04
04
2016

Acabei de Ler: Todo Dia – David Levithan

Sim, eu sei: a Galera Record acabou de lançar o próximo livro da série, Outro Dia, que basicamente traz a mesma história do ponto de vista da Rhiannon, que é a outra metade desse livro.  Mas eu acabei de ler Todo Dia e esse livro é tão diferente de todos os Young Adult que eu já li que simplesmente preciso falar sobre ele.

todo-dia

Título Original: Every Day
Série: Every Day #1
Autor:
David Levithan
Editora: Galera Record
Páginas: 322
Adicione: Skoob | Goodreads

Modelo2-Favorito


Todo dia vai contar a história de A, que é um ser sem forma física definida, sem gênero, sem família… Explico: ele acorda todo dia num corpo diferente e vive um dia no corpo daquela pessoa. À meia-noite, ele é arrancado daquele corpo e acorda no dia seguinte em um corpo totalmente diferente. A única coisa em comum entre as pessoas que A ocupa o corpo por um dia é que elas são todas da mesma idade e não moram muito longe umas das outras.

A vive bem sua vida solitária, já criou alguns mecanismos para não atrair problemas e não se envolver co a vida da pessoa que ele está vivendo, até que ocupa o corpo de Justin por um dia e conhece sua namorada, a Rhiannon. E ao conhecê-la, acaba se apaixonando por ela. A partir daí, começa a sempre tentar voltar para ela, independentemente de que corpo está ocupando.

É uma história bem singular, uma ideia totalmente nova e criativa do autor que consegue, explorando todas as particularidades de A, colocar em discussão, por exemplo, o quanto o amor depende de uma rotina, depende de que a mesma pessoa esteja lá com você todos os dias. Já que A não tem nem ao menos um corpo para chamar de seu, como criar esse sentimento de permanência?

Outro ponto que é discutido durante o desenvolvimento do enredo é quanto o corpo pode controlar a mente. Alguns dos corpos ocupados por A são de usuário de drogas ou de pessoas que sofrem de depressão, e isso influencia e muito no que A efetivamente consegue fazer naquele dia. A maneira como A descreve como o corpo toma o controle em situações como essa abre a discussão: será que basta querer parar de usar drogas para parar ou a dependência química é mais forte que isso?

Gostei muito da diversidade de tipos de vidas pelas quais A passa, e por serem todos adolescentes da mesma idade vivendo numa mesma região, também conseguimos parar para refletir como a nossa história de vida faz quem nós somos. Além disso, vários tipos de sexualidade são explorados e é interessante ver todos os tipos de amor que nos são apresentados.

O interessante da Rhiannon, personagem pela qual A se apaixona, é observar como um ponto fixo na história de A acaba trazendo questionamentos sobre a sua existência e a maneira como vive. Com esse contraponto, é possível acompanhar todo o seu questionamento e todas as suas dúvidas.

Enfim, é realmente um livro único e uma leitura envolvente. Quero ler Outro Dia e conhecer melhor a Rhiannon e tudo o que ela estava passando durante a história. E já ouvi por aí que teremos um terceiro livro na série. Meus sentimentos em relação a isso são dúbios, já que apesar de estar curiosa para saber mais sobre A, ainda assim gostei muito da maneira como esse livro acaba.

Já leram esse livro? O que acharam?

Siga o blog nas redes sociais:

Twitter | Facebook | Instagram

Skoob | Goodreads

Subscribe
Notificar-me quando houver
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

24 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Dai Castro
4 anos atrás

Eu sou doida para ler esse livro, tinha visto uma resenha em outro blog ha algum tempo mas esqueci o nome do livro hahaha Acredita? Ainda bem que você o resenhou 😀 Já anotei!!! Acho essa ideia muito interessante, vagar de um corpo a outro, sem ter verdadeira forma física, estou curiosa para conhecer o A 🙂

Ane Reis
4 anos atrás

Oie Mari =)

Sempre leio resenhas maravilhosas desse livro e até tenho ele em e-book aqui para ler, mas sempre acabo passando os livros físicos na frente rs…

Beijos;***

Ane Reis.
mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias…
@mydearlibrary

Plataforma Viajante
4 anos atrás

Eu não conhecia esse livro e já fiquei bem curiosa quanto a ele!
E, por mais que tenhamos um corpo, sempre rola essa mistura de sentimentos de “quem sou eu?” e a sensação de vazio. É interessante um livro que aborde isso de outra perspectiva!

Danielle S.
4 anos atrás

Não conhecia esse livro, quer dizer, eu já tinha ouvido falar do nome dele, mas nunca pensei que a história fosse ser dessa maneira, então pode ter certeza que fiquei impressionada com o que li!
Pelo que percebi ele trás várias reflexões de “quem somos” e “como chegamos até aqui”, né? Gostei bastante e fiquei curiosa em saber mais sobre o A! 🙂

Um beijo! ♥

Vera
4 anos atrás

Mari, esse super está na minha lista!
Sua resenha só contribuiu pra eu ficar com mais vontade de ler!
Beijos

AMANDA ALMEIDA
4 anos atrás

Oi Mari, tudo bem?
A cada nova resenha desse livro, fico ainda mais curiosa quanto a ele. Ainda não tive a oportunidade de ler, mas espero poder ler em breve, pois o enredo é bem diferente, e pelos elogios, imagino que a história seja maravilhosa.
Abraços,
Amanda Almeida

Clayci
4 anos atrás

Que proposta interessante! Como assim viver em um corpo diferente por dia?
EU PRECISO LER !!!

Isabella Cas
4 anos atrás

Gente,
que loucura! Quehistória hilária! Baphooo esse livro! Quero ler rs

Priih
4 anos atrás

Oi Mari, tudo bem?
Adorei a resenha!
A premissa desse livro é interessante e diferente de tudo que já li. Considero lê-lo um dia.
Beijos,

Priscilla
Infinitas Vidas

Camila
4 anos atrás

Eu tinha me interessado por esse livro no passado mas acabei esquecendo. Não sabia que tava lançando a continuação (estou super por fora dos lançamentos). A sua resenha fez minha vontade renascer, especialmente quando falou que é diferente dos outros YA que leu – ando meio revoltada com o gênero! hauaauh.
Já estou caçando promos dele por aqui….

Beatriz Cavalcante
4 anos atrás

Eu amo esse livro! Aliás, acho que eu gosto de qualquer coisa que David Levithan escreve (menos os livros de parceria com outros autores) e esse é o meu preferido dele. Estou ansiosa pela continuação e não vejo a hora de chegar aqui em casa. Acho que ainda essa semana chega e assim que chegar eu já quero pegar para ler.

Mas tô com um medinho da continuação, sabe? Geralmente eu não gosto da versão de um personagem sobre a mesma história mas espero gostar. E não sabia que tem um 3º livro. CHOCADA!

Beijos!

Juliana
4 anos atrás

Esse livro é maravilhoso, né?! <3
Foi o primeiro do David Levithan que eu li e me fez amar sua escrita e querer ler absolutamente tudo que ele escreve.
A única coisa que não gostei muito foi o final e se tiver realmente um terceiro livro, vou ficar muito muito feliz!
Também quero ler o "Outro Dia". Apesar da Rhiannon não ser a minha personagem preferida, tenho muita curiosidade de ler o ponto de vista dela.

Ah, adorei sua resenha!

Beijos ♥