24
06
2016

Lançamentos Editora Gente – Junho

Livro novo é tudo de bom, né? Eu sou apaixonada por livros.  Vivo encontrando novos exemplares para fazer parte da minha pequena biblioteca pessoal. Digo pequena porque ela nunca vai ser grande o suficiente para mim. Pensando nisso, vim conversar um pouco com vocês sobre alguns lançamentos desse primeiro semestre das nossas editoras parceiras, Gente e Única.

lancamentos

Aqui vão alguns lançamentos que já estou desejando:

(mais…)

22
06
2016

A Arte de Ser Gentil Na Internet

Que internet é um meio de comunicação indispensável, ninguém pode negar. Ninguém quer voltar ao tempo da internet discada, né? Mas infelizmente nem tudo são rosas no mundo virtual. Muita gente mal intencionada, muita notícia falsa e muita gente sentindo prazer em humilhar os outros. Esse último tipo de pessoa acaba me deixando bem confusa. Por que tem gente que se diverte sendo mal educada de forma gratuita na internet? gentil01Mesmo no Twitter, com seu limite de 140 caracteres por mensagem publicada, as pessoas conseguem dar umas respostas que chegam perto da pura crueldade. Eu não nego, existem muitas perguntas sem noção, muitas “opiniões” que são preconceituosas. Mas também existem várias interações que é fácil perceber que a pessoa só quer mesmo fazer uma pergunta. E já vi muitos perfis no Twitter, alguns que nem são pessoais mas sim perfis de sites, respondendo de forma mal educada. Por quê? 

Qual o problema de ser gentil?

Às vezes penso que para algumas pessoas, ser gentil é sinônimo de fraqueza. Ou ainda que pelo seu número de seguidores ser alto, podem dar a resposta que quiserem. Não é bem assim. Afinal, uma resposta gentil não custa nada. E se não puder dar uma resposta gentil… Por que não ignorar a pergunta?

Às vezes, ser mal educado é sinônimo de status.

Basicamente, ao tirar sarro das fraquezas de alguém, o indivíduo sente-se mais forte. Estou falando no mundo virtual, mas não é difícil observar o mesmo comportamento no mundo real. Na época do colégio, sempre tem aquele aluno que sofre bullying dos colegas. Seja pelo seu jeito, seja pela forma como fala ou se veste, ou pelo seu corpo.

No mundo virtual, porém, a situação consegue ser pior. Mesmo que a pessoa se afaste das redes sociais, um simples post no Facebook pode rodar o mundo. Um vídeo no YouTube, ainda mais se for tirando sarro de alguém, pode atingir milhares de visualizações num único dia. O que antes acontecia numa roda de amigos agora acontece numa escala mundial. De repente, até o grupo de crochê da sua avó está comentando o assunto.

E qual o sentido de tudo isso?

A verdade é que deixar de ser gentil com alguém não vai fazer de você uma pessoa melhor. Tirar sarro da dúvida sincera de alguém não faz ninguém mais inteligente. Responder com um coice verbal só faz de você um cavalo.

Como você anda tratando as pessoas na internet? Será que a sua forma de ser engraçado não está magoando alguém? Não se esqueça que por trás de um perfil numa rede social, existe alguém. E você só vê dessa pessoa o que ela deixa você ver. Você nunca vai saber exatamente tudo o que ela está passando. E uma palavra sua pode afetar bem mais do que você imagina.

gentil

Siga-me por aí:

Twitter | Facebook | Instagram

Skoob | Goodreads

20
06
2016

Top 3 Músicas de Videokê

Quem aí lembra do sucesso que o videokê fez há alguns anos atrás? Parecia que toda festa que se prezasse tinha que ter um videokê para animar. E todo mundo se esgoelava naqueles microfones, não importava o quão desafinado fosse. Existiam até competições, porque claro, a parte mais divertida era ver a nota final. E quando se tirava cem? O povo ia à loucura.videoke-top3

Particularmente, nunca entendi o que era avaliado pela maquininha do videokê para dar as notas. Afinação não era, porque eu já tirei alguns 100 e tenho muitos dons na vida, mas cantar definitivamente não é um deles. Pelo menos, era muito divertido e por alguns poucos instantes, você se sentia o cantor mais famoso do mundo. Pena que nem todo mundo na audiência concordava, mas fazer o quê?

Lembrando de tudo isso, tive um baita momento nostálgico e decidi compartilhar aqui com vocês as três músicas que eu mais cantei. Melhor falando, as três músicas que mais fizeram sucesso nesse meu momento mágico da adolescência.

Meu Erro – Os Paralamas do Sucesso

“Eu quis dizer, você não quis escutar” –  Essa foi a frase que iniciava uma das músicas que eu mais amava cantar em videokê. Lembro que era uma música que todo mundo gostava de cantar junto, então não era só a sua voz, existia um coro atrás. Minha turma da escola amava essa bendita música, então virou praticamente o hino da turma.

Essa Tal Liberdade – Só Pra Contrariar

O que é que eu vou fazer com essa tal liberdade, se estou na solidão pensando em você” é provavelmente uma das entradas mais bregas já cantadas, mas gente, como essa melodia era ótima para cantar no aparelhinho de videokê. Além de ser mais calma, não incomodava tanto, ou seja, dava para disfarçar as notas desafinadas, que não eram poucas.

Eduardo e Mônica – Legião Urbana

Não sei o quanto Renato Russo ficaria feliz em saber que eu só comecei a ouvir Legião Urbana depois de começar a participar de festas com videokê e cantar Eduardo e Mônica, mas foi o que aconteceu. O mais legal dessa letra é que ela não repete e segue uma ordem lógica. É basicamente uma história numa música e você tem que prestar atenção para não começar a cantar a parte errada. Também era o máximo tentar decorar a letra. Afinal, “Quem um dia irá dizer que existe razão nas coisas feitas pelo coração? E quem irá dizer que não existe razão?” acabou virando um marco no videokê e todo mundo acabava cantando pelo menos uma vez.

E vocês, quais as músicas que vocês mais cantaram nos videokês por aí?

Siga-me por aí:

Twitter | Facebook | Instagram

Skoob | Goodreads

17
06
2016

Acabei de Ler: The Kiss of Deception – Mary E. Pearson

Eu estava super ansiosa para ler The Kiss of Deception, mas acabei decidindo esperar para a Darkside Books lançar a edição brasileira da obra ao invés de ler em inglês, porque confiava que eles iriam fazer um ótimo trabalho no formato e na tradução. Eu não estava errada e posso dizer que valeu a pena esperar: a edição está impecável e a história é muito apaixonante. Minha única frustração foi que a vida acabou atrapalhando e não consegui ler tão rápido quanto estava esperando. 

kiss-01

Título Original: The Kiss of Deception
Série: Crônicas de Amor e Ódio #1
Autor: Mary E. Pearson
Editora: Darkside Books
Páginas: 409
Adicione: Skoob | Goodreads

Modelo2-Favorito

The Kiss of Deception tem como personagem principal a Lia, Primeira Filha da Casa Real, que às vésperas do seu casamento com o príncipe do reino vizinho, foge com sua criada pessoal e melhor amiga, Pauline, para escapar do enlace e de todas as outras obrigações que lhe são impostas. Lia quer decidir seu próprio destino, fazer suas próprias escolhas e sabe que se casar como seu pai planejou, nunca poderá decidir nada.  (mais…)

15
06
2016

Meu Planner da La Pomme

Quando comecei a falar sobre planners aqui no blog, não imaginei que o assunto ia chamar tanta atenção como chamou. Por isso, aos poucos vou compartilhando com vocês as minhas experiências com o uso dos planners e como isso tem me ajudado na minha organização pessoal. Espero que as minhas dicas ajudem quem tem vontade de começar um planner a escolher melhor e a encontrar mais rápido o que funciona. No post de hoje, vou falar um pouco sobre o planner da loja La Pomme e como o estou usando.

lapomme-meuplanner

A La Pomme é uma loja nacional que confecciona seus produtos de maneira personalizada. Lá você encontra, além do Meu Querido Planner, que é o maior, uma versão menor e mais simplificada, que é o Petit Planner, além de cadernos, estojos e outros produtos personalizados. Por conta disso, o prazo para confecção é maior do que seria em outra loja que já tenha o produto a pronta entrega. Mas todos os prazos são colocados na página do produto e pelo menos no meu caso, não houve atraso. Eles produziram o planner dentro do prazo e eu fui avisada imediatamente quando ele havia sido enviado. Reforço isso porque existe uma loja online que também trabalha com planners que tem um monte de reclamações nesse sentido, então é sempre bom registrar que a La Pomme, comigo, seguiu todos os prazos. Para maiores informações, é só clicar no link da loja.pomme-divisorias

O planner da La Pomme é encadernado com uma espiral, ou seja, ele é do estilo caderno. Tem uma capa dura, não plastificada, que você pode personalizar com seu nome e escolher a estampa dentre as opções deles ou então optar por mandar o arquivo para eles. Ele é um planner datado e você escolhe o mês que ele irá começar. Existia também, quando eu fiz meu pedido, a opção de pedir para que as divisórias de dentro do planner tivessem a mesma estampa da capa, por um valor adicional. As divisórias internas são de um papel mais grosso que as demais páginas, mas também não são plastificadas e as abas com os meses são de um material um pouco mais fraco.lapomme-financeiro

Cada mês tem uma cor diferente, tanto na divisória quanto nas páginas de visões mensal e semanais. Além disso, cada mês tem uma folha para planejamento financeiro e uma para lista de compras.

Eu gosto muito do planner da La Pomme. O material é de ótima qualidade e normalmente a tinta da caneta não passa para o outro lado nem há sombra no verso (eu costumo usar as canetas Stabilo 0.4mm ou Staedtler 0.3mm). Também tem um bom espaço para escrever nos dias bem como bastante espaço para as notas que você precisa tomar durante os dias. Costumo usar bastante para me planejar durante a semana. Existem, porém, alguns pontos que na minha opinião poderiam ser melhorados.lapomme-adesivos-2

Na visão semanal, por exemplo, eu sempre acabo usando adesivos ou washi tape para cobrir duas partes: uma é a barra Foco da Semana que fica em cima dos dias e a outra é a que fica embaixo, onde há uma listra com várias palavras aparentemente aleatórias em sequência: compras, lista, ideias, nota, diário, pensamentos, anotações, gratidão. O foco da semana eu cubro porque sinceramente, na maioria das vezes não utilizo, e mesmo se utilizasse, não colocaria ali em cima e sim incluiria uma nota na barra lateral. Já a parte de baixo eu acredito que a ideia seria que você utilizasse o espaço para notas aleatórias, como lista de compras ou anotar algo pelo qual você se sente grato naquela semana, mas sem linhas, apenas o espaço em branco, fica desorganizado demais para mim.lapomme-semana

Também gostaria que as abas das divisórias fossem de um material mais forte ou então plastificadas, do jeito que são acabam amassando com facilidade. E sinto muito a falta de algo para manter o planner fechado, como um elástico, por exemplo. Eu acabei comprando um elástico de outra papelaria online para usar nele.lapomme-adesivos

No mais, também diminuiria os extras para baratear o produto. Num dos posts anteriores da série, comentei sobre as várias folhas coloridas que vem no planner e sobre a falta de utilidade para elas. O Meu Querido Planner também vem com várias folhas de adesivos, o que no início achei o máximo, mas com o uso observei que prefiro utilizar os vários outros tipos de adesivos disponíveis e que na maioria das vezes os que já vieram com o planner não servem para mim.lapomme-folhascoloridas

Algumas considerações finais para quem estiver considerando comprar o planner da La Pomme:

  • Ele é pesado, ou seja, é melhor utilizado como planner de mesa e não para acompanhar você para todos os lugares.
  • Não há como personalizar muito: você não consegue adicionar outras folhas nele, como faria num planner argolado (tipo fichário) ou em um de encadernação tipo ARC (como o The Happy Planner).
  • É um investimento mais alto, mas realmente é de alta qualidade e aguenta muito, ou seja, vai durar o ano inteiro.
  • E o espaço oferecido para anotações também proporciona a oportunidade de decorar da forma que você preferir, personalizando suas páginas.

Eu fiquei muito feliz com o Meu Querido Planner e o utilizo bastante, mas precisei encontrar alternativas para complementar o meu planejamento pessoal. Já falei um pouco sobre isso no meu post sobre usar mais de um planner, mas estou alterando algumas coisas e logo logo conto mais sobre isso aqui no blog.

Siga-me por aí:

Twitter | Facebook | Instagram

Skoob | Goodreads

13
06
2016

O Melhor Livro Que a Escola Me Pediu Para Ler

Um dos temas do grupo Blogueiros Geeks desse mês me chamou muito a atenção: falar sobre o melhor livro que você leu por causa da escola. Todo mundo sabe que as leituras obrigatórias para as aulas de literatura eram, em sua maioria, muito, mas muito chatas. Todo mundo lia só por obrigação, isso quando lia ainda e não simplesmente lia um resumo. Só o fato de saber que a gente tinha que ler e que ainda por cima ia ter que fazer uma prova ou um trabalho sobre a leitura já era o suficiente para pegar o livro com a ideia fixa de que seria uma leitura horrível.
escola (mais…)

10
06
2016

Você Precisa Mesmo de Um Relacionamento?

Dia dos namorados chegando e é aquele desespero na timeline do Facebook, do Twitter e na rodinha de amigos: quem está namorando, sai caçando ideias para ter um dia dos namorados especial, e quem está solteiro, começa a querer achar um parceiro o mais rápido possível, para não ficar sozinho no dia mais romântico do ano. Eu, porém, comecei a me perguntar: será que todo mundo precisa mesmo de um relacionamento?relacionamento (mais…)

08
06
2016

Como Montar Um Planner – Parte 2

Continuando o post sobre como montar um planner, hoje vamos falar um pouco mais sobre outros elementos que o compõem, esses um pouco mais opcionais do que os do primeiro post, mas ainda assim, podem fazer da sua entrada nesse universo.montar-planner-2

Se você começar a pesquisar sobre planners e tudo o que diz respeito à eles, logo vai abrir uma caixa de pandora e encontrar vários acessórios utilizados para enfeitar e personalizar. Alguns dos mais comuns são os adesivos. (mais…)

06
06
2016

Acabei de Assistir: Ascension

Nesse último domingo, as coisas estavam meio paradas aqui em casa, e lá fora tava uma chuvinha dessas que deixa a gente morrendo de preguiça. Aproveitei para ligar a Netflix e esquecer da vida, afinal de contas, ninguém é de ferro, não é mesmo?ascension01

A escolhida da vez foi Ascension, uma minissérie em três episódios que na verdade são seis, já que são divididos em duas partes de aproximadamente 45min cada um. Ela conta a história de uma nave e seus 600 passageiros numa jornada de 100 anos pelo espaço. Esses passageiros são pessoas que, em 1963, quando estava acontecendo a Guerra Fria, entraram num projeto super secreto do governo americano e partiram em uma viagem que tinha por objetivo salvar a humanidade da extinção e encontrar um novo planeta onde pudessem assegurar a continuação da espécie.

O problema é que no meio dessa jornada, ao aproximarem-se do ponto onde não mais será possível retornar, o primeiro assassinato dentro da nave acontece, o que acaba por deixar as coisas bem tensas lá dentro.

ascension02Ascension é muito interessante. A série foi baseada no Projeto Orion, idealizado no governo Kennedy que temia pela extinção da espécie humana se as ameaças feitas na Guerra Fria chegassem a se realizar. A premissa é que a construção dessa nave, bem como a escolha dos passageiros, teriam acontecido no mais completo sigilo e que essas pessoas estariam mesmo vivendo em uma nave espacial por cinquenta anos, rumo ao desconhecido.

Algo que é fascinante observar é a maneira como esses viajantes viveriam e se organizariam dentro de uma nave: como seria a luta pelo poder e as divisões de funções, bem como as classes sociais. Eles ainda vivem como se estivessem em 1963, seja em suas roupas, seja em suas músicas. Em Ascension, tudo é extremamente controlado, inclusive com quem cada um poderia se casar e quando poderiam ter filhos. E eles nem imaginam, mas apesar de terem perdido o contato com a Terra, eles ainda são observados por uma equipe terrestre, que acompanha cada um de seus passos através de monitores.

O primeiro episódio tem uma reviravolta no seu final que muda toda a maneira como você vê a história e é a partir daí que as coisas realmente ficam interessantes. Eu gostei muito da maneira como a história é contada, mostrando o interior da nave e a equipe na Terra que os observa. Dá uma olhada no trailer:

Enfim, para quem ama ficção científica e histórias que tratam de viagem espacial, essa é uma ótima dica. A minha única crítica é que o SyFy, canal que produziu a série, já avisou que não haverá uma segunda temporada, e o último episódio deixa muitas dúvidas no ar. Mesmo assim, vale a pena assistir.

E vocês, gostam desse tipo de série? Tem alguma para me recomendar? Deixe aí nos comentários!

Siga-me por aí:

Twitter | Facebook | Instagram

Skoob | Goodreads

05
06
2016

Novas Fotos da Peça Harry Potter and The Cursed Child

Todo mundo já sabe que esse ano teremos uma peça sendo apresentada em Londres com a história de Harry Potter, 19 anos depois de As Relíquias da Morte, não é? Veremos Harry (interpretado por Jamie Parker), Ginny (Poppy Miller), Ron (Paul Thornley), Hermione (Noma Dumezweni) e suas crianças, Albus (Sam Clemmett) e Rose (Cherrelle Skeete) e como eles estão enfrentando a vida depois da queda de Voldemort. cursedchild01

Ninguém sabe muito sobre o enredo dessa nova história, mas como tudo o que envolve o universo Potter, estamos todos entusiasmados para a estréia da peça. Ainda não se sabe se ela será apresentada em outros lugares, mas a expectativa é grande.

Essa semana, como está chegando a hora das primeiras apresentações, o Twitter oficial começou a liberar fotos do elenco que irá interpretar esses personagens que são uma parte tão importante da infância e adolescência de tantas pessoas. romione

A Família Granger-Weasley vai muito bem, obrigada!

A Família Granger-Weasley vai muito bem, obrigada!

Harry, Ginny e Albus

Harry, Ginny e Albus

Estou achando o máximo a escolha de atrizes negras para a Hermione e a Rose. Quando o primeiro anúncio saiu, muita gente ficou surpresa, porque tinha certeza que a Hermione tinha sido descrita como branca nos livros, porém isso nunca aconteceu. Em sete livros, não há descrição da cor da pele da Hermione, o que possibilita a exploração do enredo nesse sentido, inclusive porque o paralelo que dá para fazer com os preconceitos que a Hermione sofre durante seus anos em Hogwarts fica muito mais profundo quando também se lida com a questão racial.

E elas estão lindas. Aliás, amei a caracterização de todo mundo. Eu achava muito difícil imaginar personagens que são tão queridos para mim já adultos (e vamos combinar que aquela última cena de As Relíquias da Morte não ficou tão legal), mas achei a escolha dos atores muito boas e minha única reclamação é que não conseguirei assistir essa peça.

Ginny Weasley, interpretada por Poppy Miller.

Ginny Weasley, interpretada por Poppy Miller.

Mas uma escolha que eu quase chorei de emoção foi quando vi a caracterização da Ginny Potter (porque o OTP é lindo e mesmo que o Harry pareça super sério nessas fotos, eu acredito que eles não se atreverão a bagunçar com o casal). Sempre fui uma das grandes defensoras da Ginny (ou Gina – como vocês perceberam, estou usando os nomes dos personagens em inglês mesmo) principalmente porque o fandom Potteriano sempre foi, em geral, muito cruel com ela. Seja por motivos de que ela, como o Ron, atrapalhava o ship que essas pessoas desejavam, seja porque os preconceitos simplesmente rolavam soltos, juntando com uma representação bem diferente nos filmes do que nos livros (que não tem nada a ver com a Bonnie Wright, a atriz, fique bem claro), eu já li muita besteira sendo dita sobre a personagem na internet.

Por isso, ver que a atriz que foi escolhida para interpretá-la adulta, na peça, é muito parecida com o que eu imaginava, alguém realizada, alguém família, é algo que me deixa feliz. Muito feliz. Vamos esperar que a peça faça jus a essa personagem que é tão especial para mim.

Claro, isso é só uma análise das fotos do elenco. Aliás, já foram liberadas fotos do Draco e do seu filho, Scorpious. Existe até uma especulação de que o Albus, a Rose e o Scorpious seriam o trio da nova geração, mas isso vamos ter que esperar para ver. Eu me reservo o direito de reclamar em posts futuros do que eu não gostar na maneira como a história for contada. Afinal, sou fã e tenho esse direito, né?

E vocês, estão ansiosos também? cursedchild

Siga-me por aí:

Twitter | Facebook | Instagram

Skoob | Goodreads

Página 1 de 3312345... 33Próximo