13
08
2019

O Duque e Eu – Julia Quinn

Eu tenho um post de 2014 falando sobre como comecei a ler Julia Quinn. Lá, inclusive, explico como o primeiro livro dela que li foi “O Visconde Que Me Amava”, o segundo da série dos Bridgertons. E como eu entrei num parafuso e não parei até acabar toda a série e os spin-offs disponíveis. Mas olhando os meus posts, percebi que nunca falei especificamente sobre nenhum dos livros da série. Com a notícia de que em 2020 teremos uma série na Netflix baseada nos Bridgertons, resolvi dar uma consertada nisso. Assim, reli o primeiro, O Duque e Eu, que é inclusive o que provavelmente vai ser adaptado num primeiro momento para as telas. E claro, corri para escrever um post sobre ele aqui no blog.

Título OriginalThe Duke and I
AutorJulia Quinn
Série: Os Bridgertons #1
Editora: Arqueiro
Páginas: 288
AdicioneSkoob | Goodreads

O Duque e Eu

O Duque e Eu é o começo da história dos Bridgertons, a família de oito encabeçada por Anthony Bridgerton. Mas o primeiro dos livros não vai falar sobre o mais velho dos filhos. Na verdade, aqui conhecemos Daphne. Ela é a moça mais velha, mas é a quarta filha de Violet e do finado Edmund. Sua mãe está determinada a encontrar o marido perfeito para a filha. O problema é que Daphne só recebe propostas de homens bem mais velhos que ela ou de homens que não são interessantes. Ela está convencida que é porque os homens não a vêem como uma heroína romântica, apenas como uma companhia agradável.

Conhecendo Simon e Daphne

Simon Basset, o Duque de Hastings, acaba de voltar para Londres. Passou anos viajando pelo mundo para evitar o pai. Isso porque, quando criança, Simon tinha dificuldades de fala, inclusive gagueira. Na época em que se passa a história, uma criança gaga era considerada com atraso mental e não seria capaz de cuidar de um ducado. Isso causou uma frustração enorme no pai de Simon, que acreditava que seu herdeiro devia ser perfeito. O então Duque rejeitou o próprio filho, que cresceu obstinado a mostrar ao pai como era totalmente capaz.

Por conta de toda a história, mesmo quando o pai, já na sua velhice, tentou se aproximar do filho, Simon não o permitiu. Só retornou a Londres quando recebeu a notícia da morte do pai. E então conhece Daphne, a irmã mais nova do seu grande amigo da época de escola, Anthony. Porém, ao se ver encurralado por mães determinadas a apresentá-lo para suas filhas, ele propõe um acordo com Daphne: ele fingirá estar interessado nela para torná-la mais interessante para outros pretendentes. Em troca, ela aceitará sua corte para afastar as mães e suas filhas em idade de casar.

Claro que isso vai funcionar muito bem, não é mesmo?

A Diferença entre os Passados de Daphne e Simon

Nesse livro, vemos um Simon que viveu sua infância e adolescência pela raiva que sentia de seu pai. Ele luta contra a gagueira, inclusive tendo criado meios de disfarçar quando as palavras simplesmente não saem. Agora que o pai morreu, ainda assim essa raiva não foi embora. Por isso, Simon está determinado a não se casar e muito menos a ter filhos.

Daphne teve uma infância que foi o completo oposto da de Simon. Sempre teve ao seu lado seus pais e seus irmãos. Viveu rodeada de amor. Sua mãe, Violet, pode ter muitos defeitos, mas sempre apoiou seus filhos. Por isso, sempre sonhou em ter ela mesma uma família grande. Nunca imaginou que poderia se apaixonar por alguém que não tivesse o mesmo sonho que ela.

Sobre o Romance em O Duque e Eu

O romance é bem desenvolvido e ótimo para quem nunca leu nenhum romance histórico. Normalmente, quando me pedem uma sugestão para conhecer o gênero, costumo indicar O Duque e Eu. Apesar de termos as cenas de sexo, não são cenas pesadas. E acredito que Julia Quinn faz um ótimo trabalho introduzindo a família Bridgerton e os seus demais personagens.

A interação entre Simon e Daphne, bem como o desenvolvimento de seu romance, traz uma ótima química. Além disso, os dois formam um casal divertido, que frequentemente cai na gargalhada. Os dois se completam muito bem e seus diálogos são bem construídos.

Porém, confesso que estou bem curiosa para saber como vai ser a adaptação do maior conflito entre Simon e Daphne. Com certeza, não dá para adaptar literalmente como está em O Duque e Eu. Ficaria algo bastante… Bem, vamos dizer apenas que a série definitivamente seria classificada como adulta, algo que eu acredito não ser o objetivo da Netflix.

Os Demais Personagens

Aliás, a família inteira vai se mostrar nesse primeiro livro, alguns só mencionados e outros, como a caçula Hyacinth, já demonstram um pouco de sua personalidade. Claro, vamos conhecendo um a um em cada um dos seus livros.

E temos uma personagem extremamente importante para grande parte dos romances de Julia Quinn sendo apresentada em O Duque e Eu: Lady Whistledown. Ela é uma figura misteriosa que assina as Crônicas de Lady Whistledown, o tablóide de fofocas da época. Na verdade, Lady Whistledown seria algo mais próximo de uma Gossip Girl. Fica bem claro que é alguém que frequenta os mesmos círculos que os Bridgertons, mas sua identidade só é revelada em um dos próximos livros. E eu amo quem acaba se revelando ser a lady de língua ferina.

Meus planos são de falar sobre alguns livros da série, porém não sei se vou postar sobre todos. Eu já li a série inteira há algum tempo, portanto, para postar sobre eles teria que reler todos, e não sei se consigo. Mas os que efetivamente conseguir reler, vão ser apresentados aqui no blog.

E vocês, já leram o livro? Estão entusiasmados para assistir a série da Netflix?

Siga-me por aí:

Twitter | Facebook | Instagram

Skoob | Goodreads

avatar
7 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
6 Comment authors
GAROTA DELICADAFooDicasAlice MartinsAndreaAna Caroline Recent comment authors

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  Subscribe  
Notificar-me quando houver
jacqueline Florêncio Gomes

Oi,tudo bem ?

Nossa tenho que falar que ainda não li nada da autora, mas esse já está na minha lista e pude baixar ele para ler via celular. Gostei bastante da proposta do livro e a escrita da autora sempre é bastante elogiada. Com toda certeza uma ótima indicação.

Ana Caroline
Ana Caroline

Olá, Mari.

Eu ganhei esse livro em um sorteio, apesar de amar romances, ainda não li ele pois não consegui comprar o segundo livro ainda.
Eu sou louca para conhecer a narrativa da autora, vejo comentários positivos a respeito de suas histórias. Essa série dela é super aclamada, gostei de saber que terá uma adaptação!

Andrea
Andrea

Achei a história bem interessante, nunca li nada da Julia Quinn, mas como ando sentindo vontade de ler algumas coisas mais leves, talvez seja uma boa opção.

trackback

[…] conhecermos Simon e Daphne em O Duque e Eu, chegou a vez de conhecermos Anthony. Ele é o Visconde Bridgerton já há algum tempo, pois seu […]

Alice Martins
Alice Martins

Oi Mari,

Tenho todos os livros da série, mas só li até o quarto (que é o meu favorito, inclusive). A Julia foi um dos meus primeiros contatos com romances de época mais atuais, pois só tinha lido os clássicos, e amei demais a construção das histórias dela.
Eu amo como a relação dos personagens é construída nessa obra, nos deixando com aquele gostinho de quero mais a todo momento. Seu post me fez relembrar esses personagens queridos e me lembrar que preciso finalizar essa série urgentemente, pois quero ver a série da Netflix assim que lançar. Amei o post, arrasou!

Beijos!

FooDicas

Ainda não li esse livro, mas vi muitos elogios de pessoas que leram. Já incluí em minha lista de próximas leituras e estou ansiosa para ler na íntegra.
Beijos!

GAROTA DELICADA
GAROTA DELICADA

QUE INTERESSANTE A SUA ABORDAGEM, CONFESSO QUE NAO CONHECIA O AUTOR, MAS EU GOSTEI BASTANTE DA HISTORIA CITADA EM SI. BEIJOS