22
02
2017

O Que Eu Aprendi Com o Apocalipse Zumbi dos Filmes e Livros

Essa semana finalmente aconteceu: comecei a assistir The Walking Dead. Enquanto escrevo esse post, aproveito para assistir ao nono episódio da segunda temporada. Mas zumbis sempre foram uma fonte de fascinação para mim. Já falei sobre Guerra Mundial Z por aqui e dei algumas dicas de livro sobre o tema também. Por tudo isso, já posso reunir num post alguns ensinamentos que o apocalipse zumbi me trouxe.

1. Sempre Mire na Cabeça

Acho que todo mundo que já assistiu ou leu alguma obra de zumbi sabe, mas não custa lembrar. A única maneira de se parar um zumbi é atirar na cabeça dele, ou pelo menos enfiar algo pontiagudo lá. A maioria das obras sempre atribui ao fenômeno dos mortos-vivos a um vírus ou qualquer outro fator que reativa as áreas instintivas do cérebro. Justamente aquelas que cuidam da sobrevivência. A partir daí, o corpo já morto passa a procurar satisfazer seu instinto mais básico: comer. Sem controle algum. E a única maneira de se parar é destruir o cérebro, que controla todos esses impulsos.

2. Não Faça Barulho

Por serem controlados por seus instintos, os zumbis também são atraídos pelos estímulos mais simples. O mais lógico deles é exatamente qualquer tipo de barulho. Portanto, quando num apocalipse zumbi, não faça barulho. Isso inclui diminuir o número de tiros, também. Um porrete pode ser uma forma melhor de matar um dos mortos-vivos do que uma arma de fogo.

3. Cuidado Com Os Bandos

Na hipótese de um apocalipse zumbi, o mais provável é que a maior parte da população acabe morrendo e saia andando por aí tentando comer qualquer coisa viva. Os zumbis podem não ser muito rápidos (a não ser os do filme Guerra Mundial Z), mas em bando, são extremamente perigosos.

4. Não Fique Esperando o Governo

Esse é um dos erros mais comuns quando um apocalipse acontece é esperar que as autoridades cuidem de tudo. É normal que as pessoas procurem suas organizações para que eles lhe digam o que fazer. Porém, na hipótese de uma epidemia que transforma os mortos em máquinas de destruição, as instituições militares e governamentais podem estar mais perdidas que a população. Portanto, não espere muito dos centros de refugiados. Não acredite em promessas que tudo está bem. Autoridades mentem.

5. Cuidado Com Quem Você Vai Se Tornar

Engana-se quem acha que os filmes, séries e livros que falam sobre zumbis são sobre a destruição que os mortos-vivos e como eles destroem a humanidade. Na verdade, são sobre como a humanidade reage a essa ameaça. Como a perspectiva da luta pela sobrevivência muda as pessoas. Ou talvez mostre quem elas realmente são. Por isso, quando a epidemia estiver em seu auge, cuidado com o que você faz para se manter vivo. Cuidado para que a luta pela sobrevivência não acabe com tudo o que faz de você humano.

Esse é um pequeno guia. Na hipótese de um apocalipse zumbi, espero que você se lembre desse post. Espero ter ajudado. E boa sorte.

Siga-me por aí:

Twitter | Facebook | Instagram

Skoob | Goodreads

Deixe um comentário

Notificar-me quando houver
avatar
Rayanne Buchweitz

Realmente essas são as coisas básicas de se saber quando o apocalipse zumbi explodir (acredito demaisss que vai acontecer mesmo). O que mais gostei foi o “cuidado com quem você vai se tornar”, quando o assunto é a nossa sobrevivência nem percebemos mas acabamos sendo um tanto quanto egoístas, um bom exemplo disso é quando sentimos que vamos cair e nos agarramos no que estiver próximo e muitas vezes são outras pessoas, nem ligamos muito se ela vai nos aguentar, certo? hahaha Adorei! Beijão

Vitória Müller Teixeira

Concordo com tudo, principalmente com o último. Muita gente acha fútil, mas quando você assiste TWD por exemplo, da pra perceber que o maior perigo não são os zumbis e sim os humanos. Amei o post!

Jade Amorim

Menina toca aqui que eu também adoro histórias de zumbi! Inclusive estou louca para assistir Train no Busan, que disseram que é um filme de zumbi sensacionaaaaaal!
Sobre as suas dicas, é bem assim mesmo. Quer dizer, isso é tudo ficção e a gente não sabe se acontecer de verdade as regras são as mesmas, mas é bom ter por onde começar né?
Eu quero muito os outros livros de TWD, não curti muito a série não, acho que é porque como eu lia a HQ, achei ela muito lentona! rs

Beijos

Dai Castro

Espero não passar por isso, mas já vou deixar todas essas dicas anotadas aqui hahaha
Eu já cheguei a gostar mais do tema zumbis, hoje em dia acho que já está um pouco saturado, mas há muitos filmes por ai que se tornaram clássicos!
E realmente, é como você falou, é uma verdadeira simulação de como a humanidade consegue reagir diante de catástrofes!
Beijos
Colorindo Nuvens

wpDiscuz

Warning: file_get_contents(): https:// wrapper is disabled in the server configuration by allow_url_fopen=0 in /home/pequenos/public_html/wp-content/themes/temabase_mLuv1.1/functions.php on line 21

Warning: file_get_contents(https://graph.facebook.com/?ids=http://www.pequenosretalhos.com/o-que-eu-aprendi-com-o-apocalipse-zumbi/): failed to open stream: no suitable wrapper could be found in /home/pequenos/public_html/wp-content/themes/temabase_mLuv1.1/functions.php on line 21