24
06
2016

Lançamentos Editora Gente – Junho

Livro novo é tudo de bom, né? Eu sou apaixonada por livros.  Vivo encontrando novos exemplares para fazer parte da minha pequena biblioteca pessoal. Digo pequena porque ela nunca vai ser grande o suficiente para mim. Pensando nisso, vim conversar um pouco com vocês sobre alguns lançamentos desse primeiro semestre das nossas editoras parceiras, Gente e Única.

lancamentos

Aqui vão alguns lançamentos que já estou desejando:

(mais…)

01
06
2016

Parceria: Editora Gente e Única Editora

Quem vem sempre aqui no blog ou me segue lá no Twitter já sabe, mas agora vou fazer um post para compartilhar com vocês uma super novidade: o blog agora é parceiro da Editora Gente e Única Editora!parceria-genteunica

Foi muito legal receber a notícia da parceria, ainda mais porque já tenho alguns livros deles aqui na minha estante que gosto muito, como Geek Love: O Manual do Amor Nerd, do Eric Smith, que eu achei muito lindinho, e O Manual da Garota Geek, da Sam Maggs, um livro que tem tudo a ver com a geek que vos fala e tem até uma TARDIS na capa. Logo, perfeito, vamos combinar. O Manual da Garota Geek me surpreendeu de forma muito positiva, pois não é nada cliché, muito pelo contrário, fala de forma muito real dos obstáculos que uma garota enfrenta no mundo geek. Tem até entrevistas com várias mulheres do mundo geek e um capítulo dedicado ao feminismo, o que eu achei demais!

Outro livro que eu já estou namorando para ler faz um tempinho que é deles é Madrugadas de Desejo, da Jayne Fresina, que é um romance histórico que tem uma capa linda. Quando ler, volto aqui e faço um post contando o que achei da leitura! foco-disciplina

E para dar as boas-vindas, recebi da editora o livro “O Cérebro com Foco e Disciplina”, do Renato Alves. Achei a premissa da obra muito interessante, ainda mais porque promete ensinar técnicas para “blindar-se emocionalmente contra hábitos viciosos” e “aliviar a ansiedade” e atualmente tenho andado tão ansiosa que uma ajuda é extremamente bem-vinda. É outro livro que vou dar uma olhada, quem sabe não me ajuda e aí eu posso contar para vocês os resultados?

É a primeira editora parceira aqui do blog e eu fico muito feliz que eles tenham olhado o meu trabalho por aqui e decidido dar uma chance para esse canto da internet em que eu divido com vocês minhas opiniões e dicas. Podem esperar que durante o ano essa parceria trará muitas novidades para nós.

Siga-me por aí:

Twitter | Facebook | Instagram

Skoob | Goodreads

02
03
2016

Acabei de Ler: Pétreos – Everton Moreira

petreos

Exemplar cedido pelo autor para resenha.

Sir John Taurio, Conde de Alandes e comandante do exército de Rehn, era o melhor amigo do Rei Beath desde a infância e juntos tornaram seu reino o mais forte de todos os conhecidos. A amizade, vista como a base de uma era de ouro, se rompe de maneira inconciliável diante de uma praga agrícola. O Conde acredita que todos devem racionar qualquer suprimento para que o povo consiga sobreviver à crise, enquanto o monarca deseja que os impostos sobre a produção subam para preservar os luxos da nobreza.
John não consegue aceitar as ordens de seu antigo amigo e lança seu condado em uma luta desesperada para se separar do reino. Os homens do condado de Alandes têm a escolha de lutar por um mundo novo que ainda não conseguem entender ou aceitar a exploração imposta pela monarquia. Com poucos aliados, Sir John decide não se render ao mundo que até então tinha defendido. Alandes, seu líder e seu povo buscam ser algo maior do que um simples território, eles precisam se tornar um sentimento de liberdade.

Autor: Everton Moreira
Editora: Garcia
Páginas: 264
Adicione: Skoob
Página do livro no Facebook | Compre o Livro

5 Estrelas

Quando o autor entrou em contato comigo para uma possível parceria, logo fiquei bem interessada no estilo de história que Pétreos conta. Além disso, acho importantíssimo sempre divulgar o trabalho de escritores nacionais, pois sinto que às vezes não é dado o valor necessário à nossa literatura. Claro, na escola somos obrigados a ler os clássicos (que também são importantes) mas a literatura contemporânea brasileira não recebe o destaque merecido. Fico feliz de poder falar do livro Pétreos aqui no blog, ajudando a divulgar o trabalho do Everton Moreira.

Pétreos é uma história medieval e seu personagem principal é Sir John, Conde, comandante do exército e amigo de infância do Rei Beath, do Reino de Rehn. Porém, quando uma praga diminui a quantidade de comida que será produzida, prevendo uma crise, Sir John propõe ao seu Rei que cortes sejam feitos, principalmente quanto ao privilégio dos nobres, garantindo assim a sobrevivência de todos. Porém, a solução dada por Beath é o aumento de impostos para os agricultores (qualquer semelhança com a história do nosso país é mera coincidência). Diante da negativa do Monarca, ele se vê na difícil posição de enfrentá-lo e com isso acaba declarando seu condado, Alandes, um reino e ele mesmo, seu relutante Rei.

Claro que essa traição não é bem vista pelo Rei Beath, que declara guerra ao povo de Alandes. O que observamos a partir daí é o início de um reino em Alandes, onde novos personagens serão apresentados e pessoas do povo, camponeses e artesãos, serão envolvidos nessa guerra e trarão cada qual seus conhecimentos para vencer o exército muito melhor treinado do Rei de Rehn.

Fiquei bastante envolvida na leitura, principalmente pela maneira como as relações familiares de Sir John e também aquelas de amizade entre os seus súditos são apresentadas. É difícil não torcer por Alandes, especialmente porque a construção do Reino, visualizada por John, é feita de forma a valorizar todos os que fazem parte dele, sem se deixar levar por títulos de nobreza. Para o Rei John, todos devem ter a mesma importância, não importando a sua nascença.

Fui pega de surpresa com algumas perdas ao longo da história, mas achei bem pertinentes também, já que estamos falando de uma guerra e seria irreal se as perdas acontecessem somente para um dos lados. Achei muito interessante como o Rei John lidera suas tropas e as estratégias que ele se utiliza para que, mesmo com menos homens, ele possa ter uma chance.  Mesmo as mulheres foram bem utilizadas e fazem sua presença ser reconhecida.

Gostei muito da leitura e definitivamente recomendo para todos que quiserem conhecer um pouco mais sobre essa história. Existe algum livro nacional que você recomenda? Deixe nos comentários para que eu possa conhecer também!

Siga o blog nas redes sociais:

Twitter | Facebook | Instagram

Skoob | Goodreads

Página 4 de 41234