25
09
2020

Mack Daddy – Penelope Ward

Bom dia, boa tarde ou boa noite, querido leitor. Como anda a vida? Manter o ânimo com tudo que está acontecendo não é fácil, mas a gente continua tentando. Uma das formas que eu faço isso é justamente ler e reler meus livros preferidos. Aliás, minhas últimas escolhas tem sido histórias leves, na sua maioria romances. Isso porque sinto que qualquer coisa mais complicada que isso vai me deixar para baixo. Foi com essa intenção que peguei Mack Daddy no Kindle Unlimited para ler. Afinal, um romance de segunda chance que envolve um pai solteiro parece ser ideal para fazer a gente voltar a acreditar em finais felizes. Mack Daddy conseguiu isso? Talvez. Com algumas ressalvas. Mas isso eu explico logo mais.

Título Original: Mack Daddy
Autor: Penelope Ward
Editora: Charme
Páginas: 282
AdicioneSkoob | Goodreads

A História de Mack e Frankie

Mack Daddy é a história do Mack, que se muda para Boston, acompanhando a ex-namorada e seu filho. Mas essa mudança também traz uma chance para Mack. Ele logo matricula seu filho na escola onde sua antiga colega de apartamento, Frankie, é professora. E faz isso com um objetivo claro: quer finalmente dar para os dois a chance que não tiveram.

Isso porque, no passado, eles quase tiveram algo. Porém, Mack tinha uma namorada. E quando ele finalmente toma coragem de terminar o namoro, a namorada anuncia a gravidez. Mack então toma a decisão de continuar com a namorada, mesmo já estando totalmente atraído por Frankie. Ele explica a situação para a Frankie, que entende, mesmo ficando chateada.

Mas nove anos depois, Mack e a mãe de seu filho não estão mais juntos. E ele finalmente tem a oportunidade de convencer Frankie que os dois estão destinados um ao outro. E então temos o primeiro obstáculo: Frankie tem um namorado, Victor. Ele é um pouco mais velho que ela, mas os dois estão num relacionamento sério, já morando juntos.

Esse detalhe não vai fazer com que Mack desista dos seus planos. E logo ele joga limpo com Frankie, pedindo para que ela ao menos considere um relacionamento entre os dois.

Lendo Mack Daddy

Existe um ponto nessa leitura que eu admirei bastante, que foi a comunicação entre os personagens. Guardados os momentos em que os dois ainda estavam tentando negar seus sentimentos no começo, ainda assim há bastante sinceridade quanto aos sentimentos. No momento que Mack descobre a gravidez da namorada, ele volta e explica para Frankie o que aconteceu. Quando ele volta para tentar convencer Frankie a lhe dar uma chance, ele também é honesto quanto a isso.

Essa honestidade também é vista entre Frankie e Victor. Ela conta para Victor sobre Mack e, apesar de ser uma situação complicada, pelo menos Victor sabe o que está acontecendo. E Victor é um cara legal, não houve em momento algum intenção em transformá-lo em vilão da história. Ele também tem a chance de expressar seus sentimentos e lutar por Frankie. Aliás, terminei a leitura torcendo muito para que ele encontrasse alguém para ser feliz.

Porém, por tudo isso, fiquei incomodada com a forma como Mack e Frankie finalmente ficam juntos. Achei que considerando a história até ali, Victor merecia um ponto final mais decente. Aliás, é a partir do ponto em que Mack e Frankie ficam juntos que a história se perde para mim.

De repente, as dramas e as intrigas ganham o palco. Se antes a história era sobre o casal principal, ela se transforma em uma história de dramas e intrigas envolvendo traições e política e… Nossa, que cansativo. Até pontos interessantes que são trabalhados na leitura como TOC e ansiedade se perdem para o exagero do drama. E eu já comentei algumas vezes aqui: dramalhão nunca foi meu gênero preferido.

É uma pena, porém eu devia estar preparada para isso, afinal é o estilo da autora. Mesmo assim, fui pega de surpresa e perdi aquele entusiasmo do começo. Sei que tem muita gente que ama esse tipo de história, mas não é meu caso. Se você gosta, entretano, esse livro é perfeito para você.

Quais livros vocês andam lendo ultimamente? Tem alguma sugestão para mim?

Siga-me por aí:

Twitter | Facebook | Instagram

Skoob | Goodreads

Subscribe
Notificar-me quando houver
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

5 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ana Caroline Santos
Ana Caroline Santos
26 dias atrás

Olá, tudo bem? Poxa uma pena a história não ter funcionado para você. Eu gostei bastante dela, inclusive foi uma das que me fez voltar a ler Penelope Ward, mas também concordo que o “fim” do Victor poderia ter sido melhor planejado — ele realmente não é um vilão. Fora isso, gosto de um bom drama então o resto foi de boas. Ótima e sincera resenha!
Beijos

Kenia Candido
21 dias atrás

Oi Mari.

Que pena que a história fez você perder o entusiasmo por ela. Eu estou dando um tempo deste gênero. Estou achando ele um pouco cansativo e as leituras não estão tendo bons desenvolvimentos, por isso não conhecia nada sobre essa história.Mas valeu conhecer um pouco do enredo através da sua resenha.

Bjos

cris
21 dias atrás

Oi Mari!
Gostei do enredo no começo quando a sinceridade dos dois eram mais importante na história, mas quando a trama vira um dramalhão sem fim, perco o entusiasmo também mas sempre a curiosidade vence e termino a leitura, essa não será diferente pois já gostei das posições dos personagens e estou doida para descobrir quais são os empasses que o casal terá que passar, obrigado pela dica, parabéns pela resenha. Bjs!

Mara Santos
15 dias atrás

Eu sou completamente apaixonada por esse livro, gosto muito da escrita e histórias da Penelope, mas entendo os pontos que te incomodaram!

PS Amo Leitura
13 dias atrás

Confesso que não conhecia essa obra, e a capa não me chama atenção rs, mas gosto de quando os personagens negam os sentimentos até o último momento hahaha uma pena que após isso acontecer, a história acaba tomando um rumo diferente. Vou deixar a dica anotada! Gostei da sua sinceridade.