19
05
2017

Acabei de Ler: Lobo Por Lobo – Ryan Graudin

Aos poucos, vou chegando mais perto do objetivo de falar sobre todos os livros do Turista Literário por aqui. Lobo por Lobo foi um dos poucos títulos que recebi sobre o qual ainda não tinha ouvido falar antes. Apesar de ter achado a capa um pouquinho feia (desculpa aí, Editora Seguinte) a sinopse logo me agradou. Afinal, o seu ponto principal brinca com um dos grandes “E se” da história. E se Hitler e seus aliados tivessem ganho a Segunda Guerra Mundial?


Título
Original: Wolf By Wolf
AutorRyan Graudin
Série: Lobo Por Lobo #1
Editora: Seguinte (selo da Companhia das Letras)
Páginas: 355
Adicione: Skoob | Goodreads
Para comprar, clique: 

A História de Lobo Por Lobo

Sempre existe aquele “e se”. E se o Eixo tivesse ganho a Segunda Guerra Mundial? Como a história seria diferente? É nesse mundo que vive Yael, membro da resistência à Hitler. Quando criança, Yael foi enviada a um campo de concentração junto com sua mãe. Lá, foi submetida a todo tipo de experimento científico para ficar com os cabelos loiros e os olhos azuis. Tudo isso resultou em algo imprevisível: Yael consegue alterar sua aparência para quem ela quiser.

É se utilizando dessa habilidade que ela consegue escapar do campo de concentração. Após algum tempo perdida, sobrevivendo de pequenos roubos, acaba sendo acolhida pela Resistência. Cresce ali e é educada e treinada para se tornar agente. Então, quando revela sua habilidade incrível, ganha uma missão: matar Hitler.

Para isso, ela tomará o lugar de Adele Wolfe no Tour do Eixo, corrida de motocicletas em que o prêmio inclui ir ao Baile da Vitória. Essa é uma das poucas ocasiões em que Hitler aparece em público. Foi no Baile da Vitória do ano anterior que a vencedora Adele Wolfe dançou com ele, ou seja, teve uma ampla oportunidade de conseguir matá-lo. E é essa oportunidade que Yael quer ter: matar o grande líder na frente das câmeras incitará as pessoas a lutarem contra sua ditadura.

O Que Eu Achei da Leitura

Logo que somos apresentados a Yael, conhecemos sua determinação. Ela perdeu muito graças às atrocidades da Segunda Guerra: sua mãe, bem como todas as amigas que fez no campo de concentração, morreram de forma cruel. Mesmo depois, em liberdade, ela continua perdendo as pessoas que ama. E isso faz com que ela tenha seu objetivo em mente muito claro. Ela quer acabar com Hitler e seus apoiadores.

Yael é inteligente, mas consegue ter empatia pelas pessoas que conhece durante o Tour do Eixo. Ela consegue ver que os demais corredores são humanos também, com suas fraquezas. Nem por isso deixará seu objetivo de lado. Ela passa por várias provações durante a corrida e isso inclui ter que tomar decisões difíceis.

Lobo Por Lobo é uma história também de como uma guerra muda as pessoas. O império germânico é uma ditadura onde as mulheres servem apenas para dar à luz a bebês arianos, que deverão seguir os passos de seus pais. Outros países, como os Estados Unidos, preferem não intervir nas atrocidades, pois já perderam a guerra e foram obrigados a assinar tratados de paz.

A personagem de Yael é complexa. Ela sofre por não saber quem é, já que não se parece com si mesma há muito tempo. É como se o campo de concentração tivesse roubado sua essência. Os demais personagens, como Luka e Felix, também são bem definidos e tem importância na história.

O final contém uma reviravolta que eu confesso já tinha meio que adivinhado. Eu tenho uma teoria forte para os próximos livros, mas não posso compartilhar aqui com vocês, pois envolve diretamente a reviravolta do final.

Eu provavelmente vou querer ler a continuação, nem que seja apenas para saber se minhas teorias estão certas.

Vocês já leram livros que criam situações hipotéticas como essa? O que acharam?

Siga-me por aí:

Twitter | Facebook | Instagram

Skoob | Goodreads

Deixe um comentário

Notificar-me quando houver
avatar
Adriane Melo

Que história incrível! Eu não tenho hábito de ler, mas amei tua resenha e fiquei morrendo de vontade de ler. Vou procurar para baixar no Kindle.

Débora

Não sou muito fã de leitura, mas ele parece ser bom! gostei <3

Analu Andrade

Acredita que não, menina? Parece um livro super legal, e até hoje não li nada parecido. Adorei, já vou colocar na minha wishlist rs

Gislaine

Confesso que não teria me interessado pelo livro se não fosse por essa habilidade peculiar da Yael! Sua resenha me deixou bem curiosa pela obra – que , por sinal, nunca tinha ouvido falar sobre… x.x
Literalize-se

Stéfani

Nunca tinha ouvido falar, adorei sua resenha!

Camila Carvalho

Olá.
Gostei da história, mas confesso que não leria nesse momento ainda mais sabendo que tem continuação.
Gosto de ler trilogia ou série quando já tem pelo menos mais de uma lançado.
Beijo

Inês

Não conhecia este livro.
Li um livro de José Saramago, “As intermitências da morte” em que ele imagina como seria se em Portugal ninguém morresse. Todos os problemas que isso criaria. E gostei muito.
O “se” altera tudo, não é? São histórias diferentes mas interessantes.

mami

parece um excelente livro…só não gosto muito da ideia de o final ser um pouco previsível :/

Kelly Mathies

Só o fato de ter próximos livros me desanimou rs. A capa realmente não é daquelas que você bota o olho e pensa “caraca, que bonito”. Na verdade, acho que eu nem pensaria em ler a história se não fosse pela tua resenha. Gostei do enredo e dessa coisa meio sobrenatural de mudar a aparência da personagem. É instigante rs ♥

Josy Souza

Não curto muito esses livros históricos, com guerra mundial e coisa e tal… Mas conheço uma pessoa que curte, vou passar a dica pra ela ♥
Beijos

Ione

Adorei a dica de leitura.
Só uma coisa não me interessou e o fato de ter guerras isso eu não curto muito. Mas no demais adorei!

Oscar Calixto

Adoro personagens complexos e adoro ver a transformação de personagens diante dos conflitos, nesse caso, diante de uma verdadeira guerra!

Acho que a vida é uma constante transformação evolutiva e as atrocidades do mundo devem nos empurrar para frente. O ser humano é complexo. Há uma frase do Shakespeare que diz: “Não devemos mudar de amigos se compreendermos que os amigos mudam”. Eu acredito na mudanças, mas só naquelas que modificam a alma!

Acho que é o caso da personagem central desse livro! – Deve ser fantástico!

Rob Camilotti

Oi, Mari, sobre sua pergunta, a resposta é não. Ainda não li nenhum livro que explore fatos históricos parecidos com o modo que descreveu.

Puxa, não conhecia este livro e amei o que li por aqui. Vou procurar saber mais. Legal também que terá continuação!

abraço.

Helana Ohara

Oie,
uma leitura que aborda um tema interessante, guerra! O legal da obra é mostrar que sim a guerra muda as pessoas, gostaria de ler o livro, achei interessante.

Segredos da Juh Costa

Que livro surpreendente, realmente nos prende na leitura do início ao final.
Mesmo eu não tendo curtido a capa gostei da história em si.
Obrigada pela indicação e a resenha está nota 10!

Di Monteiro

Me interesso por livros que tratam sobre guerras.Embora seja ficção, é um outro olhar sobre uma perspectiva diferente e que seria possível. Achei interessante.

Bjs.

ludmila cabral

hey, bom respondendo a sua pergunta sim, mas de um modo diferente kk
eu ja tinha ouvido falar do livro, contudo, confesso que n tinha o menor interesse p saber mais e sua resenha meio que comprovou
o livro parece ser realmente otimo, mas nao faz mt meu estilo entao vou deixar passar!

perolasdelivros.blogspot.com

Beatriz Andrade

Eu não conhecia o livro mas a premissa já me deixou curiosa e a sua resenha me deixou ainda mais interessada. Parece ser uma boa leitura e o final sendo desse jeito eu acho que ficaria louca para ler logo o segundo volume.

Lucimar da Silva Moreira

Achei a capa bastante interessante, com belas cores de cinza, laranja, preto. Que história emocionante do Yael não posso imaginar uma criança dentro de um campo de concentração. E ainda foi submetido a experimento científico. É um livro muito bom me deixou bastante curiosa pelo livro, bjs.

Fabiana

Olá Mari, tudo bem?
Eu não conhecia essa obra, mas super curti a premissa.
Sua resenha me deixou bastante curiosa. Certamente esse é um livro que ire ler muito em breve
Beijos

Tatiany Salazar

Pensa em uma pessoa que ama livros que se passa durante a segunda guerra.
Não conhecia o livro e já estou louca aqui para lê-lo. Yael Já me conquistou, adoro um personagem complexo, a premissa do livro é realmente linda, estou muito ansiosa para comprar o meu e conferir.
Uma pena que você meio que adivinhoou a reviravolta do final.
Linda resenha

Lucianna

Oi, tudo bem?
Nossa esses livros com história alternativa acabam fazendo a gente refletir né? Acredito que deve ser aquela leitura que acaba sendo viciante,rs Ótima resenha! Beijos!!

Helena Buarque

Gostei, fiquei curiosa. “E se…” tudo não fosse assim? Será que precisaríamos…”E se….” ?

Beijo

Helena

Mariana Ramos

Nossa, adorei a ideia do livro! Gosto de obras que trabalham a temática de guerra, mesmo que com uma realidade alternativa. Essa coisa dos experimentos e ela conseguir mudar a aparência a bel prazer ficou bem instigante, quase tanto quanto falar sobre como tais eventos históricos são capazes de mudad uma pessoa ou toda a sociedade.

Hérica

Que história interessante… fiquei super curiosa!! Aliás seu post tá um amorzinho…. amei as imagens. Parabéns e sucesso

Michelle Pereira

Olá!
Já li uma resenha sobre o livro um tempo atrás e continuo louca pra lê-lo.
Acho muito interessante o poder de yael, sua jornada para alcançar Hitler e estou curiosa sobre o que acontecerá.
Aliás, a capa tem um design​ ótimo!
Bj

Joana D\'arc

oi
A historia é ótima e bem envolvente. Este autor é maravilhoso,super recomendo o livro 😀
A resenha ficou excelente 😉
bjo

Malu Silva

Eu gostei muito da resenha e do tema. Tem uma série que comecei a assistir uma vez (mas acabei parando) que também trás essa representação de como seria se os aliados tivessem ganhado a segunda guerra. Se chama “The Man in the High Castle”, e é de produção da Amazon Prime. Vale a pena conferir! Adorei o seu post e fiquei afim de ler o livro também.

sorria sempre 🙂
http://www.malusilva.com.br

Camila de Moraes

Oie!
Eu tenho um pouco de receio de ler coisas que envolve a Guerra, geralmente as leituras ficam bem maçantes, mas lendo sua resenha a ideia que passa é que o texto vai além disso e ainda sim é bem agradável. Ai já fiquei interessada. Quero saber mais sobre a continuação dessa trama.
Vou aguardar suas próximas considerações enquanto vou desafogando minha imensa lista de leituras pendentes…rs.
Beijos!

Nina

Este livro é uma novidade para mim, nunca o tinha visto ou visto algo parecido com ele…. É meio que uma distopia né? Fiquei um tanto interessada, mas quando você mencionou continuação… Desanimei. Vou manter em mente a história, quem sabe depois que todos os livros sejam lançados eu me re-interesse.

http://vicioseliteratura.com.br/

Nathália

Sempre fiquei com vontade de ler esse livro, mas ouvi umas coisas péssimas sobre ele. Acho que voi tentar dar um segunda chance quando n tiver nenhum outro livro para ler ( o que eu acho difícil acontecer). 🙂

Erika Monteiro

Oie, tudo bem? Ainda não conhecia a obra, mas confesso que a sinopse já nos prende a atenção. A história é bem interessante, pena a editora não ter caprichado na capa. Mais um motivo para usar a frase “não julgue um livro pela capa” rs Fiquei bem curiosa com o desenrolar da trama, não imaginei que tivesse continuação. Gostei muito da resenha, bem escrita parabéns! Ansiosa para saber sobre o próximo livro. Beijos, Érika =^.^=

Cíntia

Não conhecia este livro, mas adoro histórias com reviravoltas, então provavelmente gostaria desta leitura. Nunca li histórias deste tipo “E se” fosse diferente, mas deve ser bom imaginar como tudo seria diferente. Parabéns pela resenha! Abraços.

Rayanni A.

Olá, tudo bem?
Que história interessante, adorei a premissa e sua resenha me deixou muito curiosa e tentada a ler.
Um beijo.

Débora Vicente

Não conhecia a obra nem o autor, mas tua resenha me deixou curiosa para conhecer ambos!
Você escreveu muito bem, não deu spoilers e as fotos ficaram ótimas!
Parabéns pelo post ❤

Graziela

Tenho que concordar com você a capa poderia ser melhor kk

Jennifer Silva

Oi, Mari! Sua resenha está ótima, estou louca para ler esse livro já tem um tempinho. Sou fascinada pela história da Segunda Guerra e esse livro tem um enredo incrível e parece ser bastante envolvente. Amei a Yael, ela parece ser uma personagem bastante forte e muito corajosa, achei interessantíssimo o fato dela poder alterar a sua aparência e estou ansiosa para saber como será o desenrolar dessa história. Bjss!

jéssica

Oi Mari,
Acho que você achou o livro feio porque a capa é bem masculina. Apesar disso até que achei bonitinho,rsrs
A história parece ser incrível, eu amo livros ambientados na segunda guerra e como você falou de reviravoltas- amo reviravoltas- eu fiquei com mais vontade de ler.
Beijos
Blog Relicário de Papel

Jalysson Waldorf

Muito boa a sua resenha.
Recebi esse livro numa assinatura do Turista literário e estou ansioso para ler. Ainda não li por uma pequena “falta” de tempo.
A personagem me parece ser bem foda e incrível.

Gleyse Vieira

Olá, realmente não é uma das capas mais bonitas hehhe.
Gosto da premissa do livro, especialmente por ter a segunda guerra como pano de fundo, a forma como o autor trabalha o personagem me pareceu bem interessante. Bjs

Cássia Pires

Olá!
Primeiramente quero te parabenizar pela ótima resenha e pelas fotos. Ficaram todas muito bonitas.
Sua resenha me deixou bastante curiosa a respeito deste livro, que eu ainda não conhecia. Gosto muito de livros com reviravoltas e que nos surpreendam. Agora, tem uma coisa que eu não curti nele., foi saber que tem continuação, pois ultimamente gosto de ler apenas livros únicos, mas valeu a dica.
Beijos

Maria Cecília

Uau
Como eu não conhecia esse livro antes? amei a história dele e é um tipo de livro que adoro ler, parece ser muito bom. me deixou bastante curiosa, irei anotar essa dica, certeza! adorei saber que o final nos da um reviravolta!
Fiquei muito curiosa
Adorei o seu post e essa dica
a capa é muito linda
Abraços;**
http://FebredeLivro

Gisele Rocetti

Resenha bacana!
Não conhecia o livro.
Vou ler mais sobre.
Bjo

Morgana Brunner

Que resenha maravilhosa menina, eu não conhecia esse livro e vou se encontra para comprar esse livro em uma promoção, quem sabe acabe adquirindo, ótima resenha.
Beijinhos

Minda Silva

Salvei essa sua dica de leitura, pois a sua resenha ficou perfeita e me induziu a querer ler esse livro
Vou achar um tempo vago para não perder essa chance de leitura

Bjs (•_•)

O Canto do Livro

Adorei a resenha, ficou ótima!! Já tenho esse livro pra ler aqui a um tempinho, vou ver se pego agora pra ler.

Tabata Shaiene

Já conhecia esse livro, acho que havia lido uma resenha dele. Me interessei logo de cara, e por mais que você não tenha gostado da capa, eu adorei ela, achei tão simples e linda.

Paty Souza

Eu não li o livro, mas achei a proposta dele bem diferente.
Senti falta na resenha dos pontos que te levaram a avaliar o livro com 3 estrelas.

Alice Martins

Oi Mari, tudo bem?

Eu não conhecia o livro, mas já estou desejando-o ardentemente. Eu tenho uma fixação por histórias que possuem como pano a Segunda Guerra Mundial e saber que esse livro traz um “e se” do que teria acontecido se Hitler tivesse ganhado e ainda por cima uma personagem forte que quer se vingar de toda dor que ele proporcionou a ela, já me deixa encantada! Com toda certeza irei ler!

Beijos!

Vêvévi

Já estou amando, e já marquei como desejado.
Adoro livros sobre esse período histórico, e quando li que se trata também de sobrenatural/fantasia, já achei maravilho.
Estou muito curiosa com a leitura.
Obrigada pela dica.
Beijos

wpDiscuz