11
03
2020

Confissões de Uma Terapeuta – Renata Lustosa

Uma das coisas mais legais de manter um blog e um instagram literário é ter a oportunidade de conhecer autores nacionais. No caso da Renata Lustosa, ela entrou em contato comigo para me apresentar o livro dela, Confissões de Uma Terapeuta. A primeira coisa que me chamou a atenção foi a capa, porque a ilustração é uma graça. Mas aí descobri a razão: a Rê também é ilustradora. Se você quiser conhecer mais da arte dela, sugiro que a siga no instagram. A história também me chamou a atenção, pois logo vi que seria um romance divertido e gostoso de ler. Lendo, descobri que além disso, a autora tocou em vários pontos interessantes, inclusive sobre as nossas expectativas num relacionamento. Mas não vou falar tudo aqui no primeiro parágrafo, né? Quer saber um pouco mais? Só continuar lendo.

AutorRenata Lustosa
Editora: Lura Editorial
Páginas: 316
AdicioneSkoob | Goodreads

Confissões de Uma Terapeuta

Confissões de Uma Terapeuta é a história da Melissa. Uma psicóloga em começo de carreira, ela atende duas pacientes, uma menina chamada Camille e uma mulher chamada Alana. Alana é muito rica, isso fica óbvio logo de cara. E, apesar de às vezes (ou quase sempre) não perceber o que está acontecendo à sua volta, ela é generosa. E, bem, Melissa ainda não pode nem sonhar em perder uma de suas pacientes.

Mas como a vida não só dá voltas, como capota, Melissa descobre que Alana ficou noiva. Não seria nada demais, se não fosse quem era o noivo: seu amigo Rafa. Também conhecido como sua paixão desde sempre. Aquele com o qual ela sempre imaginou que iria se casar. O que estava em seus planos, mas planos esses que ela nunca tinha partilhado com ele.

E de repente, lá está Rafa, apaixonado e noivo de outra mulher. E Melissa não sabe o que fazer com todos os seus planos que foram por água abaixo. O que ela faz? Decide criar um teste de casais para provar para Rafa que Alana não é a mulher certa para ele. Para isso, ela recruta a ajuda dos seus melhores amigos, Pati e Leo. Enquanto Pati a apoia, Leo fica um pouco mais reticente. Afinal, para ele, Melissa tem que esquecer o Rafa e partir para outra. Mas claro que Melissa não pensa assim. Porém, ela acaba descobrindo muito sobre ela no processo…

Lendo a História da Mel

Uma das razões para eu ter gostado tanto desse livro é que é uma história que mostra como a gente idealiza algumas coisas. Pode ser um relacionamento, um plano de vida… E quando a gente idealiza demais, às vezes deixa de enxergar algumas coisas óbvias. Nem sempre as coisas não irem de acordo com o plano quer dizer algo ruim.

A Mel está tão certa de que o Rafa é perfeito para ela que deixa outras oportunidades passarem. E o mais interessante: se o Rafa é tão perfeito para ela assim, por que ela nunca se declarou? A história da Mel é um pouco a história de todo mundo. Afinal, todo mundo já passou ou conhece alguém que já passou por essa situação.

Eu gostei muito da Mel, mesmo com todas as suas trapalhadas. Aliás, os personagens na história são todos divertidos. A leitura flui muito bem e a gente dá umas boas risadas, depois fica triste, de repente passa a torcer muito por outra coisa… Definitivamente, foi uma leitura que me envolveu bastante. Também ajudou que eu amei o final, porque no fim das contas, eu queria muito que a Mel conseguisse seu final feliz, mesmo que não fosse o que ela imaginava no começo.

É uma história que enche a gente de esperança. Esperança que existe uma pessoa que é a pessoa certa para a gente. E sinceramente, às vezes, é tudo o que a gente precisa.

O livro está disponível no Kindle Unlimited e, se você tiver interesse em comprar o livro físico, entre em contato com a Renata Lustosa no Instagram, que ela vai saber te orientar. Eu tenho ele em ebook mas sinceramente ainda quero ver se consigo a versão física, acho a capa linda.

Siga-me por aí:

Twitter | Facebook | Instagram

Skoob | Goodreads

Subscribe
Notificar-me quando houver
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

7 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Maria Alves
6 meses atrás

Nossa que artigo fantástico, por isso que estou quase todos os dias visitando e lendo seus artigos. Sempre tem conteúdos interessantes e de qualidade.

Beijos !!

Meu Blog: Apostando na Loteria

Aline Coelho
6 meses atrás

Tenho esse livro no meu kindle e já estava com vontade de ler, justamente pela capa linda e pela sinopse. Agora com suas impressões fiquei mais curiosa e ansiosa. Já vi que vou amar demais. Parabéns pela leitura, resenha e divulgavam dessa linda obra nacional com uma mensagem mega positiva e útil.

Renata Lustosa
6 meses atrás

Que resenha mais incrível, Mari, estou encantada! Seu blog é a coisa mais linda e essas fotos estão perfeitas! Obrigada pela resenha maravilhosa do meu livro ♡
Beijos,
Re!

Michelle
Michelle
6 meses atrás

Olá, tudo bem? não conhecia o livro e adorei a proposta dele, fiquei bem curiosa pela leitura, e de saber sua opinião sobre ela de forma tão significativa!

Mara Santos
6 meses atrás

Oi, Mari!
A história parece ser super divertida e cheia de reflexões… Ao ler sua resenha, fiquei pensando na questão ética, pois a Melissa não poderia usar dessa informação para agir a seu favor, espero que a autora tenha colocado uma nota esclarecendo esse ponto, sei que é uma ficção, mas todo cuidado é pouco né?

Dayhara Ribeiro Martins
Dayhara Ribeiro Martins
6 meses atrás

Oi Querida, tudo bem? Eu também ficaria encantada só por essa capa, fofa demais! O trabalho da autora é incrível mesmo. A narrativa em si me atraiu também e com toda a certeza eu darei um jeitinho de ler assim que possível, post mais fofo!

PS Amo Leitura
6 meses atrás

Acho que é a primeira resenha que leio deste livro e já fiquei encantada, principalmente por você ter falado o motivo que tanto gostou. A gente realmente idealiza as coisas, em qualquer área de nossa vida. Acho que isso é algo tão comum, sabe? Criar essa esperança. Enfim, adorei sua resenha e principalmente por saber que ele está disponível no KU. Vou aproveitar para anotar essa dica!

Beijos,