01
05
2018

Geek Girl – Holly Smale

Eu sou uma geek com orgulho e quem conhece meu blog, já está careca de saber. Por isso, não é difícil entender porque quis ler esse livro. Aproveitando a parceria com a Editora Fundamento, resolvi pedir Geek Girl para resenha. Embora o livro não tenha sido o que eu esperava, a história leve e divertida me conquistou. Então vou compartilhar com vocês tudo o que eu achei sobre essa leitura.

Título OriginalGeek Girl
AutorHolly Smale 
Série: Geek Girl #1
Editora: Fundamento
Páginas: 254
AdicioneSkoob | Goodreads

Geek Girl

Harriet Manners é uma geek. Até a sua mochila diz isso, embora essa parte não tenha sido exatamente sua escolha. Mas ela é uma geek bem atrapalhada e infelizmente nem todo mundo gostas muito dela. Para falar a verdade, Harriet tem uma melhor amiga, Nat, e é basicamente isso.

Apesar de sua inteligência e afinidade para transformar tudo em lista (inclusive uma com todas as pessoas que a odeiam) Harriet não entende nada de moda. Mas como Nat ama e quer se tornar uma modelo, muito relutantemente, Harriet resolve acompanhar a amiga. Porém, ao chegar ao evento, tem uma grande surpresa: acaba sendo escolhida para ser o rosto de uma campanha publicitária de uma das mais importantes grifes que existem. E é então que tudo parece desmoronar.

Tendo que lidar com o pai e a madrasta, ele querendo que a filha participe e a madrasta, nem tanto assim, além de sentir que deve esconder a novidade da Nat por achar que pode magoá-la, Harriet vai passar por bons apuros. Mas também vai conhecer alguns personagens interessantes, inclusive Nick, o modelo masculino que é seu par na campanha e que parece ser alguém bem legal.

Conhecendo a História Maluca de Harriet Manners

A história em si não é exatamente novidade para ninguém. Holly Smale cria uma versão da história do patinho feio, mas sem focar na necessidade da mudança da aparência de Harriet para ela ser feliz. E não há grandes surpresas, é verdade, mas é gostoso acompanhar a jornada dela de autodescobrimento.

Lendo o livro, eu me lembrei bastante de O Diário da Princesa. A Harriet me lembra bastante a Mia e algumas das situações absurdas pelas quais ela passa são dignas dos livros de Meg Cabot. É bem divertido, mas em alguns momentos fiquei achando a história muito fora da casinha. Sabe quando você lê e fica com aquela sensação “mas isso nunca aconteceria no mundo real”? Pois é.

Porém, uma carta na manga fez com que essa sensação sumisse, e ela foi a madrasta de Harriet, a Annabel. A Harriet perdeu a mãe dias depois de nascer, então a figura materna na vida dela sempre foi a Annabel. E elas se dão bem, apesar de às vezes a Annabel parecer certinha demais comparada com as loucuras do pai dela. Mas você vai percebendo o quanto a Harriet é parecida com a Annabel também.

E no fim das contas, é esse contraste que segura a história na realidade. Porque alguns pontos da história tinham me deixado bastante intrigada. Mas a Annabel acaba sendo uma âncora e suas ações tornam mais crível tudo o que acontece. Ela cuida de Harriet até mesmo sem a menina saber.

Eu me diverti muito lendo a história de Harriet, que continua nos próximos livros da série. Mesmo com as situações um pouco absurdas, o livro consegue prender o leitor e é uma ótima dica para quem quer dar umas boas risadas.

Esse livro foi cedido em parceria com a editora.

Siga-me por aí:

Twitter | Facebook | Instagram

Skoob | Goodreads

avatar
15 Comment threads
5 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
16 Comment authors
EvyRafaelle VieiraMariNIZETE RIBEIROMonyque Evelyn Recent comment authors

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

  Subscribe  
Notificar-me quando houver
Helana Ohara Heck
Helana Ohara Heck

Oie,
a história pode não ser nova, mas é gostoso d acompanhar em vista que Harriet vai passar por algumas trapalhadas bem legais, me identifico com ela por ser geek hehehehe. Vou buscar esse livro para ler, adorei a história

Maria Aparecida Aparecida Rodrigues

Oie, tudo bem?Amei a historia, estou aqui bem curiosa, pra mim é novidade sim. Não sabia que Holly Smale tinha essa versão da história do patinho feio . Vou buscar esse livro para ler! bjs

Camille

Olá!

Achei bem divertido e interessante. Esse universo geek tem crescido cada vez mais, lembro da época que todo mundo menosprezava. Sofri muito bullying, agora me sinto veterana.

Adorei, vou ver se procuro. ♡

Ana Catarine Mendes da Silva

Fiquei curiosa com esse livro, também sou geek haha. Outros que quero muito ler são Geek Love e Geekrella (haja Geek no nome rs). Gostei muito da resenha, esse livro parece ser uma gracinha mesmo <3

Milena
Milena

Oi!
Não conhecia esse livro, mas achei uma boa pedida, afinal, uma história divertida é sempre muito legal!
Anotei sua dica!

Alice

Oiiii

Essa história parece ser tão divertida e gostosinha de ler, tem pinta de filme da sessão da tarde, e eu adoro pra relaxar um pouco e ler algo mais leve. Essa série está inteira publicada em português? Adoraria conferir essa história da Harriet

Beijos

http://www.derepentenoultimolivro.com

Raíssa Zaneze

Oi Mari! Já vi esses livro por livrarias e sempre me deixou curiosa pela história. Sei como é ruim um livro que a gente tanto esperava, não seja como a gente espera. Mas, acho que a culpa é nossa também rs. Criamos expectativas e tchum. Enfim, apesar de ficar um pouco com pé atras de ser uma história que lembre a da Mia, fiquei curiosa. Ainda mais quando você tocou no ponto da madrasta. Fiquei mt mt curiosa pra saber esse plot. Adorei a resenha e adorei seus funkos.

https://almde50tons.wordpress.com/

Danielle

Não sou fã de livros pois prefiro série e filme acho mais emocionante. Seu post foi muito interessante, fiquei até curiosa para conhecer o enredo da história. Geek e nerd são as mesmas pessoas e esse termo é usado para pessoas que gostam de tecnologia, eletrônico, jogos eletrônicos ou tabuleiro, história em quadrinho, livros, filmes, animes, série, intelectual, inteligente, viciado em internet/computador/celular/tablet/notebook, bobo, isolado, não entende de moda, ama pesquisar as coisas e está por dentro de tudo, estudioso CDF.
http://espacodividido5.blogspot.com.br

Lara Xavier
Lara Xavier

Olá esse livro não chama minha atenção por mais que pareça ser um livro divertido e que a gente super se identificar por ser geek mais eu passo a dica dessa vez

Aline Coelho

Dica de livros divertidos são sempre muito bem vindas afinal vivemos no meio de tantas notícias pesadas que livros assim fazem nossa mente se distrair e relaxar um pouco. Dica aceita
Já li vários elogios a esse livro e acredito que eu iria gostar se lesse, não chega a ser uma prioridade, mas ficarei atenta.
Que bom que suas impressões no final foram positivas, apesar de alguns pontos que te desagradaram.
Amei suas fotos. Beijos

Leituras, vida e paixões!!

Fábrica dos convites
Fábrica dos convites

Oi Mari, que bom que se divertiu com o livro e que pretende seguir com a leitura da série. Eu, no entanto, não fiquei muito com vontade de ler.
Bjs Rose

Monyque Evelyn
Monyque Evelyn

Que legal, ainda não conhecia 😀

http://submersa-em-palavras.blogspot.com.br/

NIZETE RIBEIRO

Olá!
Esse é o tipo de livro que eu leria entre uma leitura tensa e outra. Adoro livros com essa pegada, mesmo sendo clichê. Transformar o patinho feio no cisne, A gata borralheira em princesa Cinderela, Bete a feia e Beth a maravilhosa! Sim, nada como torcer pelos protagonistas que amamos pra no final arrasante cheio de purpurinas, Anotadíssima a dica!
Nizete
Cia do Leitor

Rafaelle Vieira
Rafaelle Vieira

Oi, Mari!
Confesso que a história não é o tipo que costuma prender minha atenção, mas sua resenha me deixou curiosa e gosto bastante de livros com narrativa divertida então talvez leia quando tiver chance.
Beijos
Rafa -Fascinada por Histórias

Evy

olá! Ainda não conhecia o livro, mas me interessei bastante! Parece ser uma leitura divertida e leve!
Adorei o post, parabéns!
by: atravesdaescrita.blogspot.com