23
08
2021

A Psicologia da Estupidez – Jean-François Marmion

Nesse post, vou conversar sobre a leitura do livro ” A Psicologia da Estupidez”, que são estudos sobre a estupidez em suas várias facetas. Se você costuma ler meus posts, sabe que esse não é o tipo de livro que costumo ler. Porém, quando recebi o e-mail da Faro Editorial falando sobre esse livro, não consegui resistir. Isso porque, principalmente no momento que estamos vivendo, parece que os estúpidos se multiplicaram. Ou que pelo menos saíram de suas tocas e encontraram na internet o meio perfeito para se revelarem. Por isso, achei conveniente tentar entender melhor sobre esse fenômeno e sobre como a psicologia pesquisa a estupidez, a burrice, a cretinice…

Título Original: Psychologie de la connerie
AutorJean-François Marmion
Editora: Avis Rara – Selo da Faro Editorial
Páginas: 320
AdicioneSkoob | Goodreads

Sobre A Psicologia da Estupidez

Nesse livro, Jean-François Marmion une vários artigos e entrevistas de estudiosos das mais diversas áreas. O autor fez isso para analisar o que seria a estupidez, quais os tipos que existem, como ela nasce. Ele também se propôs a tentar responder perguntas como se as crianças seriam estúpidas. Ou ainda se podemos afirmar que as telas vão deixar nossas crianças estúpidas. Algumas das respostas fogem do que se espera.

Outra parte do livro que achei muito interessante foi a discussão sobre a estupidez contemporânea, como se criam as chamadas bullshits e como elas ajudam a formar as fake news. Existe também uma parte dedicada aos meios de comunicação de massa e como eles podem ser utilizados para manipulação.

Claro, o livro não poderia deixar de citar o papel que a internet tem na estupidez. Principalmente quando consideramos a disponibilização de muita informação e de fontes nem sempre confiáveis, o que não acontecia antes, pelo menos não na escala que vemos hoje.

Lendo e Aprendendo

Achei interessante a leitura de A Psicologia da Estupidez, pois pude aprender e pensar sobre a estupidez já que virou um fenômeno. Afinal, muito se fala sobre ser burro, se fazer de burro e acreditar somente na informação que se encaixa no que se quer acreditar.

Foi um livro que eu grifei muitos trechos durante a leitura. Não costumo grifar ou escrever nos livros, porém esse foi um pouco mais didático. Acho que por isso me senti mais à vontade para usar o marca-texto nas partes mais interessantes. O que mais me chamou a atenção foi a parte de mídia e internet, mas o livro também se aprofunda em áreas como crenças e linguagem utilizada.

Aprendi, por exemplo, que muito da estupidez diz respeito ao narcisismo, ao egoísmo e à arrogância e pouco se relaciona ao nível de inteligência.

Particularmente, incomodou um pouco a utilização de termos como estúpido e burro, já que podem ter origens capacitistas. Entendo, porém, que a utilização dos termos tem muito a ver com a tradução do francês.

Enfim, aprendi muito com essa leitura. Acredito que quem se interessa por ciência e estudos de psicologia com certeza vai aproveitar muito da obra.

Siga-me por aí:

Twitter | Facebook | Instagram

Skoob | Goodreads

Subscribe
Notificar-me quando houver
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

1 Comentário
Inline Feedbacks
View all comments
trackback
1 mês atrás

[…] li 9 livros. Esse foi um mês que diversifiquei um pouco mais as leituras. Uma delas foi, claro, A Psicologia da Estupidez, que recebi em parceria com a Faro Editoral/Avis Rara. Também li Amanhã Vai Ser Pior: o Brasil […]