19
02
2021

Paper Fools e Como Uma Releitura Pode Ser Tão Diferente

Eu não ia falar de Paper Fools por aqui. Existem vários livros que eu leio, principalmente em ebook, que acabo não comentando aqui no blog. Muitas vezes são livros em inglês que não tem previsão de lançamento no Brasil, outras eu simplesmente não gostei tanto assim da leitura. E Paper Fools acabou por se encaixar nessas duas categorias, porém algo interessante aconteceu. Eu li esse livro porque foi escrito pela Staci Hart, que também escreveu Coming Up Roses, romance que eu curti. E ele estava de graça na Amazon, então decidi dar uma chance a ele. Li ele nesse mês de fevereiro e quando fui pesquisar no Goodreads, descobri que eu tinha marcado como lido em janeiro de 2016, ou seja, 5 anos atrás. E pasmem, tinha avaliado ele com duas estrelas.

Título Original: Paper Fools
Autor: Staci Hart
Série: Heart and Arrows #1
Páginas: 301
AdicioneSkoob | Goodreads

O Choque

Minha primeira reação foi que eu tinha marcado por engano, afinal tinha acabo de ler o livro inteiro e não havia lembrado de nada. E apesar de ler muito e esquecer com uma certa frequência de detalhes, normalmente, enquanto estou lendo, me lembro de alguma coisa. Dessa vez, porém, nada. Mas aí eu descobri que tinha deixado uma review em 2016 e amigos, eu li esse livro em 2016. Com uma pequena diferença: ele me irritou muito mais na primeira vez que eu li. Mas muito mais mesmo. Eu tinha inclusive decidido que iria desistir da autora, o que talvez funcionasse se eu tivesse gravado o nome dela. Como não gravei… bem, esse é o segundo livro dela que li esse ano.

Mas a experiência de saber como me senti há 5 anos e como me senti após a leitura agora me fez ver como releitura é algo que pode mudar tanto a nossa opinião sobre o livro.

Algumas Informações Importantes

Porém, antes de entrar mais à fundo nas comparações entre as minhas opiniões, preciso dizer que esse livro sofreu reedições e republicações, ao ponto de ter seu título alterado. Então, pode ser que minha opinião tenha mudado porque o material de leitura foi alterado. E não tenho como saber o quanto do texto foi reeditado, porque não tenho mais a primeira edição. Existem alguns motivos pelos quais eu acredito que essa foi uma reedição mais profunda do que simplesmente revisão ortográfica, algo inclusive para consertar os erros que em 2016 me incomodaram tanto. Porque eu não sou mais a mesma de 2016 e isso influencia no que eu penso, claro, mas… eu não mudei tanto assim.

Posso afirmar com certeza que não mudei muito porque os pontos que me incomodaram em 2016 continuaram me incomodando em 2021, apenas numa intensidade menor. Mas algumas considerações que fiz sobre a história no passado foram opostas às que fiz agora, então… Bom, vou começar a explicar.

A História de Paper Fools

Paper Fools mistura mitologia grega com romance contemporâneo. Nele, deuses do Olimpo se desafiam, utilizando seres humanos como peões para atingirem seus objetivos. Quem está sendo desafiada dessa vez é Afrodite, que deve garantir que um casal improvável encontre o amor, enquanto Apollo deve fazer de tudo para frustrar suas tentativas. O deus que perde deve dar um token ao ganhador, token esse que garante um favor.

O casal que Afrodite deve juntar é Dean, vocalista da banda Paper Fools, e Lex, namorada do novo baterista da banda. Dean nunca teve um relacionamento sério na vida, com as mulheres caindo a seus pés, inclusive namoradas dos  outros membros da banda. Lex é uma namorada em série, que tem um relacionamento atrás do outro e não gosta de ficar sozinha.

O livro vai basicamente mostrando relances do Olimpo, seguindo até onde eu sei a mitologia grega (meu conhecimento dos deuses gregos vem todo de Percy Jackson, valeu tio Riordan). E entre esses relances, vamos acompanhando a história dos humanos e também de como os deuses influenciam os acontecimentos nas vidas deles.

O Que Me Incomodou em 2016 vs. 2021

A Maneira Como Os Personagens Ficam Juntos

A verdade é que a atração entre Dean e Lex é basicamente um instalove. Eles se apaixonam simplesmente por estarem no mesmo cômodo e respirarem o mesmo ar, ou seja, não há maiores explicações. E isso me incomodou demais na primeira vez que li, mas dessa segunda, eu consegui entender que toda essa paixão tinha mais a ver com a influência de Afrodite. Ou seja, sim, é uma paixão fulminante e instantânea, mas existe uma razão, já que o livro lida com mitologia.

Outro ponto no relacionamento desses dois é que como eu disse lá em cima, Lex não está solteira. Ela namora já há algum tempo Travis, que acabou de ser contratado como baterista da banda. E é um relacionamento sério, os dois moram juntos. Apesar de o leitor já saber que Lex está pensando em terminar com Travis antes de conhecer Dean, ainda assim ela fica enrolando ele porque não se sente segura quanto a Dean. E isso é horrível em qualquer situação. E isso me irritou da primeira vez e me irritou da segunda, então… um ponto negativo pro livro.

As Cenas Que Se Passam no Olimpo

Na minha resenha de 2016, eu escrevi que queria pular todas as cenas que se passavam no Olimpo, porque eram chatas. Nas minhas anotações sobre a leitura em 2021, cheguei a escrever que na verdade a história dos humanos parece ser secundária. O livro explica toda a história entre Afrodite e Apollo, porque ele precisa tanto do token dela e porque ela reluta em conceder o que ele lhe pede. Quem conhece mitologia grega já deve saber todos os detalhes dessa briga e o livro consegue humanizar esses deuses, mesmo que sim, eles ainda sejam os egocêntricos arrogantes que sempre foram.

O ponto é que, por mais que eu tenha reservas quanto a esses flashbacks e à ordem como eles são colocados na história, não consigo imaginar pular essas partes após reler o livro em 2021. Pode ser que essa tenha sido uma das mudanças na nova edição e por isso minha percepção tenha se alterado.

Conclusão Geral

Mari de 2016, desculpa, mas não estou mais tão brava com Paper Fools. Não é um livro ótimo e foi um pouco cansativo de ler, tanto que demorei para concluir a leitura. Algumas partes me irritaram bastante e por isso não é uma série que acredito que vou continuar. Mas nada a ponto de desistir da autora. Existem livros piores.

Vocês tem vontade de reler algum livro pra ver se mudam de opinião?

Siga-me por aí:

Twitter | Facebook | Instagram

Skoob | Goodreads

Subscribe
Notificar-me quando houver
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

1 Comentário
Inline Feedbacks
View all comments
trackback
2 meses atrás

[…] reli Paper Fools e se você quiser saber tudo sobre a confusão dessa releitura, é só clicar no link do post. […]