27
03
2016

Acabei de Ler: Para Todos os Garotos que Já Amei – Jenny Han

garotos

Lara Jean guarda suas cartas de amor em uma caixa azul-petróleo que ganhou da mãe. Não são cartas que ela recebeu de alguém, mas que ela mesma escreveu. Uma para cada garoto que amou — cinco ao todo. São cartas sinceras, sem joguinhos nem fingimentos, repletas de coisas que Lara Jean não diria a ninguém, confissões de seus sentimentos mais profundos.

Até que um dia essas cartas secretas são misteriosamente enviadas aos destinatários, e de uma hora para outra a vida amorosa de Lara Jean sai do papel e se transforma em algo que ela não pode mais controlar.


Título Original: To All the Boys I’ve Loved Before
Autor:
Jenny Han
Série: To All the Boys I’ve Loved Before #1
Editora: Intrínseca
Páginas: 320
Adicione: Skoob | Goodreads

Modelo2-3

Para Todos os Garotos Que Já Amei é o livro desse mês de Março no Book Club, mas para falar a verdade, eu já tinha lido ele em Setembro do ano passado (obrigada, Goodreads, por me lembrar de quando li) e só não tinha postado sobre ele aqui no blog ainda.

Como eu expliquei na resenha que fiz para esse livro no Goodreads (me siga por lá), eu queria ter gostado mais desse livro, mas não foi o que aconteceu durante a leitura. A história é contada por Lara Jean, que é a irmã do meio da família de três irmãs. Ela está num momento delicado, pois perdeu a mãe já faz algum tempo e a irmã mais velha, Margot, que era quem ajudava o pai cuidando da casa e principalmente da irmã mais nova das duas, Kitty, está indo morar em outra cidade, para começar a faculdade.

Assim, Lara Jean sente que deve tomar o lugar da irmã mais velha na casa, ajudando o pai e cuidando da irmã mais nova. Porém, para complicar ainda mais a situação, ela descobre que cartas que ela havia escrito e nunca enviado para garotos por quem ela havia se apaixonado ao longo da adolescência e que ela guardava em uma caixa, foram enviadas para os seus destinatários.

Cartas onde ela explicava seus sentimentos, coisas sobre ela que nunca teria coragem de falar, estão chegando aos garotos por quem ela já foi apaixonada. Um deles, inclusive, é o garoto com quem sua irmã acabou de terminar o namoro e ainda muito presente na vida dela e da família dela, Josh.

A história então se desenrola explicando as consequências dessas cartas na vida de Lara Jean, bem como ainda apresentando as mudanças que estão acontecendo na vida dela e como ela tem que amadurecer agora que a irmã mais velha não está por perto.

Uma coisa que acredito tenha sido essencial no fato de eu não ter gostado tanto da leitura foi que não consegui me conectar com a personagem principal. Não concordava muito com a maneira com que Lara Jean agia em certos momentos, além de achar que às vezes ela parecia mais infantil do que os 16 anos que ela tem no livro. Outro ponto que também me incomodou foi que eu não gostei da irmã mais velha dela, a Margot. E não gostei mesmo, a personagem (que nem morava mais na casa) me irritava muito. Aliás, a única personagem que realmente me encantou foi a Kitty.

Algo que também fez esse livro cair um pouco no meu conceito foi o fato de que, se alguém mandasse cartas minhas que estavam guardadas, eu iria querer saber quem foi. Mas a Lara Jean não está nem aí. Ela nem questiona quem poderia ter feito isso. Quando eu li a sinopse do livro, pareceu óbvio que a procura pela pessoa responsável iria pelo menos ser uma parte da história, mas não. Ela simplesmente aceita que as cartas foram enviadas, o que me deixou bem confusa.

Porém, o livro não é de todo ruim. É uma leitura leve e se você conseguir passar por cima desses pontos negativos, com certeza vai achar divertido. O fato de a personagem principal não ser uma garota branca também é ótimo, pois a diversidade nos romances YA contemporâneos é escassa. A relação familiar é outro ponto que sinto que devo ressaltar, já que muito do enfoque é dado na questão do pai e das irmãs da personagem principal. Gostaria que houvesse mais amizades entre mulheres no livro, entretanto.

No geral, é uma história gostosa de ler, mesmo que para mim, ela tivesse mais potencial do que foi efetivamente desenvolvido.

Quem já leu o livro? Gostaram?

Siga o blog nas redes sociais:

Twitter | Facebook | Instagram

Skoob | Goodreads

avatar
16 Comment threads
14 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
15 Comment authors
MariDéboraAna ClaudiaAne ReisPriih Recent comment authors

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

  Subscribe  
Notificar-me quando houver
Pandora

Achei sua opinião sobre esse livro bem conscienciosa. É meio absurdo alguém mexer nas suas coisas, espalhar seus textos aos 4 ventos e você não se importar em descobrir quem foi para matar ou agradecer, a depender do resultado. Por outro lado, a vida é carente de leveza e uma leitura leve cai bem e uma protagonista não branca também. Então o livro se equilibra e acaba passando por regular. Apesar disso não consigo me interessar por ele e nem por sua continuação, pulo lindamente.

Pandora
O que tem na nossa estante

Beatriz Martínez

Oiiii 🙂
Primeiramente obrigada pela força que vc me deu comentando no meu blog sobre oq houve com a minha cachorrinha __< eu sou meio "bobinha" nesse sentido sabe xD

Até logo e feliz páscoa ♥
Post novo ^___^
Blog:ShyandBrave

Beatriz Martínez

Eu fiz um comentário enorme e não apareceu NADA deleee
to morta

Beatriz Martínez

Aiiin de novo eu aqui, o meu primeiro comentário tá sem sentido pq eu não sei pq so apareceu a primeira e a ultima frase dele x___x mas eu escrevi tanta coisa que eu tou sem paciência p escrever dnovo kkk Meu Deeeooos ç_____ç quando eu tiver paciência volto e reescrevo <3

Cida

OI tenho uma relação complicada com esta autora, li uma série dela que amei e outra que não curti nadinha, assim não sei o que esperar deste livro. Eu espero sinceramente gostar.

Bjos!! Cida
http://www.moonlightbooks.net

Bianca Sampaio

Oi Mari!
Eu até tinha vontade de ler esse livro, mas já vi tantos comentários negativos que acabei desanimando. Gosto de explicações e me incomoda quando os autores não se importam em dá-las.

Beijos!

Priscila

Nunca tive aqueeeeela vontade de ler esse livro, não sei pq, não me chamou a atenção.

Samanta Renck

Adorei o blog, muito lindo tudo aqui. Ai, eu sempre quis ler esse, pelo título me parecia promissor, que pena que você não gostou tanto, já vi outros comentários negativos também e to pensando em não ler, não esse ano pelo menos.
Também tenho um blog e ele é novo, então se poder me puder me ajudar também e ir lá dar uma olhadinha, ficarei muito grata e feliz!
Beijo. sonaorepareabagunca.blogspot.com

Mariana FS

Oi Mari!
Não se conectar com a protagonista realmente dificulta o envolvimento com o livro. Pena que isso aconteceu com você porque vi muitas pessoas gostarem do livro.
Eu também iria querer saber quem enviou as minhas cartas.
Beijos,
alemdacontracapa.blogspot.com

Isabele

Eu não sou muito chegada em YA. Pra mim parece sempre mais do mesmo.
Os poucos que li não me conectei nadinha. Uma pena.

Mari

Eu achei a sinopse interessante, mas já vou ler sem muita expectativa depois da sua resenha.
Depois te conto o que eu achei tb. <3
Indicação mais do que anotada!

Vanessa Bayer

Li esse livro tem um tempo já e nossa, como eu amei essa leitura, sério! A continuação também foi só amores por ela. <3 E como você, também me esqueci de falar sobre ele lá no blog, aliás, tenho esse problema. Sempre leio e depois acabo esquecendo de falar sobre as minhas leituras feitas. ): E uma pena você não ter gostado muito, de verdade. Um beijo grande! <3

Priih

Oi Mari, tudo bem?
Gostei da resenha! Acho que leria esse livro, ele parece bem levinho. Gosto de histórias assim, principalmente durante as aulas da faculdade, que me pesam muito pra leituras mais densas.
Beijos,

Priscilla
Infinitas Vidas

Ane Reis

Oie Mari =)

Estou com esse livro no Kobo para ler, mas confesso que sempre acabo passando outros livros na frente. A premissa parece boa, mas como nem todas as resenhas que li até o momento foram lá muito positivas vou protelando a leitura.
Espero não me decepcionar.

Beijos;***

Ane Reis.
mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias…
@mydearlibrary

Ana Claudia

Acho que essa é a primeira resenha “negativa” que eu vejo desse livro…
Fiquei bem desanimada agora, eu também achava que ela ia ir atrás de quem estava enviando as cartas para ela. Esse livro vai voltar para a lista de talvez eu leia, algum dia, quem sabe…

Débora

Ainda não li este livro mas, pela sinopse, também imaginei que a personagem principal fosse atrás de quem enviou suas cartas. Afinal, são cartas muito pessoais para ela simplesmente aceitar que foram enviadas. De qualquer forma, tenho vontade de ler este livro. Também gosto de leituras leves. São ótimas para aqueles períodos em que você quer ler alguma coisa mas nada muito complicado de se absorver. =]
Abraço!