21
06
2017

Acabei de Ler: Nimona – Noelle Stevenson

Eu finalmente me aventurei a ler Nimona. Para mim, foi uma leitura bem diferente, já que não sou acostumada a ler graphic novels. Nimona foi mais um livro que recebi através do Turista Literário. Já tinha lido alguns posts sobre esses quadrinhos e achado interessante. Tinha um pouco de receio também, mas foi uma experiência muito legal que aproveito para dividir com vocês.

Título Original: Nimona
AutorNoelle Stevenson
Editora: Intrínseca
Páginas: 272
Adicione: Skoob | Goodreads
Para comprar, clique:

(mais…)

29
05
2017

Acabei de Ler: Simon Vs. A Agenda Homo Sapiens – Becky Albertalli

Eu estava há um bom tempo com esse livro na pilha dos para ler. Ele chegou a ser mencionado aqui no blog, num post sobre uma TBR que eu não cumpri. Mas finalmente senti que havia chegado a hora. Então, tirei ele da estante e li Simon Vs. A Agenda Homo Sapiens. E olha, foi uma leitura muito fofa.

Título Original: Simon Vs. The Homo Sapiens Agenda
AutorBecky Albertalli
Editora: Intrínseca
Páginas: 266
Adicione: Skoob | Goodreads
Para comprar, clique:

 

(mais…)

12
05
2017

Aconteceu Naquele Verão – Stephanie Perkins

Eu já postei aqui no blog sobre outros livros que o Turista Literário me trouxe, e esse é mais um deles. Porém, o formato de Aconteceu Naquele Verão é um pouco diferente. São doze histórias (ou contos) escritos por doze autores. Mais ou menos no formato de Zumbis x Unicórnios, sabe? Assim como fiz com aquele livro, vou comentar um pouquinho de cada história aqui.

Título Original: Summer Days & Summer Nights
AutorLeigh Bardugo, Francesca Lia Block, Libba Bray, Cassandra Clare, Brandy Colbert, Tim Federle, Lev Grossman, Nina Lacour, Stephanie Perkins, Veronica Roth, Jon Skovron, Jennifer E. Smith
Editora: Intrínseca
Páginas: 384
Adicione: Skoob | Goodreads
Para comprar, clique: 

(mais…)

24
04
2017

Acabei de Ler: As Mil Noites – E.K. Johnston

As Mil Noites foi mais um livro que tive a oportunidade de ler graças ao Turista Literário. A história foge do comum, se passando no meio do deserto. É uma maneira intrigante de conhecer uma nova cultura, ainda que existam muitos elementos fantasiosos no enredo. Foi gratificante sair da minha zona de conforto para conhecer essa história.

As Mil Noites

Título Original: A Thousand Nights
AutorE.K. Johnston
Série: A Thousand Nights #1
Editora: Intrínseca
Páginas: 320
Adicione: Skoob | Goodreads
Para comprar, clique: As Mil Noites

(mais…)

28
03
2017

Acabei de Ler: Um Presente da Tiffany – Melissa Hill

Uma das primeiras leituras desse ano foi Um Presente da Tiffany. Eu confesso, a capa foi a primeira coisa que me chamou a atenção. Mas logo que eu li a sinopse, fiquei interessada pela história. Pareceu um desses romances meio conto de fadas, em que o impossível acontece. Ao ler o livro, realmente essa impressão se confirmou, mas não da maneira que eu esperava.

Título Original: Something From Tiffany’s
AutorMelissa Hill
Editora: Intrínseca
Páginas: 336
Adicione: Skoob | Goodreads

(mais…)

04
07
2016

#MLI2016 – Maratona Literária de Inverno

Começando agora em julho, teremos a Maratona Literária 2016. O evento foi criado pelo Victor Almeida, do canal do Youtube Geek Freak. A ideia básica é fazer com que você leia mais do que está acostumado. Por exemplo, eu dei uma caída nas minhas leituras no mês de junho. Portanto, a minha proposta é ler um livro por semana no período da maratona.maratona

Além disso, o Victor propõe alguns temas para te ajudar a escolher os livros. Como é um tema por semana, escolhi um livro por tema para criar minha TBR. Quer ver quais são?

Livros para a Maratona Literária 2016

maratona05

Semana 1: Livros Encalhados

Para esse primeiro tema, escolhi o livro Madrugadas de Desejo. Comprei o livro há algum tempo já e quero muito lê-lo, porém ainda não consegui. Vou aproveitar a maratona para finalmente tirá-lo da estante.maratona01

Semana 2: Hype – Aqueles livros que fazem muito sucesso

Vou finalmente ler A Coroa, o livro que encerra a saga da Seleção, da Kiera Cass. Sei que existe um grande grupo de fãs dos livros. Eu particularmente tive alguns problemas com a série, mas quero acabar de ler. Nada melhor do que lê-lo nessa maratona.maratona02

Semana 3: Outro mundo — Livros que se passam em outros universos, planetas e/ou realidades

Ahá! Uma desculpa perfeita para tomar vergonha na cara e ler A Queda dos Reinos, da Morgan Rhodes. Tenho o livro na minha estante faz tempo, mas sempre passava ele para trás. Parece que chegou a hora de deixar de enrolar.maratona03

Semana 4: Diversidade – Livros com personagens diversos ou que abordem o tema da diversidade

Quero ler Simon Vs. A Agenda Homo Sapiens desde que o livro foi lançado aqui no Brasil. Porém, além de ter vários livros na fila, esse último mês foi um pouco complicado. Por isso, chegou a hora. Agora eu pego o vermelhinho da estante!maratona04

Esses então são os quatro livros que pretendo ler no mês de julho. A maratona literária de inverno vai de 03/07 a 31/07 e espero conseguir cumprir a meta. Escolhi livros um pouco mais curtos, assim se tiver tempo encaixo outras leituras. E já até organizei o Goodreads, quem quiser me acompanhar por lá!

Bora participar? Ler mais é sempre bom!

Siga-me por aí:

Twitter | Facebook | Instagram

Skoob | Goodreads

18
05
2016

Minhas Próximas Leituras

Não, esse post não é uma TBR, mas sim apenas uma relação de livros que serão as minhas próximas leituras, já que são os livros que eu estou mais empolgada para ler!leituras01

O primeiro deles eu estava ansiosamente esperando desde que comprei ele na pré-venda. É o The Kiss of Deception, primeiro livro das Crônicas de Amor e Ódio, da Mary E. Pearson. Foi lançado aqui no Brasil por uma das minhas editoras preferidas, a Darkside Books, como parte da coleção de livros deles chamada DarkLove. Esse livro vai ter bastante fantasia e romance, pelo que eu vi por aí, além de uma boa porção de mistério.leituras02

A edição do livro está impecável, como era de se esperar da Darkside Books, e veio com um marca-páginas e um pôster com um mapa (!!!). Não sei quanto a vocês, mas eu amo livros de fantasia que trazem o mapa do local onde ocorrem as histórias, acho que ajuda muito a situar o leitor. Com certeza, minha próxima leitura!leituras03

Outro livro que também estou super curiosa para ler desde que vi alguns vídeos no Youtube sobre ele é A Guardiã de Histórias, da Victoria Schwab, aqui no Brasil editado pela Bertrand Brasil. Lá fora, Victoria Schwab faz bastante sucesso com seus livros de fantasia e com uma introdução como “Imagine um lugar onde, como livros, os mortos repousam em prateleiras”, não tinha como eu não me interessar pela história. Acho que estou tentando compensar um pouco a falta de livros de fantasia nas minhas últimas leituras… leituras04

Na minha lista de próximas leituras também está Simon vs. a Agenda Homo Sapiens, da Becky Albertalli, parte do catálogo da editora Intrínseca. Esse é um livro que quase comprei o ebook em inglês, mas como descobri que a Intrínseca iria lançar ele por aqui, acabei esperando. Acho que é outro que devo gostar bastante. leituras05

Por fim, uma das leituras que estão na fila é A Coroa, o último livro do universo de A Seleção, criado pela autora Kiera Cass e publicado no Brasil pela Seguinte. Não é exatamente um livro que mal posso esperar para ler, apesar de saber que tem muita gente triste porque a série acabou. Mas quero completar a série, então coloquei mais esse nessa lista.

Conforme for completando essas leituras, vou dizendo para vocês o que achei. Para acompanhar meus comentários durante a leitura, é só me seguir no Skoob ou no Goodreads.

Algum desses livros também chama a sua atenção? Quais suas próximas leituras?

E você já participou do nosso sorteio?

SORTEIOCARINA

Siga-me por aí:

Twitter | Facebook | Instagram

Skoob | Goodreads

27
03
2016

Acabei de Ler: Para Todos os Garotos que Já Amei – Jenny Han

garotos

Lara Jean guarda suas cartas de amor em uma caixa azul-petróleo que ganhou da mãe. Não são cartas que ela recebeu de alguém, mas que ela mesma escreveu. Uma para cada garoto que amou — cinco ao todo. São cartas sinceras, sem joguinhos nem fingimentos, repletas de coisas que Lara Jean não diria a ninguém, confissões de seus sentimentos mais profundos.

Até que um dia essas cartas secretas são misteriosamente enviadas aos destinatários, e de uma hora para outra a vida amorosa de Lara Jean sai do papel e se transforma em algo que ela não pode mais controlar.


Título Original: To All the Boys I’ve Loved Before
Autor:
Jenny Han
Série: To All the Boys I’ve Loved Before #1
Editora: Intrínseca
Páginas: 320
Adicione: Skoob | Goodreads

Modelo2-3

(mais…)

19
12
2015

Acabei de Ler: Auggie & Eu – RJ Palacio

Quem já leu Extraordinário já conhece o Auggie. Ele é um menino que nasceu com uma deformidade facial e por conta de vários problemas de saúde, teve que se submeter a muitas cirurgias e acabou estudando em casa ao invés de ir para uma escola.auggie01

O livro Extraordinário é todo sobre o Auggie, contado em sua maioria por ele mesmo, mas também por outras pessoas que moram e convivem com ele.

Auggie & Eu não é, porém, uma continuação de Extraordinário. Acho que a melhor maneira de descrevê-lo seria como um livro que complementa sua história, porém, não é sobre ele.

Aqui temos três histórias contadas por pessoas que também conhecem Auggie, mas que vão contar suas próprias histórias e não mais a história de Auggie.auggie02

Em O Capítulo de Julian, a história é a versão de Julian, que nós poderíamos chamar de arqui-inimigo do Auggie em Extraordinário. Conhecendo melhor Julian e como é sua vida, conseguimos compreender melhor suas ações. Claro, não se justifica, mas dá para entender melhor o que Julian estava passando e como ele estava se sentindo.auggie03

Em Plutão, quem conta a história é Chris, que é o amigo mais antigo de Auggie e que é mencionado bastante em Extraordinário. Porém, como Chris se mudou para longe, não vê mais Auggie como antes. Ele conta a sua história, seus problemas pessoais e como ser amigo de Auggie afeta sua vida.auggie04

Por fim, Shingaling é contada por Charlotte, que era a terceira dos alunos que fizeram parte da comissão de boas-vindas ao Auggie (para quem não lembra, Julian e Jack eram os outros dois alunos). Charlotte nunca vira amiga realmente de Auggie e se mantém distante e neutra quando tudo acontece com ele. O interessante desse conto é ver como o grupo de meninas age e como muita coisa acontece na escola que o Auggie nem sonha que aconteça.

A RJ Palacio escreve pelo ponto de vista das crianças (ou seriam pré-adolescentes?) muito bem. Achei a decisão dela, de não escrever uma sequência para Extraordinário por acreditar que seria limitar a imaginação de vários leitores que já traçam o futuro de Auggie, muito interessante, ainda mais porque lhe deu a chance de explorar outros aspectos da história dele, fortalecendo ainda mais o universo que criou.

E Extraordinário é um livro maravilhoso que todos deviam ler, ainda mais por trazer um protagonista com deficiência. Auggie & Eu é uma delícia de ler também e merece uma chance. Definitivamente, uma ótima leitura.

02
10
2013

Acabei de Ler: Extraordinário – RJ Palacio

Comprei esse livro no meu Kindle porque ele estava na promoção da semana e já tinha ouvido falar maravilhas sobre ele. Não me decepcionei. O livro conta a história de Auggie, um menino de dez anos que nasceu com uma síndrome genética que resultou numa deformidade facial e em várias cirurgias ao longo dos anos. Por causa de tudo isso, ele nunca tinha frequentado uma escola com outras crianças, tendo sido ensinado pela sua mãe, em casa. Porém, ao chegar na idade de ir para o quinto ano, seus pais decidem que é hora de ele começar a ir para a escola. Extraordinário capa revisao 03

O livro é contado sob vários pontos de vista. O principal deles é do próprio Auggie, mas a irmã mais velha dele, alguns amigos da escola, o namorado e a amiga da irmã também contam um pouco da história. O interessante é que nenhum dos pontos de vista é de um adulto; no máximo, são adolescentes. Outra coisa que eu achei genial é que para cada ponto de vista, a maneira que a história é escrita muda também: quando é o namorado da irmã do Auggie contando a história, por exemplo, ele não utiliza nenhuma letra maiúscula. Com isso, a autora consegue dar uma certa autenticidade para a um dos personagens.

A maneira como o Auggie explica sua vida e a maneira como os pais dele lidam com o fato de que ele ser mais diferente dos outros (digo isso porque, sejamos sinceros, quem é igual a todo mundo? o que é ser normal, afinal de contas? esse tal de normal existe?) é bem real. Digo isso porque, como já contei por aqui, minha deficiência física me deu essa experiência. Acredite em mim, nunca é fácil entrar numa sala cheia de gente da sua idade, sabendo que você vai receber aquela olhada – mesmo que seja por um segundo – do tipo “hey, você é meio estranha”. E você se acostuma mesmo. Não há como ser diferente.

É um livro que emociona. Principalmente por ser simples. Não é um livro que tenta fazer grandes afirmações. Simplesmente narra a vida de Auggie, do ponto de vista dele, e nessa simplicidade, mostra como o diferente na verdade é muito mais parecido com o normal de todo mundo. mari-transp

Página 1 de 212