16
05
2018

Londres – Diário de Viagem (Dias 1 e 2)

Vocês devem ter notado que o blog está meio parado esses dias. Mas para quem segue o perfil  no Instagram, o motivo está mais do que claro. Estou em viagem e meu primeiro destino é uma das minhas cidades favoritas no mundo inteiro: Londres. A capital britânica nos recebeu linda e maravilhosa e, o mais impressionante, ensolarada. Apesar de todo mundo dizer que Londres é uma cidade cinzenta, minhas duas visitas foram com céu azul, azul. Talvez seja intriga da oposição, hahahaha.

Chegando em Londres e Passando Pela Imigração

Chegamos em Londres após uma escala em Lisboa. Como meu tempo em Lisboa era muito curto, nem passei pela imigração de lá. Já na imigração de Londres, foi tudo bem tranquilo, apesar de todos os relatos sobre como entrar pelo Reino Unido é mais difícil.

Não estou dizendo que seja simples, eles realmente fazem várias perguntas, mas não é nenhum bicho de sete cabeças. Para quem está indo para fazer turismo e tem toda a documentação, é normal. Você preenche um formulário com suas informações e leva para o oficial da imigração. Aí, é responder o que perguntarem. Normalmente, perguntam o que você foi fazer por lá, quantos dias você vai ficar no Reino Unido, se é a sua primeira visita… Simples assim.

Do Aeroporto Para o Centro

Depois disso, já liberadas, chega a aventura de sair do aeroporto e ir para o centro de Londres. Eu já entrei em Londres por dois aeroportos: Heathrow e Gatwick. Os dois ficam fora da cidade. Heathrow tem metrô, mas Gatwick não. Porém, uma boa alternativa é o trem. Táxis ficam caros, mas dependendo de quantas pessoas estiverem no grupo, pode ser uma opção viável. Vale a pena lembrar que nem todas as estações de metrô são acessíveis, o que pode atrapalhar com as malas.

Aliás, eu amo o sistema de transporte de Londres. Sei que não é perfeito, mas comparado com o brasileiro, o negócio funciona muito bem. É caro, ainda mais para quem ganha em real e não em libras, mas vale a pena.

Quanto à hospedagem, existem para todos os gostos e bolsos. Dessa vez fiquei num hotel, mas existem hostels e várias outras opções pela cidade. Uma dica é prestar atenção na localização. Estar perto de uma estação de metrô e dentro das zonas 1/2, que são as mais centrais, é interessante para quem vai fazer turismo. Às vezes vale a pena pagar um pouco mais, mas estar num local mais acessível para sair e chegar.

Greenwich Market, Museo Marítimo Britânico e Observatório Real de Greenwich

O primeiro dia na cidade foi mais para me acostumar com o fuso horário. Eu dormi muito pouco no avião, por isso acabei desabando à tarde. Depois de uma jantinha básica na Pret-a-Manger (acredite, qualquer um que ande por Londres fica familiarizado com a rede) só dormimos de novo. E sim, eu dormi a noite toda.

 

O segundo dia foi bem legal. Encontramos um casal de amigos nossos que estão vivendo na cidade e fomos com eles até Greenwich. Passamos pelo Big Ben, que infelizmente está em reforma, e pela London Eye, um dos cartões postais de Londres. Para ir até Greenwich, fomos de barco pelo Rio Tâmisa. E usamos o transporte público, porque também existe uma linha de barcos que funciona como um ônibus.

Conhecemos o Greenwich Market, uma feirinha com vários artistas e antiguidades muito legais para venda. Após um almoço com comida típica inglesa, num pub (para mim, uma jacket potato, que é basicamente uma batata recheada) fomos ao Museu Marítimo Britânico. Nesse museu, você encontra várias peças relacionadas aos navios da frota britânica. Depois desse passeio, fomos ao parque do Observatório de Greenwich e ao ponto principal, que é onde passa o Meridiano de Greenwich. Foi a primeira vez que pisei no hemisfério oriental.

Foi um dia bem agitado e cheio de locais novos para conhecer, mas chegamos ao final. Foi muito interessante ver os britânicos usando realmente seus parques. Londres não tem muitos dias ensolarados, por isso quando sai o sol, eles aproveitam para tomar sol nos parques. Pode não ser uma praia, mas faz bem as vezes.

A maior parte das fotos está no meu Instagram, nos destaques, por isso, se quiser saber mais, é só correr lá. E acompanhe o blog nas redes sociais para não perder os próximos diários dessa viagem.

Siga-me por aí:

Twitter | Facebook | Instagram

Skoob | Goodreads

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notificar-me quando houver
Camila

Que bacana, ainda quero conhecer Londres e ter a sorte de dias lindos assim <3 Muito Obrigada por compartilhar!

Robson

Seu post ficou ótimo e ainda mais quando se fala e Londres ai que ficamos naquela vontade de ir lá …

Isa

Oi, Mari. Meu sonho conhecer Londres… Parece que cada vez dá mais longe rsrs… Mas quem sabe um dia. Aproveite muito a Itália agora!

Luciane

Vocês deram muita sorte, o dia estava lindo e o céu maravilhoso! Adorei o relado e ja enviei para uma amiga que esta indo pra Londres no final do ano

Luma

Ficou bem legal seu post muito bem escrito a sua experiencia em Londres, senti falta de + fotografias, embora tenha colocado no instagram.

jaque reis

Que demais, acho Londres um lugar tão lindo e tenho muita vontade de conhecer. Adorei seu diario de viagem, e suas fotos ficaram ótimas também! Bjs

Johnny

Nossa, que delícia!
Eu tenho muita vontade de conhecer Londres, que bom que fez sol pra você haha
Amei as fotos <3

Carla Amora

Um dos lugares que está no meu mural de desejos é Londres. Como eu desejo conhecer!

andy

Que sonho de viagem, sou completamente apaixonada por esse lugar e deve ser uma experiencia incrível conhece-lo.

Letícia Franca

Ai meu sonho é ir pra Londres!!! Sou apaixonada por todos os posts de lá.
Espero muito conseguir ir pra lá logo rs

Julia

Hey
Socorro !
Toda vez que leio algo sobre Londres eu piro
!
Fiz intercâmbio aí e me apaixonei pela cidade !! To morrendo de saudade daí