13
09
2019

Uma Noite Para Se Entregar – Tessa Dare

Já estava mais do que na hora de eu escrever sobre Uma Noite Para Se Entregar. Esse é o primeiro livro da série Spindle Cove, da Tessa Dare. Aqui no blog, vocês já leram sobre Uma Duquesa Qualquer, o quarto livro da série, Como Se Livrar de Um Escândalo, o quinto, e Uma Chance Para o Amor, que é uma novela que faz parte da série. Mas ainda não havia escrito sobre os primeiros e decidi então completar os posts da série. Eu reli Uma Noite Para Se Entregar, afinal já fazia algum tempo que tinha lido pela última vez, e deixo aqui minhas impressões sobre a leitura.

Título OriginalA Night to Surrender
AutorTessa Dare
Série: Spindle Cove #1
Editora: Gutenberg (Grupo Autêntica)
Páginas: 286
AdicioneSkoob | Goodreads

A História de Bram e Susanna em Uma Noite Para Se Entregar

O tenente-coronel Victor Bramwell quer desesperadamente voltar a liderar tropas na guerra. Porém, devido a um tiro que levou no joelho, o departamento do exército está relutando em atender esse desejo. Ainda não totalmente recuperado, Bram tem uma esperança: a que Sir Lewis Finch possa ajudá-lo. Isso porque Sir Finch é Conselheiro Real e foi um grande amigo de seu pai.

Por isso, Bram vai até Spindle Cove, onde Sir Finch mora, com seu primo Colin e seu fiel amigo, Capitão Thorne. Ao chegar lá, logo vê tratar-se de um lugar ímpar. Spindle Cove é basicamente liderada por Susanna Finch, filha de Sir Finch. Susanna fez de Spindle Cove um lugar seguro para mulheres que não se encaixaram nos padrões da sociedade viverem e crescerem como pessoas. Ela chegou mesmo a instituir um cronograma de atividades, que incluem desde banhos de mar até a prática de tiro.

Por acolher muitas jovens que já passaram por vários tipos de situações e que desejam um refúgio, Susanna não vê com bons olhos a invasão de Bram. Principalmente após seu pai anunciar que ele ganhou o título de Lorde Rycliff e que é, portanto, o responsável por aquelas terras. Porém, a atração entre os dois é inegável e difícil de resistir.

Relendo Uma Noite Para Se Entregar

Confesso que esse primeiro livro nunca foi meu preferido da série. Se já não houvesse algumas pitadas da história do próximo casal, Colin e Minerva, talvez nem tivesse continuado a ler. A verdade é que uma coisa me incomoda: a maneira como em certas cenas Bram meio que força o contato entre os dois.

No fim das contas, acaba sendo consensual, mas ainda assim me incomoda um pouco. Tessa Dare evoluiu bastante na escrita dessas cenas e nos seus livros mais recentes não existe isso. Entretanto, nesse primeiro livro, é possível entender que ficou um pouco forçado.

Aliás, o próprio personagem do Bram é cabeça dura demais. Acredito que conforme a história se desenvolve vemos ele baixando a bola, até porque a Susanna não é de deixar barato. Porém, não foi um romance que me conquistou logo de cara.

A melhor parte desse livro é conhecer Spindle Cove. As razões para Susanna ser tão veemente em suas colocações também é uma parte bem construída da história. Além disso, Tessa trabalhou bem os costumes da época e soube trazê-los para a sua história.

Os demais personagens contribuem para enriquecer a história. Alguns também estão sendo introduzidos para eventualmente terem seus próprios livros. É o caso, por exemplo, de Colin e Minerva, ou Kate e o Capitão Thorne. Por conta disso, a série tem uma boa introdução nesse primeiro livro. E, apesar de não ser necessário que se leiam os livros na ordem, não dá para negar que começar com esse ajuda a compreensão dos próximos.

Siga-me por aí:

Twitter | Facebook | Instagram

Skoob | Goodreads

avatar
4 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
2 Comment authors
Clayci OliveiraKênia cândido Recent comment authors

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  Subscribe  
Notificar-me quando houver
Kênia cândido

Oi Mari.

Ainda não tive a chance de ler os livros da série Spindle Cove, mas tenho muita vontade pois já li opiniões bem interessantes sobre ela. E a sua resenha aumentou minha curiosidade especialmente quando mencionou sobre Bram ser cabeça dura. Adoro personagens assim e depois eles são obrigados a mudar e baixar a bola. Dica anotada.

Bjos
https://historiasexistemparaseremcontadas.blogspot.com/

Clayci Oliveira

A rainha do romance de época hahahahah
Você ainda vai me fazer voltar a ler esse gênero.
Nunca li nada dessa autora e minha amiga adora

trackback

[…] série Spindle Cove: Uma Noite Para Se Entregar – Uma Duquesa Qualquer – Como Se Livrar de Um Escândalo – Uma Chance Para o […]

trackback

[…] série Spindle Cove: Uma Noite Para Se Entregar – O Presente Inesperado – Uma Semana Para se Perder – A Dama da Meia-Noite – Uma […]