15
08
2017

Scorpion – Ou Como Me Apaixonei Por Uma Série

Estava eu perdida na Netflix num sábado, após ter acabado a única temporada de Limitless. Infelizmente, a série foi cancelada e me deixou órfã rápido demais. E eu decidi então que iria começar outra série. Passei por várias opções, inclusive aquelas que sempre digo que vou começar e nunca começo. E então, Scorpion apareceu.

Eu já tinha ouvido falar de Scorpion em alguns blogs e Tumblrs perdidos na Internet. Porém, sabia muito pouco sobre a história realmente. Decidi dar o play de maneira descompromissada. E aí, meus queridos amigos, é que mora o perigo, não é? Quando menos esperamos, vem uma série e agarra nosso coração e não solta nunca mais.

Senta Aí, Vamos Conversar

Antes de eu começar a falar da série em si, preciso explicar algo sobre mim. Eu falo bastante de séries por aqui. Já recomendei várias e tem uma categoria de posts para elas. Porém, o que talvez vocês não saibam é que essas são basicamente todas as séries que acompanho. Eu abandono muitas pelo caminho. Algumas eu perco o interesse, outras simplesmente ficam mais difíceis de assistir e eu acabo esquecendo. Prova disso é que a maioria das séries que assisto estão na Netflix. É muito mais prático do que ter que lembrar horários para ligar a tv, por exemplo.

Outra coisa: não sou muito de maratonar. Aliás, Jessica Jones e The Walking Dead foram duas das únicas que decidi assistir um atrás do outro. Eu tenho que me apaixonar demais por uma série para aguentar ficar horas na frente da tv. Pronto, agora posso contar para vocês de Scorpion.

Sobre A Série

Scorpion tem duas temporadas disponíveis na Netflix e está indo para a sua quarta temporada, que estréia dia 22/09 no canal estadunidense CBS. No Brasil, a primeira temporada é exibida no canal de tv paga AXN aos Domingos, às 22h. A primeira temporada tem 22 episódios. Eu terminei de assistir essa primeira temporada em dois dias. Ok, sei que tem gente que conseguiria acabar a temporada em um dia só, mas para mim já é demais. Porém, dois dias também é algo impressionante para a minha pessoa.

Essa série conta a história de Walter O’Brien (que realmente existe), que aos 9 anos hackeou os sistemas da NASA. Simplesmente porque ele queria as plantas dos foguetes para decorar as paredes do seu quarto na Irlanda. Seu QI é de 197, o quarto maior já registrado. Para vocês terem uma ideia, Einstein tinha o QI de 160.

Walter juntou três amigos que também são gênios e fundou a Scorpion. Esse é o nome de sua equipe, que existe para ajudar as pessoas nos mais diferentes problemas. Ela é formada por Sylvester, que é basicamente uma calculadora humana; Toby, um psiquiatra especialista em comportamento; e Happy, que tem habilidades mecânicas excepcionais.

Porém, um dos problemas que os gênios tem é que seu QE (quociente emocional) é muito baixo. Basicamente, eles tem problemas nas interações sociais com os “normais”. É aí que entra a Paige. Ela era uma garçonete e tem um filho que também é gênio, o Ralph. Eles a ajudam a se comunicar melhor com o filho e ela meio que traduz o mundo para eles.

A Scorpion trabalha junto com o Departamento de Segurança Nacional e o Agente Cabe Gallo para resolver os mais diferentes crimes e desastres. O legal é que isso quer dizer que eles podem trabalhar nos mais diferentes casos, desde fraudes até assassinatos.

Porque Amei Tanto Scorpion

Essa série tem um pouco de tudo. Eu amei a maneira como os personagens são desenvolvidos. Cada um deles tem seu valor para a equipe e traz uma habilidade diferente para ajudar nos casos. Aliás, a Paige é essencial, mesmo que não tenha o QI de gênio. Muitas vezes, é ela que salva o dia, ajudando os demais membros da equipe a trabalharem suas emoções.

Além disso, os episódios tem muita ação. São corridas de carro que devem correr na mesma velocidade que aviões, incêndios florestais, ameaças terroristas… O cenário sempre muda e os problemas também. Não dá para dizer que os episódios são monótonos de jeito nenhum.

E os relacionamentos entre eles também chamam atenção. Devido ao QE baixo, eles tem dificuldade para expressar corretamente as suas emoções. Não quer dizer que eles sejam completamente ignorantes nesse sentido, mas é interessante entender que existem certas barreiras. O Ralph, que ainda é criança, também sofre com isso, e logo todos eles se apegam demais a ele. Principalmente, claro, por entenderem exatamente pelo que ele está passando.

Enfim, essa é uma série que te pega. Eu não conseguia parar de assistir. Torço muito para que a Netflix disponibilize logo a terceira temporada. Quando acabar a segunda, vou ter que me distrair com alguma outra série. Mas agora que voltei a trabalhar (férias infelizmente passam rápido demais) vou ter bem menos tempo. O que é bom, pois vai durar mais, hahahaha.

E vocês, quais foram as últimas séries pelas quais se apaixonaram dessa forma? Ou vocês são pessoas mais calmas em relação a isso?

Siga-me por aí:

Twitter | Facebook | Instagram

Skoob | Goodreads

Deixe um comentário

Notificar-me quando houver
avatar
Ariane Eleuterio

Arrasou, parece ótimo, vou ver se arranjo um tempinho para assitir.

Beijos

Viviane Oliveira

Babe, eu já tinha visto um trailer da série e fiquei curiosa. Depois do seu post só me deixou mais curiosa

Beijos, Mari
Supimpa Girl

Déborah

Eu sou muito louca em séries.
Eu nunca tinha ouvido falar dessa e apesar dela ter uma ideia bem legal eu não animei em ver.
A última que pirei foi The Tudors. Assisti as 4 temporadas bem rápido graças a Netflix.

Nelly

Eu gostei muito do post , eu amo a serie tambien

Jennifer Silva

Oii! Me identifiquei bastante com a frustrante escolha das séries haha, eu costumo assistir muitas também, mas elas têm que ser muito viciante senão eu acabo desanimando e desistindo. Eu já tinha visto o trailer dessa série, mas eu ainda não tive a oportunidade de conferir. Mas você falou tão bem dela que irei dar uma olhada, espero gostar tanto quanto você. Bjss!

Jonas Henrique

Sou um verdadeiro viciado em séries, sempre aberto as novas sugestões e por incrível que pareça ainda não tive a oportunidade de ver esta série. Está na minha lista.

Morgana Brunner

Oiii Mari tudo bem?
Realmente não tenho muito interesse em assistir essa série, não é o gênero que me atrairia muito, ótima indicação para quem gosta.
Beijinhos

O Outro Lado da Raposa

Eita que eu não conhecia essa série!
Na verdade não sou muito de assistir séries, tô revendo GOT e gosto de Outlander também. Mas gostei da sinopse dessa aí!

beijos
http://www.ooutroladodaraposa.com.br

Rachel Hansen

Não conhecia essa série, estava precisando de uma pra assisti, já encontrei. Amei o post!

Vivianne Sophie

Olá,

Eu vi só o piloto dessa série, mas como estava exausta não captei bem a essência da história e acabei prometendo a mim mesma que irei assistir novamente, ainda não tive tempo, mas com considerações tão positivas suas, com certeza darei uma chance.

Abraços,
Cá Entre Nós

Tary Belmont

Bacanca essa série, tinha visto pela Netflix mas não tinha parado para ver sobre o que era. Eu tenho uma facilidade imensa para maratonar séries, é bem difícil eu conseguir ver só um episódio por dia kkkk

Bites!

haise

Olá, adoro séries que exploram os relacionamentos entre os personagens e essa me pareceu bem interessante, amo esses temas!

Beatriz Andrade

Achei bem bacana as coisas que você falou sobre a série, mas ela não é bem do gênero que eu mais gosto de assistir. Fiquei curiosa, mas não sei se vou ter tempo para ver com tantas que eu estou louca para ver também.

VANESSA

Oii!!! também não sou muito de fazer maratonas, mas raramente isso acontece e consigo assistir alguns filmes em um único dia. Quanto a séries é dificil eu conseguir terminar uma. Eu já estou com algumas que você indicou aqui no blog anotadas, pois achei interessante e vou tentar ver esse mês ainda.
Beijos.

http://www.meumundosecreto.com.br

Camila de Moraes

Olá!
Gostei da indicação.
Vou procurar pra assistir, quem sabe eu me envolva com os personagens e suas histórias.
Beijos!

Yasmim

Olá, tudo bom? (:
Nossa, o cara é um genio meu deus!!! Fiquei chocada! Adorei a resenha, me convenceu a assistir!!
Beijos, Yasmim.

Blog: https://literarte.blog.br/

Lara Torch

Oi, parece ser legal, eu já tinha ouvido falar, é sua resenha me deixou muito curiosa.

Angelica

Oi, tudo bem?
Gostei da dica! Estava procurando alguma coisa para assistir esse final de semana, acho que será essa!
BJs

Valéria

nunca tinha ouvido falar dessa serie, ultimamente ando bem desatualizada delas…. tentando por em dia as que já acompanho kkkkkkkkkkkkkk
mas de qualquer forma vou deixar o nome anotado, quando puder vejo alguns episodios…se eu me empolgar, quem sabe nao maratone tb? ^^
bjss

Debora Almeida

Caramba parece uma série ótima mesmo. Eu também não sou a pessoa que mais assisti séries no mundo, tenho as minhas queridas mas sou bem chata para adicionar outras na minha lista, porém acabei de me interessar por essa! Parabéns pela resenha <3

César Rezende

Eu realmente tenho dificuldade em acompanhar séries, mas a ideia dos protagonistas como uma equipe de “gênios”, com todos problemas que isso também acarreta, parece ser realmente interessante! Uma pena que a Netflix só está com duas temporadas, enquanto a série está mais avançada, mas, quem sabe um dia não rola uma maratona?

Lukas Reis

Nossa, que demais!
Curti muito conhecer a série. Pode deixar que assim que eu terminar Antypcal eu vou assistir haha Uma das coisas que eu mais gostei foi a mistura que a série tem, como você mesma disse, um pouco de tudo. Ou seja, já dá para perceber que não é algo monótono e cansativo!
Amei, beijos!

Ana Caroline

Olá, tudo bem? Estou entrando agora no mundo da Netflix e com certeza quero conhecer essa série. Gostei desse um fundo de verdade e já quero ver tudo. Pena que não estou tendo nem tempo de respirar, mas quero conferir. Adorei <3
Beijos,
diariasleituras.blogspot.com.br

Vân

Oi Mari! Confesso que nunca tinha ouvido falar dessa série (sério) mas fiquei bem interessada: falou de gênios eu já quero assistir, curto muito quando tem algum personagem inteligente, e principalmente esse lado de interação social. Adoro série assim, que consegue se desenvolver sem ser monótona… ação, gênios e personagens bem desenvolvidos: você conseguiu me convencer a assistir haha

Lucas Fagundes

Oi, Mari! Eu já tenho dado uma olhada nessa série há um tempo, mas como vejo outras 846513218 séries, ainda não tive tempo de começar. A série aborda tudo o que eu gosto e eu acabei simpatizando com ela logo quando vi seu lançamento, mesmo sem ter assistido um episódio, então acredito que tem potencial para entrar no ranking das favoritas! Espero ter tempo para assisti-la em breve e gostar tanto quanto você gostou!

Abraços,
http://claqueteliteraria.blogspot.com.br/

tatiana

Eu não cheguei a ver um trailer dessa série, mas pela sua resenha eu fiquei com vontade de assistir,
Assim como você eu começo séries e as abandono pelo caminho por motivos diversos haha

Karina Rezende

Oii, tudo bem?
Eu também não sou muito de maratonar séries, costumo ver todas bem lentamente e com calma porque odeio ficar orfã depois que termino hahaha
Não conhecia Scorpion mas parece ser bem interessante, gosto de tramas que envolvem tecnologia, acredito que irei gostar. Ótima dica!
Beijos <3

Vêvévi

Oi Mari,
Não tinha lido nada ainda sobre a série. adorei conhecer sua opinião.
Diferente de você eu maratono muito as séries que gosto muito ou que estão em atraso. Claro, isso quanto tenho tempo.
Beijos

Maria Luíza Lelis

Olá, tudo bem?
Eu vou confessar que tenho um problema com séries. São raríssimas que eu consigo pegar para assistir e passar da primeira temporada, quase sempre acabo abandonando. Um pouco é por falta de tempo e um pouco por preguiça mesmo haha.
Achei a premissa dessa bem interessante e consigo entender por quê ela te prendeu tanto. Parece ser muito dinâmica e gostei da descrição dos personagens.
Vou anotar a dica e adicionar na minha lista de séries para assistir.
Beijos!

Raissa Gomes

Nossa, essa série me interessou!
Vou procurar amanhã mesmo 😀

Obrigada pela indicação!

aryana

vou tentar assistir, eu amo muito series mas não tenho muito tempo, ai como é dificil crescer rs

Luana Alves

Ameeei Jessica Jones e maratonei, claro. rs. Não tinha ouvido falar nessa série ainda e como assim? Sou a louca da netflix e com certeza me interessaria por ela. Já vou adicionar na minha lista pra não esquecer de conferir o primeiro episódio e ver qualéqueé. Posso maratonar? aham! rs
Bjs

NIZETE RIBEIRO

Olá!
Nunca tinha ouvido falar dessa série, sua empolgação é contagiante. Vou caçar ela na Netflix pra conhecer melhor. Valeu a dica.
Nizete
Cia do Leitor

Karine

Fiquei curiosa com a premissa da série, vou colocar na lista imensa de séries para começar a ver ahaha
Beijos,
Karine
http://www.docesuburbia.com.br

Juliana

Eu sou mais da abandonar séries do que de acompanhá-las 🙁 hahaha
A série tem que ser muito muito boa pra fazer com que eu continue acompanhando fielmente.
Acho que a única que continuo assim até hoje é Orange is The New Black, mas já não tô tão empolgada. Bates Motel eu continuo vendo mas com menos empolgação ainda.
Nunca tinha ouvido falar nessa série (porque sou desinformada mesmo) mas se ela te ganhou desse jeito, acho que vou dar uma chance 🙂 Quem sabe não acontece o mesmo comigo?!

Beijos!

Tahis Aguiar

Olá!
Não conhecia a série, e infelizmente não me interessei, não sei, algo não me prendeu na premissa. Já ando meio desanimada com séries ultimamente, ando bem seletiva rs’ que bom que a série te agradou.

beijos!

Débora Costa

Falam muito bem dessa série, mas não é uma série que me prende. Dei uma chance no primeiro episódio e não consegui.

Carolina Ramires

Olá!
Eu lembro que quando estreou a série eu assisti ao piloto, e curti muito, mas acabei deixando de lado não sei por qual motivo. Adorei conferir os seus motivos e quem sabe eu não volte a assistir em breve?
Beijos.

wpDiscuz