29
10
2019

Onze Leis a Cumprir Na Hora de Seduzir – Sarah MacLean

Existe algo em comum com todos os livros finais das séries da Sarah MacLean que já li: sempre tenho muito a falar sobre eles. Com Onze Leis a Cumprir Na Hora de Seduzir, isso não é diferente. A Sarah sempre acaba suas séries com livros que impactam a gente. Por isso, com todos os sentimentos que a leitura me trouxe, nem todos bons, resolvi contar tudo nesse post.

 

Título Original: Eleven Scandals to Start to Win a Duke’s Heart
AutorSarah MacLean
Série: Os Números do Amor #3
Editora: Arqueiro
Páginas: 336
AdicioneSkoob | Goodreads

A História de Juliana e Simon

A gente já conhece a Juliana desde o primeiro livro da série. A irmã de Gabriel St. John já causa desde o começo com seu comportamento pouco convencional. Juliana Fiori foi criada pelo pai na Itália, após a mãe tê-los abandonado quando ainda era criança. Aliás, o que ela já havia feito com o pai de Gabriel e Nicholas. Juliana não é considerada boa o bastante para fazer parte da alta sociedade londrina, mas sendo irmã de um marquês, acaba sendo admitida por uma parte dela.

Porém, Juliana nunca se sente confortável nesse mundo. Acaba sempre cometendo pequenas gafes e sendo julgada por isso. Além disso, o escândalo que sua mãe aprontou antes dela nascer mancha a sua reputação. Por tudo isso, ela não seria considerada suficiente para ser esposa de um duque. Não importa o quão atraída ela se sentisse por ele.

Mas talvez um duque que não se importasse tanto com a reputação e as aparências enfrentasse a sociedade para viver a seu lado. O problema é que Simon Pearson, o Duque de Leighton, se importa e muito com a reputação de sua família. Por isso, ele procura uma noiva que seja totalmente aceitável e tenta esquecer Juliana.

Porém, a atração entre os dois é inegável. E Juliana está determinada a mostrar para Simon que paixão é importante sim. Por isso, acaba fazendo uma aposta com ele, de que conseguirá fazer com que ele quebre as regras da sociedade por causa da paixão.

Lendo Onze Leis a Cumprir Na Hora de Seduzir

Como já disse, Onze Leis a Cumprir Na Hora de Seduzir é uma leitura que despertou vários sentimentos. E nem todos eles muito bons. Primeiro, o Simon não merece a Juliana. Ele é extremamente arrogante e não sei se a redenção que acontece na história é suficiente para ele. Na verdade, ele e o Malcolm, de Perigo Para Um Inglês, me irritam da mesma maneira. Aliás, mais um livro final da Sarah que me deixou cheia de sentimentos conflitantes.

Como já sabemos, ele tem um motivo para querer casar sem nenhum escândalo, já que o escândalo maior vai acontecer em sua família. Para quem não lembra, sua irmã mais nova, Georgiana, está grávida. Isso quer dizer que Simon vive numa contagem regressiva até que o bebê nasça e todos saibam do escândalo.

Mas isso não o torna nem um pouco mais compreensivo ou suas ações mais compreensíveis. Pelo contrário, ele quer casar logo e depois vai lidar com a história. E continua a rejeitar qualquer ideia de se apaixonar por Juliana, pois a considera inferior devido às circunstâncias do seu nascimento. Porém, como já é de se esperar, os sentimentos entre os dois vão crescendo até se tornarem impossíveis de negar.

Entendendo Juliana

Os momentos de paixão entre os dois são os mais picantes da trilogia. Isso também é por causa da natureza explosiva de Juliana. Ela está determinada a mostrar a Simon que paixão é essencial e até mesmo um duque como ele acaba tendo que se render. Claro que seus sentimentos vão acabar sendo envolvidos nessa história.

Ela também tem medo de ser como a mãe, que coloca seus sentimentos à frente de sua família, mas logo fica claro que Juliana não é assim. Além disso, a imagem que os outros tem dela é diferente de quem ela realmente é, pois ela se importa e muito com seus irmãos.

A verdade é que o amor por Simon muda um pouco a personalidade de Juliana. No começo dos livros, ela parece ser mais determinada, porém em Onze Leis a Cumprir Na Hora de Seduzir ela parece que perde um pouco de seu carisma. A impressão que fica é que apaixonada ela fica mais mansa, algo que não gostei muito. Queria que ela tivesse mantido o fogo do começo.

Últimas Considerações

Por fim, uma última coisa me incomoda: o fato do seu nome ser escrito com J. Para quem não sabe, a letra J não faz parte do alfabeto italiano, mais ou menos como o Y para o alfabeto brasileiro. Assim, seria mais provável que seu pai a tivesse chamado de Giuliana. Talvez a desculpa seja que sua mãe era inglesa, por isso Juliana, mas…

Apesar de todas as minhas considerações, ainda assim gosto muito do livro. É interessante ver Simon tendo que mudar sua posição e entendendo que não vale a pena se agarrar nas regras. E também é bom ver Juliana recebendo o final feliz que merece.

Série Os Números do Amor: Nove Regras a Ignorar Antes de Se ApaixonarDez Formas de Fazer Um Coração se Derreter

Siga-me por aí:

Twitter | Facebook | Instagram

Skoob | Goodreads

avatar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  Subscribe  
Notificar-me quando houver