23
04
2018

A Guerra Que Me Ensinou a Viver – Kimberly Brubaker Bradley

Acabei de terminar a leitura desse livro maravilhoso que é A Guerra Que Me Ensinou a Viver. Kimberly Brubaker Bradley mais uma vez nos leva a uma montanha-russa de emoções. Agora, Ada passou por uma cirurgia e já não tem o pé torto. Mas isso não quer dizer que tudo está indo a mil maravilhas. E a guerra ainda não acabou, ou seja, muito ainda pode acontecer.

Título OriginalThe War I Finally Won
AutorKimberly Brubaker Bradley
Série: The War That Saved My Life #2
Editora: Darkside Books
Páginas: 277
AdicioneSkoob | Goodreads

A Guerra que Me Ensinou a Viver

O livro conta a história de Ada, que acabou de passar por uma cirurgia de correção de uma deformidade no seu pé. Ela e o irmão, Jamie, foram evacuados de Londres e enviados, com várias outras crianças, para cidades do interior da Inglaterra. Essa prática foi comum nos anos da Segunda Guerra Mundial, pois era uma forma de poupar as crianças dos bombardeios nas grandes cidades.

A mãe de Ada a havia criado presa dentro do pequeno apartamento em que moravam. Ela fazia isso porque Ada “não era normal”, graças a seu pé torto. Quando veio a evacuação, só Jamie iria, mas Ada ficou com medo e acabou armando para ir junto. Assim, eles foram morar com  Susan, que morava sozinha numa grande casa.

A Leitura

Eu ainda estou profundamente emocionada após essa leitura. Como vocês sabem, quando li o primeiro livro da série, acabei me identificando com Ada. Talvez não tanto pela sua história, mas por Ada ter esse pé torto. O meu pé também é torto. Então, foi fácil entender como a Ada se sentia em relação a isso, em alguns momentos. Em outros, nem tanto. Principalmente quando eles diziam respeito a mãe dela, que sinceramente, não consigo perdoar. Não depois de tudo o que Ada passou nas mãos dela.

Mas lembro que quando fiquei sabendo que A Guerra Que Salvou a Minha Vida iria ter continuação, não entendi muito bem o porquê. Fiquei até com medo de ser algo meio desnecessário ou que pudesse estragar a história. Após ler esse livro, fiquei muito feliz ao ver que esse medo não se concretizou. Pelo contrário, a história de Ada ganhou profundidade e dimensão e me fez apaixonar ainda mais pela personagem.

O Que Faz Dessa Leitura Especial

Primeiro porque foi um dos livros que mais me fez chorar na vida. Eu sei que chorei lendo A Culpa é das Estrelas ou Como Eu Era Antes de Você, mas com esse livro, o choro foi diferente. Aqui, o choro foi mais de emoção ao perceber a evolução da Ada. Ela ainda tem muito o que aprender sobre seus sentimentos. O fato de sua mãe a ter tratado como uma menina de “miolo mole” fez com que Ada tivesse uma visão um pouco perturbada do mundo. Por exemplo, ela acredita que deve cuidar e proteger o irmão e que ninguém mais poderia ajudá-la. E é difícil para ela aprender a confiar na Susan. Afinal, a vida toda ela só ouviu da mãe que nunca ninguém a amaria. Por que com Susan seria diferente?

Aliás, precisamos falar sobre Susan. Essa mulher é uma santa e eu posso provar. A paciência dela com Ada e Jamie é admirável, levando-se em consideração que ela não tinha experiência nenhuma com crianças antes de eles chegarem. Isso não quer dizer, porém, que ela entende todos os problemas logo de cara. Muitas vezes, o que lhe parece óbvio acaba sendo um grande mistério para Ada.

Por exemplo, Ada não entende o que é um funeral, o que é ser cremado ou enterrado. Quando a notícia de que sua mãe havia falecido em Londres chega, ela não consegue compreender os arranjos que Susan diz que tem que fazer. Por isso, ela acha que vai para um orfanato, já que não é mais uma criança evacuada. Na cabeça dela, agora ela está sozinha, logo Susan vai abandoná-la. E ela ainda passa por períodos de depressão, mas já dá para notar como ela está melhorando.

Outros Personagens Importantes

O livro também nos mostra um pouco mais sobre a figura de Lady Thorton. Uma mulher criada cercada de privilégios que tem que se adaptar ao tempo de guerra. Isso significa, inclusive, abrir mão da sua própria casa para que o exército britânico faça dali sua morada. Pode parecer fácil, mas não é. E Ada tem vários problemas com Lady Thorton. Porém, as dificuldades que elas vão passar juntas vão trazer muitas experiências e desenvolvimento.

E ainda conhecemos Ruth, menina alemã e judia que vira aluna de Susan. Os pais dela estão em campos de internamento na Inglaterra e ela está estudando para entrar em Oxford. O fato de ter sido expulsa do próprio país por Hitler não é o bastante para ganhar a confiança de Lady Thorton, mas elas não parecem ter escolha. Ela é alemã, logo deve ser uma inimiga.

As tensões vão às alturas, entre toda a preocupação com os soldados que estão lutando, inclusive Jonathan, filho de Lady Thorton e irmão da Maggie. Maggie é a amiga de Ada que foi enviada a um internato por sua mãe. Porém, Maggie quer ficar em casa. Sua mãe, entretanto, acredita que o melhor para ela é o internato, pois é mais seguro.

Uma Leitura que Vale a Pena

A Guerra que me Ensinou a Viver continua trazendo uma visão íntima da guerra. Através de uma Ada já curada e que ainda está aprendendo a confiar nos outros, a história vai nos mostrando como vivia as pessoas naquela época. A 2ª Guerra Mundial afetava a vida de todos e a maneira delicada como Ada vai observando o mundo ao seu redor nos leva às lágrimas várias vezes.

Encerro dizendo que todos deveriam ler esses livros. É uma história maravilhosa e tocante e que leva à tantas reflexões importantes. Vale muito a pena e se tornou uma das melhores leituras do ano, com certeza.

Esse livro foi recebido como cortesia da Editora

Siga-me por aí:

Twitter | Facebook | Instagram

Skoob | Goodreads

avatar
22 Comment threads
21 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
22 Comment authors
Catharina Mattavelli CostaJoyce PenedoKelly AlvesRê OliverKenia Candido Recent comment authors

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

  Subscribe  
Notificar-me quando houver
Amanda

Muito interessante, mas não gosto muito de ler drama por causa disso mesmo, de ficar chorando, rss, porque já sou chorona, apesar que tem dias que até prefiro assistir e ler alguns dramas.
Muito sucesso pra você!

Blog Amanda Passos

Lara Xavier
Lara Xavier

Olá esse livro assim como o primeiro esta na minha lista de desejados pois tenho certeza que será uma leitura que me arrancará lagrimas dica anotada

Camille Pezzino

Vou te ser bem honesta, tô com o primeiro volume aqui mais de seis meses e ainda não peguei para ler.
Não é que eu não queira, mas eu acho que tu tem que tá em um clima super bom. Super tranquilo, para começar a leitura. Eu tenho muito interesse, mas tenho receios também.

Mas, graças a sua ajuda, vou tomar mais coragem e tentar lê-lo o mais rápido possível. ♥

diane ramos
diane ramos

Olá…
Adorei sua resenha!
Desde que a editora lançou essa obra eu estou bastante ansiosa para realizar essa leitura. A premissa é muito interessante e é exatamente o tipo de leitura que curto. Sua resenha me animou ainda mais a ler <3
A Darkside sempre arrasa nas edições!
Bjo

Joyce de Freitas
Joyce de Freitas

Olá tudo bom?
Eu sempre quis começar a ler esse livro, na verdade o primeiro depois esse kk. Mas, sinto dizer que tenho receio de me emocionar demais com a narrativa e me dar uma ressaca literária , acredita?
Beijos

Andrea Morais

Acho que foi aqui mesmo que li pela primeira vez uma resenha sobre esse livro e lembro de ter gostado muito da premissa dele e não imaginava que teria uma continuação.
Mais uma vez, fiquei interessada por ler sobre a vida de Ada, esses livros parecem ser de uma delicadeza muito grande, até porque não é toda história capaz de nos fazer chorar por mais complicadas que sejam as situações das personagens.

Vi Furrati

Que capas maravilhosas esses livros tem!

Tem sorteio novo la no blog, te convido a participar! http://www.cobaiaamiga.com/2018/03/resumo-da-semana-sorteio-makes.html

Ritchelly Galani

Menina vou te dizer que li sua resenha bem por cima pois estou louca para ler esses livros da Kimberly.

Mas é muito bom saber que a leitura a pena estar fazendo, amo histórias que se passam no cenário da segunda guerra, sempre me fazem reflexir sobre a época.

Ótimas leituras!

Beijos,

Fabiana

Olá, tudo bem?
A primeira coisa a chamar a minha atenção nesse livro é a capa. QUE LINDA GENTE!
Em seguida fiquei muito emocionada com a sua resenha inspiradora. Não imaginava que fosse um livro tão repleto e emocionante, já me vejo chorando também, mas que bom que são lágrimas de emoção.
Amei a resenha e a dica de leitura
Parabéns!

Isa Ueda

Oi Mari! Mal posso esperar para ler o livro! Finalmente eu o adquiri e já estou super ansiosa (nem chegou ainda hahaha)

ALICE MARTINS
ALICE MARTINS

Oi Mari, tudo bem?

Eu sempre vejo as pessoas falando muito bem deste livro e minha curiosidade para realizar a leitura só aumenta, pois parece ser o tipo de obra que conquista meu coração e o fará palpitar mais forte. A edição da Darkside está realmente linda, um arraso. E o fato do livro se passar na 2ª Guerra Mundial, só faz minha curiosidade aumentar.

Beijos!

Marcia Lopes Assis

Poxa ! Só por falar da segunda guerra já me deixou interessada e faz tempo que não leio um livro que tenha me emocionado muito, mas tbm não sou muito chorona rs Não chorei Com a Culpa é das Estrela e nem com Como eu era antes de você, mas tem dois livros que todas as vezes que releio choro de soluçar: A Lista de Schindler e A Cor Púrpura . Bjs

Camyli Alessandra

O livro A Guerra Que Mudoua minha vida foi a minha leitura preferida de 2017 eu chorei horrores pela história de vida da Ada. PRECISO DESSE LIVRO!

Paloma Martinez
Paloma Martinez

Achei massa essa história, me chamou muito minha atenção, já quero

Cabine de Leitura

Quero muito ler esse livro, assim como o primeiro da série. A premissa deles me agrada muito, ainda mais sabendo que a leitura te emocionou tanto. Gosto de acompanhar como viviam as pessoas na época de guerra,ainda mais quando é pelos olhos de uma criança, quero muito ler.

Driely Meira Almeida

Oiee Mari ^^
Eu ainda não li o primeiro livro, e confesso que nem mesmo sabia que existiria um segundo…haha’ mas vi muita gente elogiando e dizendo que foi (o primeiro livro) uma história muito marcante e emocionante, então eu ando bem curiosa para conferir. Saber que gostou (se emocionou!) com A guerra que me ensinou a viver me deixou ainda mais animada. Espero gostar tanto quanto você *-*
MilkMilks ♥

Kenia Candido

Oi Mari.

Eu tenho muita vontade de ler os dois livros e conhecendo sua opinião sobre o segundo livro, não resta dúvidas que preciso lê-los logo. Fiquei imaginando a emoção de acompanhar a evolução da personagem. Adorei sua dica, minha curiosidade aumentou.

Bjos
http://historiasexistemparaseremcontadas.blogspot.com.br/

Rê Oliver
Rê Oliver

Só de ver suas fotos e ler sua resenha meus olhos se encheram de lagrimas. Transborda amor de mim , só em ver , livros esses que estão a caminho da minha estante e que me passa tantas sensações! Amo tudo neles : a capa, a personagem , a história linda!
Maravilhosos! Autora incrível , super sensivel na escrita!
um beijo

http://www.chuvanojardim.com.br

Kelly Alves

Oi Mari,
Eu amo a Ada, e amei esse livro demais, os dois aliás. Eu tenho uma quedinha por livros com cenário de guerra, mas esse mostra um lado que jamais esperei encontrar em um livro, e ver como a guerra beneficiou a vida da Ada que era tão miserável é linda. Amo demais esse livro.

Beijokas

Joyce Penedo

Ola lindona, preciso ler esse livro, tenho lido muitos elogios a essa linda história de nossa protagonista que enfim nesse livro terá o final que merece e ser feliz após tanto sofrimento, com certeza o destaque a edição merece ser comentado assim como todos os livros da editora. beijos

Joyce
Livros Encantos

Kelly Alves

Oi Mari,
AAAAAh eu amo esse livro, amo a Ada e a forma como a Kimberly fez a diferença, usando a guerra para mostrar algo positivo na vida de alguém. Estou sempre tão acostumada a ver desgraças nos livros com guerra, que ver a Ada ser salva mudou a minha vida. Livro lindo.

beijokas

Catharina Mattavelli Costa

Olá
poxa, que bom saber que vale tanto a pena quanto o primeiro, que por sinal eu ainda nao li mas quero muuuiito, amo essas capas maravilhosas e esses enredos tão profundos

beijos
http://www.prismaliterario.com.br/