20
03
2017

Parceria: O Que Eu (E Todo Blogueiro Literário) Gostaríamos

Todo começo de ano, várias editoras abrem processo de seleção de blogs parceiros. Na maioria das vezes, esses blogs receberão alguns livros durante o ano para que produzam conteúdo sobre eles. É uma forma da editora mostrar seu produto diretamente para o seu público-alvo. Como meu blog fala bastante sobre livros (embora não seja exclusivamente literário) eu me inscrevo para alguns deles. Seria uma maneira de trazer conteúdo novo para vocês, leitores. Mas são seleções para parceria bem concorridas e vamos aos poucos colecionando os “nãos” que levamos.

 

Nessa última semana, porém, um desses resultados me levou a pensar no que exatamente constitui essas parcerias. Todos os blogs que não foram selecionados receberam um e-mail anunciando que existiriam 3 vagas remanescentes e que quem quisesse produzir conteúdo sobre a editora e seus livros poderia preencher um formulário. Só que isso pegou bem mal, porque parece que a editora quer divulgação gratuita sem a necessidade de qualquer contrapartida.

Essa não é uma discussão nova. Afinal, o que seria uma verdadeira parceria entre blogueiro e editora? Parceria significa um acordo que traz benefícios às partes envolvidas, porém não é o que temos visto na prática. Para muitas editoras, essas “parcerias” significam o envio de alguns livros por ano para ser assunto do post. Mas o simples envio de um livro (que normalmente custa em torno de R$ 30,00) não seria suficiente para pagar o valor de um publieditorial na maioria dos blogs.

As editoras não são benfeitoras, distribuindo livros de graça. Muito pelo contrário, estão recebendo o benefício da divulgação. E na maioria das vezes, não se dão ao trabalho sequer de divulgar o trabalho dos blogs parceiros em suas redes sociais.

O trabalho do blogueiro parceiro é frequentemente desvalorizado. O que coloca mais sal na ferida é saber que os blogs maiores recebem os mesmos kits sem nenhuma obrigação. Que parceria é essa?

(mais…)

27
08
2016

Os Livros Que Abandonei (Ou Quase)

Todo leitor sabe: tem alguns livros que a gente quer abandonar. Alguns simplesmente tem que ir parar no freezer, a la Joey Tribbiani. Para quem não sabe, o Joey coloca os livros que ele não gosta do caminho que a história está tomando no freezer. Ele faz isso para congelar a história. Mas os livros citados aqui não necessariamente tinham que ser congelados. Alguns simplesmente ficaram impossíveis de continuar lendo. Outros, só terminei a leitura porque insisti muito (leia-se: sou teimosa).

abandonei-post

(mais…)

11
08
2016

Livros Para Ler Em Um Dia

Eu amo livros de todos os tipos, longos, curtos, complicados, simples, intensos… Mas tem hora que o que a gente precisa é de uma leitura rápida. Aquele tipo de livro que você lê rapidinho, em um dia. Isso não necessariamente quer dizer um livro curto, mas leituras mais leves, que você pode ler sem muita complicação. Por isso, essa sugestão para post me pareceu muito boa. Vim compartilhar com vocês alguns livros para se ler em um dia. livros-post (mais…)

05
08
2016

Minha Primeira Experiência com o Turista Literário

Se vocês costumam seguir o booktube brasileiro, já deve ter visto algum vídeo sobre o Turista Literário. O projeto é simples: uma assinatura onde todo mês você recebe um livro em casa. Um livro de surpresa, acompanhado de itens que vão o acompanhar na viagem. Eu amei o conceito logo de cara. A ideia é que os itens escolhidos levem o leitor, através dos sentidos, para o local do livro. É interessante, já que ajuda a verdadeiramente se afundar na história.turista-literario-post

Por conta disso, logo de cara já garanti minha mala. Não foi barato: a assinatura era R$ 69,90 e o frete, na primeira mala, saiu para mim em torno de R$ 20,00. Aliás, essa foi uma das principais reclamações que eles tiveram, e funcionou, porque agora o frete é fixo em R$ 10,00. Mas posso dizer que valeu cada centavo. (mais…)

04
07
2016

#MLI2016 – Maratona Literária de Inverno

Começando agora em julho, teremos a Maratona Literária 2016. O evento foi criado pelo Victor Almeida, do canal do Youtube Geek Freak. A ideia básica é fazer com que você leia mais do que está acostumado. Por exemplo, eu dei uma caída nas minhas leituras no mês de junho. Portanto, a minha proposta é ler um livro por semana no período da maratona.maratona

Além disso, o Victor propõe alguns temas para te ajudar a escolher os livros. Como é um tema por semana, escolhi um livro por tema para criar minha TBR. Quer ver quais são?

Livros para a Maratona Literária 2016

maratona05

Semana 1: Livros Encalhados

Para esse primeiro tema, escolhi o livro Madrugadas de Desejo. Comprei o livro há algum tempo já e quero muito lê-lo, porém ainda não consegui. Vou aproveitar a maratona para finalmente tirá-lo da estante.maratona01

Semana 2: Hype – Aqueles livros que fazem muito sucesso

Vou finalmente ler A Coroa, o livro que encerra a saga da Seleção, da Kiera Cass. Sei que existe um grande grupo de fãs dos livros. Eu particularmente tive alguns problemas com a série, mas quero acabar de ler. Nada melhor do que lê-lo nessa maratona.maratona02

Semana 3: Outro mundo — Livros que se passam em outros universos, planetas e/ou realidades

Ahá! Uma desculpa perfeita para tomar vergonha na cara e ler A Queda dos Reinos, da Morgan Rhodes. Tenho o livro na minha estante faz tempo, mas sempre passava ele para trás. Parece que chegou a hora de deixar de enrolar.maratona03

Semana 4: Diversidade – Livros com personagens diversos ou que abordem o tema da diversidade

Quero ler Simon Vs. A Agenda Homo Sapiens desde que o livro foi lançado aqui no Brasil. Porém, além de ter vários livros na fila, esse último mês foi um pouco complicado. Por isso, chegou a hora. Agora eu pego o vermelhinho da estante!maratona04

Esses então são os quatro livros que pretendo ler no mês de julho. A maratona literária de inverno vai de 03/07 a 31/07 e espero conseguir cumprir a meta. Escolhi livros um pouco mais curtos, assim se tiver tempo encaixo outras leituras. E já até organizei o Goodreads, quem quiser me acompanhar por lá!

Bora participar? Ler mais é sempre bom!

Siga-me por aí:

Twitter | Facebook | Instagram

Skoob | Goodreads

18
05
2016

Minhas Próximas Leituras

Não, esse post não é uma TBR, mas sim apenas uma relação de livros que serão as minhas próximas leituras, já que são os livros que eu estou mais empolgada para ler!leituras01

O primeiro deles eu estava ansiosamente esperando desde que comprei ele na pré-venda. É o The Kiss of Deception, primeiro livro das Crônicas de Amor e Ódio, da Mary E. Pearson. Foi lançado aqui no Brasil por uma das minhas editoras preferidas, a Darkside Books, como parte da coleção de livros deles chamada DarkLove. Esse livro vai ter bastante fantasia e romance, pelo que eu vi por aí, além de uma boa porção de mistério.leituras02

A edição do livro está impecável, como era de se esperar da Darkside Books, e veio com um marca-páginas e um pôster com um mapa (!!!). Não sei quanto a vocês, mas eu amo livros de fantasia que trazem o mapa do local onde ocorrem as histórias, acho que ajuda muito a situar o leitor. Com certeza, minha próxima leitura!leituras03

Outro livro que também estou super curiosa para ler desde que vi alguns vídeos no Youtube sobre ele é A Guardiã de Histórias, da Victoria Schwab, aqui no Brasil editado pela Bertrand Brasil. Lá fora, Victoria Schwab faz bastante sucesso com seus livros de fantasia e com uma introdução como “Imagine um lugar onde, como livros, os mortos repousam em prateleiras”, não tinha como eu não me interessar pela história. Acho que estou tentando compensar um pouco a falta de livros de fantasia nas minhas últimas leituras… leituras04

Na minha lista de próximas leituras também está Simon vs. a Agenda Homo Sapiens, da Becky Albertalli, parte do catálogo da editora Intrínseca. Esse é um livro que quase comprei o ebook em inglês, mas como descobri que a Intrínseca iria lançar ele por aqui, acabei esperando. Acho que é outro que devo gostar bastante. leituras05

Por fim, uma das leituras que estão na fila é A Coroa, o último livro do universo de A Seleção, criado pela autora Kiera Cass e publicado no Brasil pela Seguinte. Não é exatamente um livro que mal posso esperar para ler, apesar de saber que tem muita gente triste porque a série acabou. Mas quero completar a série, então coloquei mais esse nessa lista.

Conforme for completando essas leituras, vou dizendo para vocês o que achei. Para acompanhar meus comentários durante a leitura, é só me seguir no Skoob ou no Goodreads.

Algum desses livros também chama a sua atenção? Quais suas próximas leituras?

E você já participou do nosso sorteio?

SORTEIOCARINA

Siga-me por aí:

Twitter | Facebook | Instagram

Skoob | Goodreads

16
05
2016

TAG Desafio de Livros

Fui convidada pela Malu, do blog Plataforma Viajante para responder essa tag literária, o #DesafioFãdeLivros, uma tag que veio do Instagram e foi adaptada para o mundo blogueiro. Então, hoje venho aqui para mostrar para vocês um pouco mais sobre os meus tesouros da estante.tagdesafio

1) Um livro que foi presente: Projeto Rosie – Graeme Simsion

Esse livro eu ganhei da minha irmã que, numa viagem para São Paulo, passou numa livraria e se lembrou de mim. Achei esse livro uma delícia de ler e essa capa muito fofa!

projetorosie

2) Livro cuja adaptação cinematográfica você não gostou: Percy Jackson: O Ladrão de Raios – Rick Riordan

Depois da minha cartinha para a Netflix, vocês já desconfiavam disso, né? Mas não tem jeito, se tem uma adaptação que eu acho muito ruim, não consigo entender as mudanças que foram feitas quando a história passou para a telona e acho que o roteiro do filme tem um ritmo muito estranho, essa adaptação é a do primeiro livro da série do Percy Jackson. Ainda bem que dei uma chance para o livro depois de ler o filme porque olha, pelo filme, eu nunca tinha chegado perto.

3) Livro que envolve mitologia: A Pirâmide Vermelha – Rick Riordan

Não há como falar em mitologia e não lembrar de Rick Riordan. Seus livros são todos pautados em alguma mitologia. Como já tinha falado de Percy Jackson na pergunta anterior, resolvi citar A Pirâmide Vermelha, que é baseado na mitologia egípcia, um pouco menos conhecida por aqui do que a mitologia greco-romana.

4) Livro com menos de 100 páginas: Kindred Spirits – Rainbow Rowell

kindredspirits

Kindred Spirits foi uma experiência de leitura de conto tão legal e tão fofa que não teve jeito: ganhou post aqui no blog. A Rainbow Rowell consegue trazer, nessa história curtinha, o sentimento de ser fã, de fazer parte de algo que parece maior do que você e da alegria de encontrar outras pessoas que curtem as mesmas coisas que você. Só digo uma coisa: quero continuação.

5) Um livro que você passou a noite lendo: A Indomável Sofia – Georgette Heyertagdesafioindomavelsofia

Foram tantos livros que eu fiz isso… Escolhi A Indomável Sofia porque foi o último deles que me tirou o sono e não sosseguei enquanto não terminei de ler. Mas sabe um livro que de repente fica muito, muito bom e não dá para deixar para ler amanhã? Então. Ainda bem que foi uma noite de sábado para domingo. ser adulta é muito chato

6) Livro com lombada bonita: Mary Poppins – P.L. Travers

Mary Poppins. #bookstagram #instabook #bookporn

Uma foto publicada por Pequenos Retalhos – Mari Maiz (@pequenosretalhos) em

Essa edição da Cosac Naify ilustrada pelo Ronaldo Fraga e com tradução de Joca Reiners Terron é simplesmente maravilhosa e sua “lombada” na verdade tem a costura exposta e o nome do livro. É um trabalho impressionante e eu amo esse livro, simplesmente.

7) Autor cujo nome tem a mesma inicial que o seu: Maggie Stiefvater

thescorpioraces

Que eu amo a Maggie Stiefvater e me apaixonei pela maneira como a mulher escreve todo mundo já sabe. Inclusive, meu exemplar de The Scorpio Races veio autografado (e eu nem sabia, hahahaha) então quando vi essa pergunta, simplesmente tive que mencioná-la!

8) Livro de Fantasia: Sombra e Ossos – Leigh Bardugo

 Tentei lembrar do último livro de fantasia que eu li e só me lembrei de Sombra e Ossos, que inclusive tem resenha aqui no blog. Eu li algumas distopias, mas livros mais ligados à fantasia propriamente dita acabam aparecendo menos na minha lista de leituras, o que é estranho, já que gosto muito do gênero.

9) Um livro de capa dura e outro de brochura: Felizes Para Sempre e A Herdeira – Kiera Cass

tagdesafiokiera

Amo capa dura (mais uma das várias razões para amar as edições da Darkside Books – a maior parte do catálogo da editora pode ser encontrada com edição capa dura) e por isso quis muito os contos da série A Seleção nesse tipo de capa. Mas a minha coleção dos livros da Kiera Cass é em brochura mesmo, infelizmente.

10) Uma coleção incompleta: Os Garotos Corvos – Maggie Stiefvatertagdesafiomaggiestiefvater

Só está incompleta porque, infelizmente, o último livro, The Raven King, ainda não saiu no Brasil. Mas assim que sair compro essa belezinha e completo minha coleção!

Ufa, quanto livro lindo para responder essa tag! E vocês, quais respostas dariam para cada uma dessas perguntas? Já leram esses livros?

Ah, e não se esqueça de participar do sorteio que tá rolando aqui no blog:

SORTEIOCARINA

Siga-me por aí:

Twitter | Facebook | Instagram

Skoob | Goodreads

20
04
2016

[Book Club] Adaptações Literárias

O tema sugerido para o mês de abril por um dos grupos muito amor do Facebook que eu participo, o Book Club, é adaptações literárias. Esse é um tema que eu gosto muito, inclusive aqui no blog tem até uma categoria de posts – que eu devia usar mais, na verdade – chamada Filme vs. Livro, que fala exatamente sobre as adaptações literárias para a tela do cinema.

Uma das minhas adaptações literárias preferidas é As Crônicas de Nárnia - O Leão, A Feiticeira e o Guarda-Roupa.

Uma das minhas adaptações literárias preferidas é As Crônicas de Nárnia – O Leão, A Feiticeira e o Guarda-Roupa.

(mais…)

15
03
2016

Meus Booktubers Preferidos

Gosto muito de ler blogs literários, mas também amo assistir vídeos no Youtube sobre livros. Apesar de existirem vários booktubers ótimos, sempre acabo me apegando mais a alguns e resolvi indicar aqui para vocês aqueles que eu mais gosto de acompanhar.

booktubers

(mais…)

10
03
2016

[Book Club] TAG: Mulheres Na Literatura

Lá no Book Club, a postagem coletiva sugerida para o mês de Março é uma tag criada pela própria equipe do grupo, onde nós responderemos algumas perguntas sobre a nossa relação com as mulheres na literatura.tagbookclub

1. Minha autora preferida

Eu tenho várias autoras que eu amo de paixão, que acho super talentosas e que recomendo a leitura de seus livros sempre, mas a preferida mesmo sempre será a JK Rowling. A série Harry Potter me acompanhou na adolescência e por causa dela conheci pessoas que são até hoje importantíssimas na minha vida. Minha admiração só aumenta quando penso em como ela vive ajudando instituições de caridade e como faz questão de se posicionar sobre assuntos sérios.

chimamanda2. Uma autora que eu gostaria de ler

Eu tive que pesquisar para escrever o nome dela corretamente, mas se existe uma autora que eu simplesmente tenho que ler é a nigeriana Chimamanda Ngozi Adichie, autora de Americanah. Conheci essa mulher maravilhosa através de seu discurso “Sejamos Todos Feministas“, no TEDx Euston, que inclusive foi adaptado e publicado no Brasil.

3. Um livro com uma protagonista feminina incrível

Tive que pensar bem para escolher aqui e acabei escolhendo os livros da série Addicted. Acho as irmãs Calloway simplesmente sensacionais (embora deva confessar que a minha preferida sempre será a Rose) e extremamente bem construídas como personagens. Elas tem falhas, elas são fortes e elas são fracas, elas acertam e elas erram, elas são apaixonadas e elas odeiam com todas as suas forças… São personagens incríveis e eu queria que mais pessoas conhecessem os livros e se apaixonassem por elas também.

4. Uma personagem feminina que me inspira

 A Mia, da série O Diário da Princesa. Acho a Mia super atrapalhada, mas muito natural e acho as convicções da personagem, ainda que apresentadas de forma bem adolescente (afinal, a Mia começa a série com 14 anos) bem inspiradoras. Como foi uma série que eu cresci lendo, posso dizer que com certeza em muitos pontos a Mia me inspirou.

fangirl5. Uma personagem com a qual me identifico muito

Quando eu li Fangirl, lembro de ter me identificado muito com a Cath, personagem principal, o que só foi reforçado pelo fato de que eu também tinha passado grande parte da minha adolescência escrevendo e lendo fanfics. Mas todos os medos pelos quais ela passa, suas inseguranças, é algo com que eu me identifico muito.

6. Uma personagem forte/ corajosa

Ginny Weasley, de Harry Potter. Poderia citar a Hermione aqui também, claro, mas sou fã demais da Ginny, que começa a história como a irmãzinha do Ron, que perde a língua quando o Harry chega perto, e aos poucos vai se revelando, enfrentando o grande Harry Potter quando ele começa a ficar chato demais, dizendo-lhe o que ele precisa ouvir. Enquanto o trio está caçando as relíquias da morte no último livro, lá está Ginny, com Neville e Luna, enfrentando os professores em Hogwarts e organizando a Armada de Dumbledore.

7. Meu livro preferido com uma protagonista feminina

São tantos… um bom exemplo são os livros de As Crônicas Lunares, da Marissa Meyer. Cada um dos quatro livros da série (e também o livro lançado para contar a história anterior a Cinder) tem como protagonista uma personagem feminina diferente, inspirada por um conto de fadas: Cinderela (Cinder), Chapeuzinho Vermelho (Scarlet), Rapunzel (Cress) e Branca de Neve (Winter). E a história se passa num futuro onde existe uma peste matando grande parte da população terrestre e os grandes inimigos dos terráqueos são os lunares, que moram na lua. Quer saber mais? Clica aqui!

alma8. Um livro com uma mulher decidida

Alexia Tarabotti, da série O Protetorado da Sombrinha. Se tem uma personagem literária decidida (para não dizer teimosa) nessa vida, é Alexia. Nesse universo steampunk, Alexia é uma sem alma e seu poder é anular o poder dos seres sobrenaturais que ela toca. Mas ela nunca faz nsda de maneira delicada e coloca a todos nos seus devidos lugares, fazendo o que quer, do seu jeito.

9. Um livro com uma mulher inteligente

Emma Woodhouse, personagem principal do romance Emma, de Jane Austen, é extremamente inteligente. Talvez até um pouco demais para o seu próprio bem. Emma é uma das minhas personagens preferidas de Jane Austen, que sempre fez questão de criar suas personagens cheias de falhas e por isso Emma é claramente mimada e arrogante, mas também tem o coração no lugar e aprende muito no decorrer da história.

damebyhercover10. Uma personagem que faz tudo por amor

Para esse item, escolhi a Lady Georgiana, personagem principal de Nunca Julgue Uma Dama por Sua Aparência. Ela é uma personagem que faz tudo por amor… à filha. Ela fugiu da sociedade para ser mãe solteira (algo impensável na época, principalmente para uma irmã de Duque) e poder criar a filha sem ter que dá-la para adoção. Depois, sentindo que a filha precisará de um título para conseguir ser ao menos aceita na sociedade, ela se dispõe a achar um Visconde que preencha o requisito e logo mexe seus pauzinhos para conseguir que o seu pretendente aceite se casar com ela. Gosto muito da personagem e da maneira prática como vê tudo, mas que sabe que sua filha é sua maior prioridade.

Quem quiser pode participar do Book Club também! Confira na fanpage do grupo como fazer parte! 😉

Venha discutir com a gente a leitura do mês, além de conhecer pessoas muito legais que também amam ler e conversar sobre livros, personagens e autores diferentes.

Siga o blog nas redes sociais:

Twitter | Facebook | Instagram

Skoob | Goodreads

Página 1 de 71234567