respondidas. Definitivamente, uma ótima dica para quem ama assistir séries com uma pegada sobrenatural.

Vocês já assistiram? O que acharam?

Siga-me por aí:

Twitter | Facebook | Instagram

Skoob | Goodreads

01
07
2016

Acabei de Assistir: Orange Is The New Black

Orange is The New Black é uma série original da Netflix que já está na sua quarta temporada. Cada uma das temporadas tem 13 episódios. A série é baseada no livro de Piper Kerman, que foi presidiária por um ano.

orange-post

Na série, acompanhamos a história de Piper Chapman. Piper faz parte da classe média-alta de Nova York e nunca imaginou que iria passar um tempo na prisão. Porém, acaba sendo denunciada por transporte internacional de drogas, crime que cometeu dez anos antes.  Ela e sua ex-namorada, Alex Vause, faziam parte de um grande cartel e eram responsáveis pelo transporte das malas.  (mais…)

06
06
2016

Acabei de Assistir: Ascension

Nesse último domingo, as coisas estavam meio paradas aqui em casa, e lá fora tava uma chuvinha dessas que deixa a gente morrendo de preguiça. Aproveitei para ligar a Netflix e esquecer da vida, afinal de contas, ninguém é de ferro, não é mesmo?ascension01

A escolhida da vez foi Ascension, uma minissérie em três episódios que na verdade são seis, já que são divididos em duas partes de aproximadamente 45min cada um. Ela conta a história de uma nave e seus 600 passageiros numa jornada de 100 anos pelo espaço. Esses passageiros são pessoas que, em 1963, quando estava acontecendo a Guerra Fria, entraram num projeto super secreto do governo americano e partiram em uma viagem que tinha por objetivo salvar a humanidade da extinção e encontrar um novo planeta onde pudessem assegurar a continuação da espécie.

O problema é que no meio dessa jornada, ao aproximarem-se do ponto onde não mais será possível retornar, o primeiro assassinato dentro da nave acontece, o que acaba por deixar as coisas bem tensas lá dentro.

ascension02Ascension é muito interessante. A série foi baseada no Projeto Orion, idealizado no governo Kennedy que temia pela extinção da espécie humana se as ameaças feitas na Guerra Fria chegassem a se realizar. A premissa é que a construção dessa nave, bem como a escolha dos passageiros, teriam acontecido no mais completo sigilo e que essas pessoas estariam mesmo vivendo em uma nave espacial por cinquenta anos, rumo ao desconhecido.

Algo que é fascinante observar é a maneira como esses viajantes viveriam e se organizariam dentro de uma nave: como seria a luta pelo poder e as divisões de funções, bem como as classes sociais. Eles ainda vivem como se estivessem em 1963, seja em suas roupas, seja em suas músicas. Em Ascension, tudo é extremamente controlado, inclusive com quem cada um poderia se casar e quando poderiam ter filhos. E eles nem imaginam, mas apesar de terem perdido o contato com a Terra, eles ainda são observados por uma equipe terrestre, que acompanha cada um de seus passos através de monitores.

O primeiro episódio tem uma reviravolta no seu final que muda toda a maneira como você vê a história e é a partir daí que as coisas realmente ficam interessantes. Eu gostei muito da maneira como a história é contada, mostrando o interior da nave e a equipe na Terra que os observa. Dá uma olhada no trailer:

Enfim, para quem ama ficção científica e histórias que tratam de viagem espacial, essa é uma ótima dica. A minha única crítica é que o SyFy, canal que produziu a série, já avisou que não haverá uma segunda temporada, e o último episódio deixa muitas dúvidas no ar. Mesmo assim, vale a pena assistir.

E vocês, gostam desse tipo de série? Tem alguma para me recomendar? Deixe aí nos comentários!

Siga-me por aí:

Twitter | Facebook | Instagram

Skoob | Goodreads

06
02
2016

[Blogueiros Geeks] Minha Lista Para Um Carnaval Nerd

Carnaval não é a festa para mim. Eu acho legal por ser parte da cultura brasileira e respeito quem gosta, mas como não sou fã nem de muita gente junta pulando, calor ou som alto, vocês podem imaginar como eu fujo da bagunça do carnaval.

Mas tem uma parte muito boa do carnaval que eu amo: o feriadão! Carnaval são quatro dias de folga para você fazer o que quiser, seja correr pro meio dos foliões, seja para, como eu, se esconder entre os livros e séries preferidos que você não tinha tempo para pôr em dia.

Aqui vai a lista dos livros e séries que pretendo ler e assistir até quarta-feira, quando o ano começa no Brasil:

(mais…)

30
01
2016

[Blogueiros Geeks] Os Mais Aguardados de 2016

O tema da blogagem coletiva de janeiro de 2016 não podia ser mais propício: vamos escolher o filme, a série e o livro mais aguardado desse ano que acabou de começar (e aparentemente já gastou um mês, quê???). O problema é ter que escolher apenas um por categoria! Mas vamos lá, né?

O Filme Mais Aguardado

Teremos estréias incríveis em 2016, entre elas Deadpool, Capitão América: Guerra Civil, Doutor Estranho… e isso só da Marvel, ainda teremos grandes estréias da DC Comics também, como Batman vs Superman e Esquadrão Suicida. Ufa, esses são só uma pequena parte dos filmes de 2016. Mas já que só podia escolher um, meu coração foi lufa e leal ao meu primeiro fandom… fantastico

Vai demorar para chegar Novembro…

Série de TV Mais Esperada

Pensei bastante para dar essa resposta, porque em termos de séries, 2016 não trará nada que eu estou particularmente entusiasmada. Claro, teremos novos episódios de Agent Carter, Pretty Little Liars, The 100… Mas acabei escolhendo Luke Cage, que deve estrear em Novembro (eita de novo?) desse ano, se a imagem liberada pelo Facebook da minha querida Jessica Jones significa o que todo mundo acredita que significa. luke-cage

Mas a verdade mesmo é que a novidade que me deixou com um sorriso de orelha a orelha é que Jessica Jones foi confirmada para a sua segunda temporada, o que aliás não é mais do que a obrigação da Marvel e da Netflix, não é mesmo? PS: Eu tenho muitas esperanças que a Jessica apareça em Luke Cage. Afinal, ele apareceu em Jessica Jones, não é mesmo?

Livro Mais Esperado do Ano

Tá, posso roubar um pouquinho? É só que o livro que vou mencionar aqui não teria aparecido na lista antes do começo desse ano, mas agora que eu já li os dois primeiros da série e estou me segurando para não ler o terceiro logo em seguida para aproveitar melhor, não tinha como ser outro.

 theravenkingCom essa capa maravilhosa, o quarto livro da série The Raven Cycle ganhou meu coração antes mesmo de seu lançamento. Maggie Stiefvater e sua mitologia me ganharam por completo e eu mais posso esperar para acabar de ler a saga dos Garotos Corvos e de Blue Sargent.

Quais são os filmes, séries de TV e livros que vocês mal podem esperar para ter em mãos em 2016?

creditos

Siga o blog nas redes socias:

Twitter | Facebook | Instagram

Skoob | Goodreads

22
11
2015

Seis Motivos Para Assistir Jessica Jones

Como vocês já devem imaginar, sim, eu acordei às 6 da manhã nessa última sexta-feira para assistir a série Marvel’s Jessica Jones logo que ela foi liberada pelo Netflix. E eu tinha expectativas altíssimas, é só olhar meus posts anteriores para confirmar. Mas também tinha um pouco de medo, lá no fundo, de que essas expectativas não fossem alcançadas.tumblr_nwp7s2ixS01qekx3go4_400Só não esperava que acontecesse o que aconteceu: a série é ainda melhor do que eu imaginava!  Eu simplesmente não conseguia parar de assistir. Então, para fazer par com o último post de “Cinco Motivos para Ficar Ansioso(a) por Jessica Jones“, aqui vão alguns motivos (tentei deixar sem spoilers, tudo o que está aqui foi discutido em entrevistas e clipes liberados antes da série ser lançada) para assistir Jessica Jones imediatamente.

Antes, porém, é necessário falar sobre os trigger warnings de Jessica Jones. Para quem não sabe, um trigger warning, ou aviso de gatilho, é um tipo de aviso que deve ser dado quando algum dos assuntos tratados num filme, série ou livro pode causar reações negativas nas pessoas que passaram por aquele tipo de situação.

Portanto, não aconselho assistir Jessica Jones se você tem problemas com obras que tratam de estupro, perseguição e abuso, tanto psicológico quanto sexual. Ainda, existem cenas bem gráficas em Jessica Jones, tanto sexuais quanto de mortes violentas, então fiquem preparados. (mais…)

Página 1 de 212