19
03
2020

Pulso Forte – Lauren Blakely

Continuando com os livros da série Big Rock, da Lauren Blakely, temos Pulso Forte. O quinto livro vai contar a história de dois aficcionados por carros, o Max e a Henley. Eles já tiveram uma história juntos, apesar de não terem se envolvido romanticamente. Mas, infelizmente, essa história não acabou bem e agora eles são rivais profissionalmente. Claro que isso significa que eles continuam a se encontrar por aí. E isso também que sentimentos nunca revelados podem vir à tona…

pulso forte

Título OriginalJoy Ride 
AutorLauren Blakely
Série: Big Rock #5
Editora: Faro Editorial
Páginas: 220
AdicioneSkoob | Goodreads

A História de Pulso Forte

Henley é uma mecânica que trabalhou na oficina de Max no começo da carreira. Eles não trabalham com carros normais, mas sim com personalizações em carros de luxo. Mas ela sempre foi bastante teimosa e decidida, o que causava muitos atritos na relação dos dois. Os dois viviam brigando, porém essa tensão tinha raízes na atração que sentiam um pelo outro. Entretanto, nenhum dos dois admitia isso.

Um dia, porém, Henley acaba cometendo um erro. Bom, talvez ela tenha cometido o erro. Afinal, ela jura que fez exatamente o que Max havia lhe pedido. E uma briga acaba explodindo entre os dois, com muitas acusações sendo jogadas um contra o outro. E como Max não a promove como ela imaginava que merecia e ela está muito brava, ele a manda embora e indo trabalhar em outro lugar.

Cinco anos depois, os dois acabam competindo por um mesmo serviço. Mais especificamente, devem trabalhar juntos num carro para um programa de TV. Por ser algo importante para os dois, eles acabam concordando. E aí, claro, começam os problemas. Como lidar com tanta tensão sexual e tantos sentimentos que tentaram esconder?

Algumas Considerações Sobre Pulso Forte

Apesar de ter gostado de Pulso Forte, dentre os livros da série, esse foi o que menos gostei. Embora a química entre o casal seja explosiva e renda algumas cenas ótimas, outros pontos me incomodaram na leitura.

Eu gostei muito da Henley. Ao ponto de sim, querer protegê-la um pouco. A temática da história se baseia bastante no fato de ela ser um talento nato numa área pouco explorada por mulheres. E também no fato de que Max, como seu chefe, não quer de jeito nenhum tratá-la de maneira diferente por ser mulher. O que é um fator positivo, claro, porque ninguém quer ler um romance com um homem machista, não é?

Um Pequeno Problema

O problema é que a atração que Max sente por ela atrapalha sim seu julgamento. Apesar de ele lutar muito contra isso, ainda fiquei com a impressão de que ele era mais duro com ela. Mesmo o suposto erro que ela comete, ele não tem certeza se ela cometeu mesmo. Ele admite que para lutar contra a atração que sente por ela, ele acaba deixando de prestar atenção em muitos detalhes. Mas ele chega a admitir isso para ela? Não.

Ele pede desculpas pela maneira como a tratou, mas ainda assim deixa subentendido que o erro foi dela. E acho que foi aí que desencantei do Max.

Enfim, fora essa parte, o livro é bem interessante. Apesar de não entender muito de carros, o ambiente é diferente e bem descrito. Você sente a adrenalina ao ler as cenas.

Como eu já disse, gostei bastante da Henley. Sim, ela tem uma personalidade bem explosiva, mas acaba sendo uma mistura interessante, sendo uma mecânica de respeito e também bastante feminina.

O final é digno do casal e é bonito de ver como eles se encontram como casal. Eles conseguem encontrar um meio termo e isso é algo que finaliza de uma maneira bem satisfatória sua história de amor.

* Esse livro foi recebido em parceria com a editora.

Siga-me por aí:

Twitter | Facebook | Instagram

Skoob | Goodreads

Subscribe
Notificar-me quando houver
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

8 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Mara Santos
4 meses atrás

Oi, Mari!
Já li os dois primeiro da série e preciso dar continuidade na leitura dos próximos. Acho que a série como um todo traz um fluxo de casais que alguns amam e outros odeiam… Mas no geral, tenho curtido muito o trabalho da autora….

Carolina Costa
4 meses atrás

Olá, tudo bem? Ainda não conhecia essa série de livros, mas gostei da premissa e das suas observações. A personagem principal, Henley, parece ser bem diferente do que estamos acostumados a ver nos livros, filmes e séries no geral. E o final é do jeitinho que eu gosto (felizes para sempre). Parabéns pela sua resenha e indicação! Beijos e sucesso com o blog, querida!
Uma Escritora na Janela

Tatiana
4 meses atrás

Não conhecia o livro. Aliás nenhum livro da série. Pelo que li em sua resenha parece interessante. Vou dar uma conferida assim que possível.

Carol Nery
4 meses atrás

Eu amei sua foto! Que buquê lindo. E eu ADORO a qualidade das edições da Faro. Sensacional mesmo.
Então, não é minha praia esse gênero de leitura. E complica um pouco mais em comentar quando o livro é o quinto de uma série. Mas, parece que a pegada da história é bem quente. Eu gosto de histórias que tem a ver com carros. hahahaha E, certeza que o amor deve prevalecer no fim.
Que seja uma boa leitura para todos que curtem. Beijão

Pocket Cultura
4 meses atrás

Olá Mari, tudo bem
Acredita que ainda não li nada dessa autora, embora muitas pessoas falem da escrita da autora. Adorei sua resenha, por colocar um ponto que não é legal na história, amei as fotos. Abraços

camyli alessandra da silva
4 meses atrás

Oi Mari
Eu não conheço os livros da série Big Rock, da Lauren Blakely. Mas, pela sua resenha parece o tipo de leitura que eu gosto vou procurar saber mais sobre essa série de livros.

Eduardo Moretti
Eduardo Moretti
4 meses atrás

Adorei a premissa dessa série, ainda não conheço os livros mas quero mto conhecer agora, adorei sua resenha.

Luna Gomes
2 meses atrás

Estou amando ler seus posts… vou até salvar em favoritos!