12
04
2017

Acabei de Ler: Sem Juízo – Emma Chase

Hoje, aqui no blog, mais uma das minhas leituras de romance hot. Sem Juízo é o primeiro volume de mais uma série de Emma Chase, autora de Atraído. Quando eu li Atraído, há algum tempo, lembro que achei divertidíssimo. A autora tem o dom de escrever personagens engraçados em seus romances. Além disso, para quem não sabe, Atraído é um romance “pull to publish” ou P2P. Isso quer dizer que nasceu como fanfic (nesse caso, uma fanfic de Crepúsculo) e foi tirado da internet para ser publicado. As autoras costumam mudar nomes e alguns acontecimentos, mas a estrutura Crepúsculo ainda está lá. O romance mais famoso P2P já virou até filme: 50 Tons de Cinza nasceu “Master of the Universe” e era uma fanfic entre o dominador Edward e a inocente Bella, que viraram Christian e Anna.

Mas vamos deixar isso de lado e se concentrar na leitura da vez. Sem Juízo, da Emma Chase, é um romance hot com muitas cenas explícitas, personagens divertidos e história clichê. Sinto muito, mas é bem isso. Não quero dizer que não é uma boa leitura, entretanto.

Título Original: Overruled
AutorEmma Chase
Editora: Universo dos Livros
Páginas: 289
Adicione: Skoob | Goodreads
Para comprar, clique: Sem Juízo

A História

Stanton Shaw é advogado em Washington, DC. Ele veio de uma cidadezinha do interior do sul dos EUA e ainda está meio enrolado com a namoradinha do colégio, Jenny. Os dois tem uma filha juntos, Presley. E tudo estaria bem, mas Jenny decide avisar Stanton que vai se casar. Então, ele fica cheio de ciúmes, pois sempre considerou Jenny seu final feliz, e volta correndo para tentar parar o casamento.

O problema é que Stanton e Jenny já não eram um casal faz tempo. Na verdade, viviam um relacionamento sem nenhum tipo de compromisso. O que não podia ser diferente, já que Stanton não voltava para sua cidade natal há 14 meses. Tanto é que ele tem um caso com uma colega, Sofia Santos.

Sofia Santos é uma advogada no mesmo escritório que Stanton. Entrou nesse caso com Stanton sabendo de toda a sua história, por isso nunca se considerou comprometida com ele. Sempre colocou o que os dois tinham na categoria amizade colorida. Porém, fica surpresa ao perceber que, quando o amigo desmorona com a notícia do casamento, está sentindo ciúmes. Mais surpresa ainda quando ele pede que vá com ele à sua cidade natal, pois precisa de alguém para ajudá-lo.

O Que Eu Achei de Sem Juízo

É uma história totalmente sem surpresas. Você percebe qual vai ser o final nos primeiros capítulos. Não quero dizer que a execução é ruim. Pelo contrário, a leitura é rápida e prende a atenção. Os personagens são interessantes, existem pontos da história meio ridículos (principalmente em relação à família de Stanton). Mas são momentos engraçados, intercalados com cenas quentes de sexo que são bem escritas, ainda que o palavreado usado na tradução não seja meu preferido.

Também gostei da mãe da Sofia ser brasileira. Ela chega a citar estados do Brasil para contar a história da mãe (Pará e Rio de Janeiro). Não é muito comum existirem personagens brasileiros, por isso me surpreendeu. A Sofia em si é uma personagem interessante, e seu par com Stanton funciona muito bem.

Para mim, uma leitora que gosta de ler esse tipo de livro, foi uma leitura divertida. Não tem nada de tão especial, mas é uma diversão garantida por algumas horas.

Vocês já leram algum livro assim? O que acharam?

Siga-me por aí:

Twitter | Facebook | Instagram

Skoob | Goodreads

Deixe um comentário

Notificar-me quando houver
avatar
Raquel

Há tempos que não leio livros assim, mas gosto. Histórias simples e divertidas que a gente normalmente já sabe como termina. Muito bem escrito. Bjs.

Caverna Literária

Nem sabia que existia um nome pra livros que se originaram de fanfics hahaha por isso que Sem Juízo tá fazendo tanto sucesso! Eu gosto de livros assim New adult, por mais clichês que eles sejam, então imagino que também vou curtir conferir a obra!

xx Carol
http://caverna-literaria.blogspot.com.br

Kelly Mathies

Grande parte dos livros eróticos que conheci atualmente são inspirados em fanfics de Crepúsculo. Admito que acho o máximo, porque sempre fiquei curiosa quanto a relação mais intensa que os personagens poderiam ter, então super me agrada isso ♥ Enfim, voltando ao livro, já tinha ouvido falar sobre, mas ainda não tinha visto o contexto. Acho que é um pouco clichê, mas deve ser gostoso de ler.

Ana Letícia

Oi, tudo bem? Foram poucos livros que li com uma pegada mais picante. Não conhecia Sem Juízo e embora você tenha dito ser previsível, parece ser uma leitura leve e gostosa de se acompanhar. Vou colocar na minha lista…

Bye e até logo

Milena

Gosto de livros assim mas não me interessei por esse :/ mas valeu a leitura do post porque o primeiro parágrafo em que você fala sobre P2P era algo que eu não fazia ideia que existia e muito menos que 50 tons se originou disso hahah valeu!

Beijos,
literarizandomomentos.blogspot.com

wpDiscuz