28
03
2017

Acabei de Ler: Um Presente da Tiffany – Melissa Hill

Uma das primeiras leituras desse ano foi Um Presente da Tiffany. Eu confesso, a capa foi a primeira coisa que me chamou a atenção. Mas logo que eu li a sinopse, fiquei interessada pela história. Pareceu um desses romances meio conto de fadas, em que o impossível acontece. Ao ler o livro, realmente essa impressão se confirmou, mas não da maneira que eu esperava.

Título Original: Something From Tiffany’s
AutorMelissa Hill
Editora: Intrínseca
Páginas: 336
Adicione: Skoob | Goodreads

Sobre a História

Na história, acompanhamos o pai viúvo Ethan, um inglês que está em Nova York com a filha e a namorada. Ele tem grandes planos: vai pedir Vanessa em casamento com um anel da Tiffany, a joalheria famosa por suas caixinhas azul turquesa.

Porém, ao saírem da loja, ele e sua filha acabam topando com um atropelamento. Ao ajudar o acidentado, as sacolinhas dos dois acabam sendo trocadas. O homem que foi atropelado é Gary, irlandês que está em Nova York com a namorada, Rachel. Ele nem percebe a troca até que Rachel abre a caixinha e fica toda emocionada, achando que ele a está pedindo em casamento, o que não estava em seus planos.

O prejuízo maior é claro de Ethan, já que o presente de Gary para Rachel é uma pulseira de berloques. Seus grandes planos acabam sendo arruinados pela troca, e ele logo vai atrás para resolver o mal entendido. O problema é que Rachel já está usando o anel, toda feliz, e Gary não quer admitir o erro.

Conforme a história se desenrola, vamos conhecendo melhor os personagens, inclusive os sócios de Rachel, Terri e Justin, e descobrimos que nem tudo é o que parece ser.

Minha Opinião Sobre a Leitura

Como eu disse ali em cima, a história me surpreendeu. Quando tudo parece se encaminhar para um tipo de final, ela surpreende e apresenta outro caminho. Achei interessante que a autora decide não seguir o caminho convencional. Porém, não caí de amores pela leitura, e isso se deve a alguns motivos.

Primeiro, faltou um pouco de intimidade na maneira que a história foi contada. Não me senti próxima de nenhum dos personagens, não me envolvi com a história em geral. Mesmo a filha de oito anos de Ethan, Daisy, não me encantou. Normalmente, gosto de crianças nas histórias que leio, mas não foi o que aconteceu dessa vez.

Outro ponto importante foi que não fui convencida pelo final. Achei original a maneira que a autora finalizou a história. Mas faltou ela me convencer disso durante o seu desenrolar. Se ao ler o fim, eu voltasse atrás na história e visse os indícios, ia ter gostado mais. Do jeito que foi feito, pareceu forçado.

Mas é uma leitura gostosa para quem procura um romance mais leve e com uma exploração um pouco mais profunda dos personagens.

Qual foi o último romance que você leu? Você gostou?

 

Deixe um comentário

Notificar-me quando houver
avatar
Vera

Mari, quando li tive as mesmas impressões que você, acredita?!
Achei que a história ficou boba por não ter torcido por nenhum personagem.. nenhum deles me cativou.
Além de achar o final, mesmo sendo diferente, meio sem noção.
Adorei ver que você teve a mesma sensação que eu! ahahah

beijos

Ane Carol

Esse livro está na minha lista de quero ler. Depois de ler tua resenha vou ir sem muitas expectativas para não correr o risco de me decepcionar. Porque é realmente ruim quando a gente não cria uma ligação com os personagens

Alfas

Morta com essa capa, linda de verdade ótima indicação de leitura obrigada mil beijos

Daiana Fant

A história parece super leve, divertida e curiosa né? rs afinal, esse qui pro quo é sempre interessante e rende muitas histórias, que pena que aparentemente ela não soube conduzir para algo real e convincente e tampouco conseguiu nos fazer entender e compreender melhor os personagens e suas vidas =( tinha tudo para ser super bacana. Quero dar uma chance, felizmente vou com menos expectativa rs. Obrigada pela sinceridade na resenha, amei

Esther

Olá Mari, tudo bem?
Esse livro, tem uma ótima premissa. Está na lista faz tempo, mas ainda não consegui ler. Que pena que você não conseguiu se envolver, é chato quando não conseguimos nos identificar com um personagem né? Agora tentarei ler sem muitas expectativas.
Beijos!

Rob Camilotti

Oi, Mari, a história deste livro na qual resenhou parece mesmo ser bastante original. Pena que a autora não soube trabalhá-la conforme relatou.

Romances não são meu gênero preferido mas confesso que de vez em quando folheio um livro destes. O último romance que li foi uma reedição de O Médico e o Monstro. Conheço a história mesmo assim adorei relê-la.

Hoje é dia de livro

Para quem gosta do gênero, acredito que vai curtir mais, pois esse não é o meu estilo de leitura. Apesar de ter adorado sua resenha, deixarei passar essa dica. ☺

Amanda

Oi! Nossa, é horrível quando a gente não sente nada por nenhum personagem, né? Parece que a história passa batida, sem deixar nenhuma sensação. Eu não costumo gostar de romances, principalmente desse gênero chick-lit porque sempre tenho essa impressão de indiferença.
Gostei muito da resenha e da opinião sincera sobre a história, rs.

Beijos,
Amanda.

Cíntia Carmellin

Adoro do romances desse tipo, agora estou curiosa com o final desta história!!!!! Kkkkkk. Parabéns pela resenha!

Tatiana Castro

Oi, Mari!
Comédias românticas não são muito a minha praia exatamente porque não consigo me envolver com uma trama mais superficial. Contudo, também amei a capa que remete a cor registrada pela Tiffany.

Beijos!
Gatita&Cia.

Lilian

Acho um livro perfeito para depois de uma série extensa, porque você disse que é um romance leve, então fiquei muito interessada.
Beijos!

LEANDRO BRITO
Oi, Mari. Tudo bem? Olha, o último romance que eu li foi Jantar Secreto, Raphael Montes, não sei se conhece o autor, mas suas histórias são um pouco mórbidas, mas bem empolgantes. Diante dessa última leitura, já deu para perceber que não fiquei muito animado com esse livro que você resenhou. Primeiro, eu não curto muito contos de fada, a não ser aqueles contados pelos Irmãos Grim. Além disso, fiquei bem desanimado com os pontos negativos que você apontou no livro. Acho que pode ser um livro bacana, mas em todo caso não tem muito a ver com o meu… Ler mais
Lilian

Me parece um ótimo livro para ler depois de uma série extensa, porque, como você disse, é um romance leve. Esse problema da intimidade quando a história é contada, me deixou com um pé atrás porque narração é algo que eu prezo muito em uma história. Enfim, gostei da resenha. Beijos!

bruna

Olá tudo bem?
Não conhecia esse livro, mais lendo a resenha, me parece ser bem interessante, confesso que fiquei curiosa.
Beijos, blog encrespa

Thai

Oiee!
Não conhecia o livro, e achei a história interessante. Mas esse final, me deixou em dúvida quanto a leitura. Li uns livros de romance recentemente, com uns finais que tipo ‘-‘ e to querendo evitar isso.
Beijos

Gabi

Olá!
Não sou muito fã de romances, mas achei interessante essa troca de presentes e a confusão gerada.. pena que o livro não te agradou tanto, procurarei outras resenhas para saber se vale a pena ou não a leitura… Beijos

wpDiscuz