27
09
2019

Desencontros à Beira-Mar – Jill Mansell

Continuando com a leitura da coleção Romances de Hoje da editora Arqueiro, o livro da vez foi Desencontros à Beira-Mar. Achei que nunca tinha lido nada da Jill Mansell, mas li Dizem Por Aí (obrigada Goodreads por não me deixar esquecer).  Porém, foi em 2013. Logo, não sabia muito bem o que esperar. Porém, a leitura foi uma delícia e com certeza vou querer ler mais livros dela. Desencontros à Beira-Mar é uma história que acompanha não só a personagem principal, mas também vários personagens secundários. E, embora essa seja muitas vezes receita para um desastre, nesse livro foi muito bem trabalhado. A história ficou bastante fluída e dava vontade de continuar lendo para saber o que ia acontecer com os personagens. Por isso vim aqui, comentar com vocês sobre a leitura.

Título Original: Meet Me at Beachcomber Bay
AutorJill Mansell
Editora: Arqueiro
Páginas: 336
AdicioneSkoob | Goodreads

A História de Desencontros à Beira-Mar

A personagem principal de Desencontros à Beira-Mar é Clemency. Numa viagem de avião, tem um imprevisto e pela primeira vez quase perde o vôo. Ao chegar ao seu assento, descobre que seu vizinho parece não querer papo. Porém, durante a viagem e graças a outros probleminhas, os dois começam a conversar. Assim ela conhece Sam e logo fica claro que tem algo mais entre os dois, embora nada mais definitivo aconteça. Porém, ao sair do avião, Sam some. Quando ela finalmente o encontra, ele confessa que é casado.

Clem então segue com sua vida. Três anos depois do episódio, ela está morando à beira-mar, na Cornualha. Ela é corretora de imóveis e está indo muito bem. Até que sua irmã volta para a cidade com o namorado… que é nada menos que Sam.

O Desenrolar de Desencontros à Beira-Mar

Desencontros à Beira-Mar não vai focar no relacionamento de Clem e Sam, mas sim em Clem e todas as pessoas com quem ela convive. Por isso, vamos conhecer melhor a irmã postiça de Clem, Belle. Também acompanhamos a história de Ronan, amigo de Clemency que trabalha com ela e Josephine, mãe de Ronan. Além deles, conhecemos Marina, uma mulher divorciada que pinta retratos para os turistas que visitam a cidade. Seu ex-marido, George, também aparece na história. E Kate, que trabalha como carteira e acabou de se mudar.

Aos poucos, conforme a leitura se desenvolve, vamos entendendo melhor como cada um dos personagens está conectado. E também conhecemos um pouco mais a fundo cada um deles.

Os Personagens e a História

O interessante é que em nenhum momento a história fica cansativa por se tratar de vários personagens. Eu particularmente tenho bastante problemas com livros que se expandem para contar a história de cinco ou seis protagonistas. Porém, não é o que acontece aqui. Os personagens que Jill Mansell escolheu para apresentar em sua obra tem histórias interligadas. Dessa forma, mesmo quando focada em um deles, não deixa de ser parte de uma única história principal. Talvez por isso a leitura tenha me cativado tanto.

Outro ponto que me agradou foi que não temos vilões nessa história. Nem ao menos brigas por parceiros. Clemency e Belle tem uma história complicada por terem se tornado irmãs já na adolescência, quando seus pais se casaram. Mas essa dinâmica enriquece a leitura, porque o relacionamento das duas não é tão simples. E durante a história, vamos descobrindo a complexidade. E isso nem é resultado de Sam ser namorado de Belle mas ter conhecido Clemency no avião.

Ronan também é foco de uma história que intriga. Ele e Clemency são muito amigos, mas só isso. E Ronan é adotado, mas ama tanto sua mãe que não foi atrás de saber quem eram seus pais biológicos. Isso porque sabe que essa atitude a assombra com o medo de ele gostar mais da mãe biológica. É outra relação complexa, em que vários fatores devem ser pesados. E a autora consegue fazer isso muito bem, sem se alongar demais mas ainda trazendo a discussão para o romance.

Até mesmo a história do casamento de Sam e porque ele não está mais casado traz um peso emocional. No fim das contas, todas as ações dos personagens são perfeitamente razoáveis, o que me agradou bastante.

Balanço Final

Por ser uma história simples e ao mesmo tempo complexa, foi uma leitura que me agradou muito. Eu recomendo, principalmente para quem está cansado de muito drama e muitas atitudes malucas das personagens. É um livro simples, mas que eu amei ter lido.

Siga-me por aí:

Twitter | Facebook | Instagram

Skoob | Goodreads

avatar
5 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
5 Comment authors
crisKênia cândidoPS Amo LeituraAline CoelhoMichelle Recent comment authors

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  Subscribe  
Notificar-me quando houver
Michelle

Olá, que resenha bacana, eu adorei saber sobre a simplicidade da obra e o quanto isso a torna especial, espero ter a oportunidade de leitura também!.

Aline Coelho

Lembrei agora que já li dois livros dessa autora: ‘Dizem por aí… e ‘…Uma proposta irrecusável’ e gostei de ambos. Essa série que está sendo lançada pela editora arqueiro irá com certeza para minha lista de desejo.
Fico feliz que vc tenha gostado da leitura e valeu pela dica. Até vi hoje, os livros dela lá na saraiva em destaque kkkk
Não posso esquecer de lhe dar os parabéns pela criatividade na hora de tirar fotos, amei a ideia.
Ótimo mês de outubro para vc!!!

PS Amo Leitura

Esse livro é tão amorzinho, né? Também gostei da forma como a autora colocou os personagens e não teve nenhum desentendimento. A leitura é totalmente leve e que nos faz refletir em muitos momentos. E ah, sobre o começo do avião… como eu dei risada hahaha.

Beijos.

Kênia cândido

Oi Mari.

Estou com muita vontade de ler este livro e fiquei bem animada ao saber que ele não é uma história cansativa. Vou tentar adquiri-lo mais rápido possível. Obrigada pela dica e parabéns pela resenha.

Bjos
https://historiasexistemparaseremcontadas.blogspot.com/

cris

Oi Mari!
Não conheço a autora, mais é a segunda resenha que leio desse livro, me cativou por ser uma história complexa e simples que evolve várias pessoas, isso cria um cenário fabuloso na história e não fica envolta de um personagem só. Parabéns pela resenha, estou mais que curiosa para conhecer essa obra, esse livro já está na minha lista de leitura, bjs!