18
08
2016

Acabei de Ler: A Maldição do Vencedor – Marie Rutkoski

Esse foi o primeiro livro que veio na mala do Turista Literário. Eu gostei muito da escolha, mas não sabia muito sobre a história antes de receber o livro. Por isso, levei ele para ler nas minhas férias e foi uma ótima companhia. A Maldição do Vencedor tem um pouco de aventura, um pouco de romance e muitos personagens interessantes. maldicao-post

Título Original: The Winner’s Curse
Série: The Winner’s Trilogy #1
Autor: Marie Rutkoski
Editora: Plataforma 21
Páginas: 338
Adicione: Skoob | Goodreads

Modelo2-4

O livro conta a história de Kestrel, filha de um general conceituadíssimo em seu império. Foi seu pai que conquistou a área que eles moram. Essa conquista resultou na escravidão do povo que ali vivia, os herranis. Num leilão de escravos, Kestrel acaba impulsivamente comprando um novo escravo, Arin. Ela não tinha ideia, mas a nova aquisição traz muito mais consigo.

Kestrel é uma personagem interessantíssima. Ela é definitivamente uma mulher forte que tem que fazer muitas escolhas sobre seu futuro. Seu pai a está pressionando para que decida entre se casar ou se alistar no exército do império. Mas Kestrel não quer fazer nem uma coisa, nem outra. É por isso que ela tem rompantes de rebeldia. Porém, sua relação com o pai não é baseada em conflito, como poderia parecer num primeiro momento.

Arin é um escravo herrani que esconde muitos segredos. Seu passado é doloroso e suas atitudes são baseadas em seus ideais.maldicao01

Porém, mesmo sendo de lados tão diferentes, os dois se sentem atraídos um pelo outro. Aliás, o leitor logo percebe que eles são muito parecidos no seu modo de pensar. Porém, uma guerra e toda uma história de escravidão está entre eles. Mas nem toda essa situação é capaz de acabar com a atração que eles sentem.

O que mais me surpreendeu nessa história foi que ela não cai no clichê de que o amor tudo vence. Muito pelo contrário, toda a paixão entre os dois não muda quem eles são nem como pensam. Eles podem querer ficar juntos, mas isso não os faz esquecer de toda a sua história pessoal. É uma história contada de maneira inteligente. Também fiquei surpresa ao perceber que não há elementos mágicos nesse livro. Na verdade, ele apenas se passa num reino fictício, nada mais. Pelo menos, nesse primeiro livro, já que é a primeira parte de uma trilogia.

Eu achei interessante a maneira como os relacionamentos foram descritos, tanto da Kestrel com o Arin, como os deles com suas respectivas famílias, com seus amigos… Tudo é bem desenvolvido e complexo.

Recomendo a leitura principalmente para aqueles que gostam de aventuras épicas, histórias de guerras, de povos conquistadores e povos conquistados… Com certeza, a leitura agradará bastante.

A edição do livro está maravilhosa. Amei a maneira como os números dos capítulos ficaram na vertical, achei que o espaçamento entre as linhas estava no tamanho certo, o que faz a leitura ficar agradável.

E vocês, já leram? Gostaram da história?

Siga-me por aí:

Twitter | Facebook | Instagram

Skoob | Goodreads

Deixe um comentário

Notificar-me quando houver
avatar
Amanda Torres

Oooi! Tudo bem?

Nossa, eu acho essa capa maravilhosa, e tô de olho nesse livro desde que alguns booktubers gringos que acompanho o resenharam, mas agora que finalmente ele chegou por aqui, desanimei pra ler. Ainda pretendo pegar, óbvio, mas sabe quando você não tá no clima um tipo X de livro? É o meu caso. Amei sua resenha, tudo isso que você falou sobre eles não alterarem a personalidade só me deixou ainda mais certa de que vou amar essa história.

Beijinhos, te espero lá no http://amendoasefelpices.blogspot.com.br/

trackback

[…] Crime do Vencedor é o segundo livro da trilogia que se iniciou com A Maldição do Vencedor. Gostei bastante do primeiro, por isso quis ler logo a continuação. Alguns fatores me levaram a […]

wpDiscuz