22
12
2017

Como Agarrar Uma Herdeira – Julia Quinn

Vim trazer para vocês o último post literário do ano. Sim, essa é a última leitura que vou compartilhar com vocês aqui no blog em 2017. Mas claro, não fiquem preocupados, que em 2018 estarei aqui, trazendo dicas de livros, filmes, séries e outras coisinhas mais. Só que nesse finalzinho de ano, vou tirar umas duas semaninhas de folga. Porém, vou estar lá pelo Instagram e pelo Twitter, afinal, não consigo me desconectar por completo. Para fechar o ano, trago para vocês minhas impressões sobre Como Agarrar Uma Herdeira, da Julia Quinn. Esse romance de época foi uma ótima leitura e por isso, vim contar tudo para vocês.

Título Original: To Catch an Heiress
AutorJulia Quinn 
Série: Agentes da Coroa #1
Editora: Arqueiro
Páginas: 292
Adicione: Skoob | Goodreads

Você sabe como agarrar uma herdeira?

Caroline Trent é órfã e dona de uma herança. Já passou por vários tutores. O último deles estava determinado a fazer com que ela se casasse com seu filho por motivos de herança. Caroline então, que não é boba nem nada, foge.

Aí conhecemos Blake, um agente da Coroa britânica que a confunde com uma espiã espanhola, Carlotta De Leon, e a sequestra. Poderia ser algo muito ruim, sequestros normalmente são, mas Caroline não vê a história sim. Pelo contrário, ela vê ali uma chance de ter abrigo até completar 21 anos e finalmente ter o controle de sua herança. Por isso, ela dá um jeito de não esclarecer a confusão e se passa pela espiã.

Sua farsa não dura muito, e devo acrescentar aqui que Caroline tenta de tudo para não ser descoberta. Porém, quando a verdade vem à tona, Blake e seu melhor amigo, James, decidem mantê-la na casa. Com a sua ajuda, os dois agentes da Coroa montam um plano para encurralar e capturar Oliver, seu tutor.

Com a convivência, os sentimentos entre Caroline e Blake vão se aprofundando. Porém, Blake tem uma perda muito dolorosa em seu passado e isso o impedirá de se entregar a seus sentimentos.

Clichê? Sim. Mas isso não é ruim.

Eu gosto muito dos livros da Julia Quinn. Podem não ser perfeitos e nem digo que ela é minha autora favorita do gênero. Mas ainda assim, todo livro dela que leio eu me divirto bastante. Com Como Agarrar Uma Herdeira, não foi diferente.

Realmente, não há grandes surpresas no enredo. Mas não é uma situação corriqueira em romances de época. Blake não tem nenhum título e seu trabalho não é muito comum. Caroline, por ter um passado tão conturbado, aprendeu a encontrar soluções inusitadas para seus problemas. Isso resulta em situações bem dinâmicas ao longo da história.

As interações entre os dois personagens principais também são muito gostosas de ler. Os diálogos são rápidos e um pouco imprevisíveis, o que contribui para que a leitura se dê de forma dinâmica. James, o melhor amigo de Blake, acaba mesmo cansando dos dois em certos momentos. Aliás, James é um ótimo personagem e se não me engano, um dos personagens principais do próximo livro da duologia, Como se Casar com um Marquês.

Eu gostei bastante e acredito que as leitoras que apreciam romances de época vão gostar de Como Agarrar Uma Herdeira. É um livro com muitas cenas de ação e inusitadas, o que contribui para fazer a leitura bem fluída. Vale a pena ler.

Siga-me por aí:

Twitter | Facebook | Instagram

Skoob | Goodreads

avatar
22 Comment threads
21 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
22 Comment authors
Como Se Casar Com Um Marquês - Julia Quinn - Pequenos RetalhosBruna MacenaCamila MondainiTalineLuan Recent comment authors
  Subscribe  
Notificar-me quando houver
Clayci

Mari, estou fazendo uma listinha de livros de romances de época para ler ano que vem. Tentarei hahahahahahaha e esse está <3
Sei que é clichê, mas não achei a premissa ruim e me deixou até curiosa para saber do final (apesar de já imaginar hahahahaha)

Beijos e feliz Natal

Ana Beatriz da Silva Monteiro

Aww, adorei, parece um livro bem gostosinho de se ler 🙂
Boas festas, beijos,

Simone Silva

Mari, a vida real já está repleta de notícias e histórias tristes e ruins que ler um um romance “clichê” como esse é super válido, traz leveza, um bom entretenimento 😉

Alice

Oiii Mari

Até agora li poucos romances históricos mas quem sabe em 2018 eu consigo me sentir mais atraída pela gênero, esse da Julia parece ser perfeito pra começar pois parece ser despretensioso, leve e gostoso de ler. Gostei da resenha e com certeza assim que puder vou dar uma oportunidade a conhecer essa história.

Beijos

http://www.derepentenoultimolivro.com

Hanna Carolina

Eu nunca li os livros da Julia Quinn, mas morro de curiosidade… Esse, apesar de ser um romance cliché, eu leria de boas… Às vezes é bom para variar um pouco das minhas leituras de fantasia… rsrs
Amei sua indicação e já posso colocar para 2018… =)
Bjks e boas festas!

Mundinho da Hanna

Bianca Rocha

Oii
Gosto muito do estilo de escrita da Julia Quinn, concordo com você quando é clichê mas isso não é todo ruim. Ainda não li esse livro da resenha mas quero bastante, espero gostar. Amei sua resenha.
Bjos, Bya!

Marijleite

Olá, ótima resenha. Estou curiosíssima para ler esse livro, não só por ser fã da Julia, mas também por ter achado bem interessante termos agentes da coroa e uma garota que precisa se esconder.

Camila de Moraes

Olá!
Eu adorei esse livro. Acho que o que mais me chamou atenção nessa obra foi o jogo de palavras que a Quinn utilizou no início de cada capítulo, mas que tinha tudo a ver com o contexto da trama.
Duologia de fácil leitura e fofinha.
Beijos!

Larissa Dutra

Olá, tudo bem? A cada resenha que vejo de algum livro desta autora minha vontade de ler algo dela aumenta, hehe. Não li nada do gênero ainda, mas ano que vem pretendo mudar isto. Será que devo começar por esta série ou por aquela outra dela que tem uns 8 livros (me corrija se estiver errada, rs)??

Beijos,
https://duaslivreiras.blogspot.com.br

milca abreu

nunca li nada dela e confesso que tenho muita curiosidade, ja que todo mundo indica
certeza de que vale a pena
vou colocar esse na listinha tbm

Saga Literária

Olá, tudo bem Mari?

Eu particularmente não sou fã de romances de épocas, mas as meninas do blog amam e eu solicitei esse livro para a Grazy lá do blog, inclusive ela amou a leitura! Gostei da sua resenha, mas eu não pretendo ler!
Abraço!

Cabine de Leitura

Acho que todo romance é mio clichê, pois o amor é assim, mesmo assim é um livro que quero muito ler, seja pelo romance de éppoca abordado nele ou pelo fato de ser a tão famosa Quinn quem escreveu, eu nunca li nada dela, preciso mudar essa situação.
Espero quando ler gostar bastante também.

Beijos.

Lilian de Souza Farias

concordo com vc, o fato de ser clichê não torna algo ruim, isso vai muito do leitor. Fico imaginando esse livro virando série, enquanto lia a resenha foi a única coisa que me veio em mente.

Fábrica dos convites

Oi Mari, esta foi uma divertida e gostosa leitura. Este casal foi hilário e sim, tem cenas bem diferentes do que costumamos ver. Uma ótima pedida sem dúvida.
Bjs, Rose

Gislaine Motti

Não sou uma leitora adepta dos romances de época e comecei a ter contato com o gênero apenas muito recentemente – goste, até! Vou dar chance para Julia Quinn quando tiver a oportunidade (:

Kamila Villarreal
Kamila Villarreal

Olá!

Não sou fã de romance de época, mas tenho uma amiga que leu e amou! Pra quem gosta do gênero, é uma ótima pedida, pois a Julia é mestre em contar histórias!

fany

Olá linda, tudo bem?
Eu adorei a sua resenha, parece ser um livro realmente bom, e clichês? EU AMO!
Romance é o meu gênero favorito da vidaaa!!
Ainda não conheço essa escritora, me deu vontade de conhecer mais sobre ela e quem sabe não ler outros livros também!!

Grande beijo

Luan

Oi, tudo bem?
Infelizmente ainda não me aventurei neste gênero literário, é uma pena mesmo que tantas pessoas comentem super bem e eu ainda não tenho uma opinião, mas enfim, li muitas resenhas positivas deste livro, mas também negativas, então fico meio na dúvida, mas pode deixar que em breve leio algo desta autora 😉

Abraços,
http://www.residiu.tk

Taline

Não conheço os livros da Julia Quinn, mas parecem divertidos. Quando eu era adolescente, adorava ler os romances da Meg Cabot (no caso, os livros infanto-juvenis). Geralmente, costumam ser leituras bem leves e que nos ajudam a sorrir, o que é sempre bom! Vou buscar mais sobre o livro, obrigada pela review, Mari! Convido-te a conhecer o meu blog em que posto contos e crônicas, recentemente, criei também a página no facebook – em que será muito bem vinda! Obrigada, e boníssimo dia.

Camila Mondaini
Camila Mondaini

Olá tudo bem?
Eu amei esse livro! Mas sou muito suspeita para falar porque além de ser fã de romances de época, sou fã da Júlia Quinn Diva Maravilhosa!!! Recomendo sempre as obras dela e Blake e Caroline foram um casal que me surpreendeu bastante. A obra tem o característico bom humor da Júlia e suas mocinhas são sempre mulheres fortes, gosto disso! Leia a continuação quando puder, é ainda melhor!

beijinhos!

Bruna Macena

Eu gosto muito dos livros da Julia Quinn, depois de maratonar a série Os Bridgertons ano passado eu espero realizar a leitura de Como Agarrar Uma Herdeira em breve! A escrita dela me deixou apaixonada por romances de época.

trackback

[…] vezes. Gosto de seus personagens e de como descreve as situações. Eu li há pouco tempo atrás Como Agarrar Uma Herdeira, que tem post aqui no blog. Nada mais natural que eu tenha decidido ler o segundo livro da […]