04
04
2019

Um Acordo Pecaminoso – Lisa Kleypas

Voltando à série dos Ravenels, chegamos ao terceiro livro, Um Acordo Pecaminoso. Nossa protagonista é Lady Pandora Ravenel, que sempre se identificou como alguém que não se encaixa em padrões. Para quem já leu os dois primeiros livros da série, já deu para perceber que Pandora é alguém que questiona. Alguém que não faz questão de corresponder às expectativas que a sociedade tem dela. Por isso, esse é um livro com boas surpresas. E uma maneira diferente de se contar uma história de amor.

Título OriginalDevin In Spring
AutorLisa Kleypas
Série: Os Ravenels #3
Editora: Arqueiro
Páginas: 304
AdicioneSkoob | Goodreads

Conhecendo Um Acordo Pecaminoso

Porém, não é só Lady Pandora que já apareceu em outros livros da autora Lisa Kleypas. Lorde St. Vincent pode ser um título familiar para quem já se aventurou nas histórias dessa escritora. Isso porque Gabriel é filho de Evie e Sebastian, que agora é um duque e deixou o título de Visconde St. Vincent para o filho mais velho. Evie e Sebastian tiveram seu romance contado em Pecados No Inverno, terceiro livro da série As Quatro Estações do Amor.

Gabriel é um personagem tranquilo, mas que não se sentia ainda pressionado a se casar. Logo, ele estava aproveitando a vida e desviando de mães casadoiras. Porém ele acaba se envolvendo numa armadilha que só funciona porque não é uma armadilha de jeito nenhum. Para variar, é mais uma das confusões nas quais Pandora se mete.

E assim os dois são descobertos em uma situação constrangedora (para a época, né, porque hoje ia estar todo mundo “e daí”). Por esse motivo, eles são obrigados a casar. O que Lady Pandora, que é sensata, não quer. Afinal, casamento era apenas uma forma de perder de vez qualquer tipo de autonomia que uma mulher pudesse conquistar na vida. E Pandora tem planos.

Mas logo Gabriel acaba entendendo o que faz de Pandora tão especial e passa a tentar convencê-la a se casar. Não que ela tivesse muita escolha, afinal mesmo que escolhesse enfrentar o escárnio da sociedade, sua reputação poderia afetar as chances de casamento de sua irmã.

O Que Eu Achei da Leitura

Para mim, o grande ponto do livro é a Pandora. Eu gosto muito da maneira que a autora criou a personagem e da personalidade dela. A maneira como ela pensa e age durante a história conquista o leitor. O Gabriel, por ser um personagem mais leve, acaba combinando muito bem com a Pandora. Ele consegue levar a sério quando o assunto exige, mas também consegue tentar conversar com a Pandora.

E claro, em alguns momentos da história, dá pra ficar um pouco brava com ele tentando decidir o que é melhor sem conversar com ela. Mas considerando que a autora poderia usar a desculpa de ser um romance de época e simplesmente fazer o Gabriel assim o tempo todo, não é tão ruim. E a Lisa Kleypas já usou essa desculpa para justificar o comportamento de seus protagonistas, então Gabriel não é dos piores.

Uma crítica que eu tenho é que em alguns momentos o comportamento de Pandora é um pouco infantil. Isso faz com que algumas das cenas mais quentes fiquem um pouco desconfortáveis de ler. Mas não é nada absurdo e acho que acabei superando no fim da leitura.

O que vocês acham de personagens assim? Deixem nos comentários.

Siga-me por aí:

Twitter | Facebook | Instagram

Skoob | Goodreads

avatar
7 Comment threads
0 Thread replies
1 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
7 Comment authors
TahisGaroto de Outro PlanetaLidianeDanieleMalu Recent comment authors

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  Subscribe  
Notificar-me quando houver
Andrea

Não li esta série, mas me fez lembrar de um livro que a Meg Cabot escreveu sob pseudônimo (ao qual infelizmente não gravei o nome). Pela resenha é uma leitura bem leve.

Ana Catarina

Olá 🙂
Confesso que, já ouvi falar da escritora, até há bem pouco tempo saiu a versão do seu livro em português, cá em Portugal. E fiquei ansiosa para conhecer o trabalho dela. Mais ainda fiquei ao ler o seu artigo e que uma pessoa pensa : “Não posso perder isto por nada!”.
Quanto ao seu artigo, como disse, despertou-me a vontade maior de conhecer a Lisa. Muito bem escrito e explicado 🙂
Beijinho

http://tudosoblinhas.blogspot.com

Malu
Malu

Ainda nao conheço nenhuma obra da Lisa, mas só por saber que tratam de romances de época já fico super tentada a ler os livros. Amei a resenha que vc escreveu, a Pandora me lembrou uma das Bridgestons!

Daniele

Olá
Não sei se é impressão minha, mas parece que todas as histórias da Lisa parecem a mesma, mas para quem ama os romances de época parece ser uma obra bem gostosa de ler, acho legal esse negócio de dar continuidade as obras trazendo personagens que foram destaques em outros livros.

Lidiane

Não conheço nenhuma das obras. Mas gostei muito da sua resenha. Parabéns.

Garoto de Outro Planeta

“Nossa protagonista é Lady Pandora Ravenel, que sempre se identificou como alguém que não se encaixa em padrões.”

Que interessante! Adoro pessoas destemidas que desafiam os tabus da sociedade. Gostei da forma que você descreveu o livro! <3

______
Acesse: http://relatosdeumgarotodeoutroplaneta.blogspot.com
Facebook: https://www.facebook.com/garotodeoutroplaneta/

Tahis
Tahis

Olá!
Estou louca para ler essa série, tem tempo que não leio um bom romance de época, adoro os livros da Lisa Kleypas, gosto dessas personagens fortes que falam e tomam atitudes. Espero ler em breve!

beijos!