16
04
2019

Amor Verdadeiro na Livraria dos Corações Solitários – Annie Darling

Já contei por aqui sobre a leitura do primeiro livro dessa série, A Pequena Livraria dos Corações Solitários. Eu fiquei bem interessada para ler esse segundo. Essa leitura foi bem interessante. Amor Verdadeiro na Livraria dos Corações Solitários conta a história de Verity, uma mulher introvertida. E isso não quer dizer uma pessoa tímida, mas sim uma pessoa que precisa ficar sozinha em alguns momentos. Só isso já chama a atenção na leitura. O romance foi bem construído e saiu um pouco do comum, o que também me agradou bastante. Decidi então contar para vocês um pouco sobre a minha experiência de leitura. Vamos lá?

Título Original: True Love at the Lonely Hearts Bookshop 
AutorAnnie Darling
Série: A Livraria dos Corações Solitários
Editora: Verus (selo do Grupo Editorial Record)
Páginas: 336
AdicioneSkoob | Goodreads

Amor Verdadeiro na Livraria dos Corações Solitários.

Verity é uma das funcionárias da livraria de Posy, protagonista do primeiro livro. Ela não gosta muito de atender o público ou mesmo de ficar rodeada de muita gente. Por isso, Posy a deixou encarregada da parte administrativa e Verity pode passar a maior parte do tempo em seu escritório.

É difícil para os seus amigos entenderem sua necessidade de ficar só. Verity é introvertida e isso quer dizer que não se sente bem no meio de muitas pessoas ou muito barulho. Se passa muito tempo assim, ela acaba tendo que se isolar para renovar as suas forças. Na faculdade, os seus amigos acharam que ela estava deprimida, mas uma consulta com o psicólogo acabou resultando em seu diagnóstico. E isso não é uma doença, é apenas a maneira como a pessoa lida com o mundo ao seu redor.

Porém, como os seus amigos não conseguem entender, acabam sempre cobrando de Verity um namorado. E então, ela arranja uma solução: inventa um namorado fictício, um oceanógrafo chamado Peter Hardy. Entretanto, uma confusão faz com que ela divida uma mesa com Johnny, um arquiteto, numa noite corriqueira. E para piorar, um de seus amigos a vê e pensa que Johnny é o misterioso Peter Hardy. Ela então tem que inventar que terminou com o namorado mas que estava saindo com Johnny.

Para Johnny, a situação de ter uma namorada de mentira também é boa. Os dois acabam combinando então de saírem juntos, fingindo estar se conhecendo, para que seus amigos parem de tentar arranjar encontros para eles.

Uma confusão daquelas

Johnny tem seus motivos para achar tão boa a ideia do namoro de mentira. Ele está apaixonado pela mulher do melhor amigo dele. Mais do que isso: os dois trocam mensagens e Johnny está convencido de que essa mulher é o amor da vida dele.

Verity vai conhecendo os amigos de Johnny e percebe que eles estão aliviados que ele finalmente desencanou da outra mulher. Conforme vamos entendendo melhor a história e e as circunstâncias, não vou negar, dá pra ficar com raiva de Johnny e da inominável. Dele, porque se agarra demais nesse romance dramático. Dela, porque incentiva essa paixão irracional de Johnny, simplesmente porque ama a atenção que ele lhe dá.

Enfim, é claro que Verity e Johnny acabam se apaixonando. Mas o caminho para chegar até lá não é tã fácil assim.

A Leitura de Amor Verdadeiro na Livraria dos Corações Solitários

Apesar de achar o título do livro comprido demais (sério mesmo, gente, pra quê?), eu curti a leitura. É um romance que sai um pouco do previsível ao apresentar uma personagem principal lidando com sua introversão. E também traz reflexões sobre o que é amor verdadeiro e o que é aquele amor idealizado.

A família de Verity é bem engraçada também. Suas irmãs são bem diferentes dela e apesar de achar que elas poderiam ser mais compreensivas com a maneira de ser da Verity, o amor entre todas é claro.

Achei que foi uma leitura bem gostosa e que me surpreendeu bastante.

E vocês, gostam de livros assim?

Siga-me por aí:

Twitter | Facebook | Instagram

Skoob | Goodreads

avatar
5 Comment threads
0 Thread replies
1 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
5 Comment authors
Kênia CândidoMaraAline Martins de OliveiracrisClayci Oliveira Recent comment authors

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  Subscribe  
Notificar-me quando houver
Clayci Oliveira

Realmente o título é grande, né? hahahahahaha
Eu gostei da capa e da premissa da história. Tudo que envolve livraria me atrai hahahaha. Ainda quero dar uma chance pro livro anterior e para esse <3
Isso me lembra da minha adolescência e a cobrança da minha família para ter um relacionamento XD~~

cris

Oi Mariana!
Apesar de ser grande o título gostei kkk, não conhecia esse livro mas me apaixonei por Verity, vou ter que ler para ter uma opinião sobre Johnny mas me parece que ele se redimi kkk. Parabéns pela resenha estou muito curiosa para ver a resolução da trama, obrigado pela dica, bjs!

Aline Martins de Oliveira

Oi! Eu tenho muita vontade de ler os dois livros! Li várias resenhas do primeiro e fiquei apaixonadinha com a história! Acho que essa pegada de história de amor acontecendo numa livraria é bem a nossa cara de leitoras! Amei a resenha, espero ler em breve!

Bjoxx ~ Aline ~ http://www.stalker-literaria.com

Mara

Oiê, Mari!
Eu acho a capa deste livro uma graça e concordo com você para que um título tão comprido??? hahahahahhaha
Adoro ler romances e o fato dele sair do previsível faz com que eu queira incluir ele na minha lista de leituras futuras.
Amei ler a sua resenha!

Kênia Cândido

Oi Mari.

Eu acho que sua resenha é a primeira que leio sobre este livro e gostei como você apresentou a história. Eu fiquei bem atentada em aventurar nessas páginas. Ainda mais sabendo que é um romance que sai um pouco do previsível. Adorei a dica literária. Já está anotada na lista de desejados.

Bjos
https://historiasexistemparaseremcontadas.blogspot.com/